Diferenças entre edições de "Pão francês"

m
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:d41:ef1d:5000:51b1:8d25:8617:60b7, com Reversão e avisos)
Etiqueta: Reversão manual
 
==O pão francês no Brasil==
Pão francês, pão de sal, pão cacetinho ou pão careca são alguns nomes dos pães pequenos, produzidos no Brasil parae seremgeralmente consumidos em refeições como o [[café da manhã]] e o [[lanche]] da tarde. Segundo os dados da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF 2008-2009) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o consumo per capita do pão de sal foi de 53g/dia.<ref>{{Citation | publisher = Instituto brasileiro de geografia e estatística (IBGE) | work = Pesquisa de orçamentos familiares, 2008-2009 | title = Despesas, Rendimentos e Condições de Vida | place = Rio de Janeiro | year = 2010}}.</ref> Em [[Portugal]], os pãezinhos equivalentes são conhecidos como papossecos (ou papo-secos) ou carcaças.<ref>{{Citation | url = http://www.bomdialeiria.com/produtos.aspx | title = Pão | work = BomDiaLeiria}}.</ref>
 
O hábito de consumir pães pequenos parece ser relativamente recente. No norte de Portugal, os papossecos são vulgarmente chamados “moletes”, o que pode estar relacionado com as invasões francesas, em 1809: a segunda invasão foi comandada pelo general Moulet que, vendo a escassez de cereais, ordenou que fizessem pães pequenos para os seus soldados; o “pão do general Moulet” tornou-se popular e passou a ser conhecido pela forma referida.<ref>{{Citation | url = http://viajandonotempo.blogs.sapo.pt/11012.html | title = A história do ‘molete’ | work = ViajandoNoTempo | publisher = Sapo}}.</ref>
10 260

edições