Diferenças entre edições de "Samuabum"

1 964 bytes adicionados ,  22 fevereiro
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
{{Em construção}}{{Info/Nobre
| nome = Samuabum
| título = Rei e Fundador da [[Civilização babilônica|Babilônia]]
| imagem = [[Imagem:Sumu-Abum.jpg|direita|300px]]
| imagem-tamanho = 300px
| legenda = Estátua representando à Samuabum.
| reinado = ca. 1 830 a.C. - ca. 1 817 a.C.
| reinado = {{Fmtn|1830}} - {{AC|1817|x}}
| coroação =
| nome completo = Sumu-Abum
| antecessor = "''Nenhum''"
| sucessor = [[Samulael]]
| consorte =
| filhos = [[Samulael]]
| dinastia = [[Dinastia amorita|Amorita]]
| hino real =
| religião = [[Mitologia amorita]]
| nascimento =
| cidadenatal = [[Babilônia]]
}}
'''Samuabum''' ({{Langx|akk|''Sumu-abum''|4='''Sumuabum''', '''Samu-Adama''' ou '''Su-abu''') (''Sumu-abum''}}) foi o primeiro rei e fundador da [[Civilização babilônica|Babilônia]]. Ele reinou de {{AC|1830|x}} até {{AC|1817|x}}<ref>[https://cdli.ucla.edu/tools/yearnames/HTML/T12K1.htm Nomes do ano de Samuabum da Babilônia - CDLI]</ref> e foi sucedido por seu filho [[Samulael]].
 
== História ==
Samuabum era, antes de se tornar rei, um [[Xeque (título)|xeque]] [[amorita]] e um nômade durante o {{-séc|XIX}}. Ele (e os três reis amorreus que o sucederam), de fato, não reivindica ser o "''[[rei da Babilônia]]",'' sugerindo que a cidade ainda era de pouca importância naquele momento.{{Sfn|Nijihowne|1999|p=71}} Samuabum se proclamou rei provavelmente na cidade de Quisurra.<ref>{{Citar livro|url=https://books.google.com.br/books?id=hMsMAQAAMAAJ&q=sumuabum&dq=sumuabum&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwic4-XEnP3uAhWULLkGHeqvCqkQ6AEwBXoECAIQAg|título=48th Rencontre Assyriologique Internationale|ultimo=Soldt|primeiro=W. H. van|ultimo2=Soldt|primeiro2=Wilfred Hugo van|ultimo3=Kalvelagen|primeiro3=R.|ultimo4=Katz|primeiro4=Dina|ultimo5=Oosten|primeiro5=Nederlands Instituut voor het Nabije|data=2005|editora=Nederlands Instituut voor het Nabije Oosten|lingua=en}}</ref>
 
Oito anos depois, ele completou as fortificações em Dilbate, e, no ano seguinte, afirmou sua suserania sobre [[Quis (Mesopotâmia)|Quis]] após os oito anos de luta. Três anos depois, Samuabum conquistou a cidade de Cazalu, que provavelmente esteja situada no sudeste da Babilônia.{{Sfn|Nijihowne|1999|p=17}} Uma carta de Icumpisa, chefe em Tel ed-Der, afirma que Samuabum se aliou a Masparum e a Sumunabiarim contra Alumbiumu, rei de Marade.{{Sfn|Wu|1994|p=28}}
 
Além disso, Samuabum construiu ou reparou os templos de Nininsina (4º ano do reinado) e [[Nana (mitologia suméria)|Nana]] (5º ano).<ref>{{Citar livro|url=https://books.google.com.br/books?id=RiETo9PLhAAC&q=sumuabum&dq=sumuabum&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwjjkY3RqP3uAhVrHrkGHeggDIAQ6AEwCHoECAIQAg|título=Sumer|data=1979|editora=Directorate General of Antiquities.|local=Wisconsin|lingua=ar}}</ref>
 
== Ver também ==
 
{{Referências}}
 
== Bibliografia ==
 
{{InícioRef|2}}
 
* {{Citar livro|título=Politics, Religion, and Cylinder Seals: A Study of Mesopotamian Symbolism in the Second Millennium B.C.|ultimo=Nijhowne|primeiro=Jeanne|editora=J. and E. Hedges|ano=1999|local=Virgínia|isbn=978-08-605-4998-7|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|título=A Political History of Eshnunna, Mari and Assyria During the Early Old Babylonian Period: From the End of Ur III to the Death of Šamši-Adad|ultimo=Wu|primeiro=Yuhong|editora=Institute of History of Ancient Civilizations, Northeast Normal University|ano=1994|local=Michigan|ref=harv}}
 
{{-fim}}
 
[[Categoria:Reis da Babilónia]]
{{Reflist}}{{Reis da Babilônia|state=3}}
 
[[Categoria:Amoritas]]
2 321

edições