Diferenças entre edições de "Paradoxo da liberdade"

m
sem resumo de edição
(Esse é o da liberdade, não da tolerância. Adicionadas ligações)
m
 
[[Ficheiro:The_Open_Society_and_Its_Enemies,_first_edition,_volume_one.jpg|miniaturadaimagem|[[A Sociedade Aberta e Seus Inimigos|''The Open Society and Its Enemies'']], de [[Karl Popper]], publicado em 1945.]]
O '''paradoxo da liberdade''' é um dos três [[paradoxo]]s apontadoapontados pelo filósofo da ciência [[Karl Popper]] em seu livro ''[[A sociedade aberta e seus inimigos|The Open Society and Its Enemies]]''.<ref name="bbc">[https://www.bbc.com/portuguese/brasil-56114102 bbc.com/] ''Prisão de [[Daniel Silveira]] e o "[[paradoxo da tolerância]]": A [[democracia]] deve tolerar os intolerantes?''</ref> Esse [[paradoxo]] parte da ideia de que a liberdade total leva a supressão do fraco pelo forte.<ref name="bbc"/>
 
Ao cunhar o nome deste paradoxo, [[Karl Popper|Popper]] remeteu-se à [[Platão]], segundo o qual o homem livre pode usar a sua liberdade absoluta para desafiar a lei, desafiar a própria liberdade e clamar por um tirano no poder.<ref>[https://observador.pt/opiniao/o-paradoxo-da-tolerancia/ observador.pt/] </ref> No entender de [[Karl Popper|Popper]], “''a liberdade, no sentido da ausência de qualquer controle restritivo, deve levar à maior restrição, pois torna os violentos livres para escravizarem os fracos''”.<ref name="ideias">[https://levanteideias.com.br/politica-sem-aspas/o-paradoxo-da-tolerancia-de-popper-politica-sem-aspas/ levanteideias.com.br/] </ref> Com isso, [[Karl Popper|Popper]] defende que “''qualquer espécie de liberdade será claramente impossível se não for assegurada pelo Estado… […] e inversamente só um Estado controlado por cidadãos livres pode oferecer alguma segurança razoável''”.<ref name="ideias"/>
 
== Ver também ==
 
* [[Lei de igual liberdade]]
* [[Princípio do dano alheio]]
 
{{referências}}
 
[[Categoria:Paradoxos|Liberdade]]
[[Categoria:Liberalismo]]
31 367

edições