Diferenças entre edições de "Taquigrafia"

Ajustes
m (Pequena correção ortográfica.)
(Ajustes)
 
== História ==
[[Marco Túlio Tirão]] (?–c. 4 a.C.), escravo e secretário de [[Cícero]], é considerado o inventor da taquigrafia que elaborou o sistema ''Notae tironianae'' (abreviaturas tironianas).<ref>{{citar web|url= http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/MarcuTuT.html |título=Biografia |primeiro = |último = |obra=dec.ufcg.edu.br |ano=2009 |acessodata=6 de junho de 2011}} {{link quebrado}}</ref>
 
A [[Inglaterra]] é considerada a pátria da taquigrafia moderna. O médico e sacerdote inglês [[Timothy Bright]] (cerca de 1551—1615) publicou em 1558 o sistema de taquigrafia ''Characterie'', propiciando o renascimento da taquigrafia. De 1588 em diante, surgiram novos sistemas de taquigrafia, especialmente no [[Reino Unido]], [[Alemanha]] e [[França]].<ref>{{citar web|url= http://www.ceara.pro.br/Instituto-site/Rev-apresentacao/RevPorAno/1982/1982-TaquigrafianoCearaProvincial.pdf |título=TAQUIGRAFIA NO CEARÁ PROVINCIAL de Oswaldo de Oliveira Riedel (.pdf)|primeiro = |último = |obra=ceara.pro.br |ano=2010 |acessodata=6 de junho de 2011}}</ref>
 
==No Brasil==
O método Leite Alves é um dos diversos métodos de taquigrafia especialmente criados para a língua portuguesa.
 
Oscar Leite Alves nasceu em São Carlos do Pinhal no dia 20 de março de 1902. Na faculdade de medicina tinha o costume de taquigrafar as aulas e vender para os colegas, por tal motivo ficou conhecido como "taquigrafo". No final do curso, em 1929, elaborou um novo método de taquigrafia. No dia 19 de fevereiro de 1929, sob o número 4.826, registrou o seu livro: “NOVO MÉTODO DE TAQUIGRAFIA”, no Ministério da Cultura. O aludido método foi elaborado especialmente para o idioma português.[6]{{carece de fontes}}
 
Consiste em atribuir um taquigrama para cada som vogal, consonantal ou par de fonemas homorgânicos (P, B - Q, G - T, D - F, V - S, C - X, G), diferente do português que utiliza um conjunto de letras para representar um som. Existem dez taquigramas que representam o som das consoantes, os seis fonemas homorgânicos já apresentados e as consoantes: L, M, N e R. E seis vogais (a vogal E é separada entre aguda e grave)
Com essas lições dominadas a fase de alfabetização esta completa. Dando início aos treinos de velocidade, onde, de forma gradual se taquigrafa mais rápido e se aprende novas as palavras: as "arbitrárias", que são traçados específicos para cada palavra, frase ou expressões mais utilizadas, que muitas vezes fogem das regras da alfabetização, mas tornam a escrita muito mais rápida, fazendo a arte de taquigrafar ser uma tarefa possível.
 
==Método de Taquigrafiataquigrafia Prof. [[Rogério Mascarenhas]]==
{{Sem fontes|data=março de 2021}}
O método [[Rogério Mascarenhas]], como os demais, buscou subsídio na geometria, através de sinais combinados, retos e curvos. A escrita é totalmente fonética; o aluno deve registrar, portanto, tudo o que ouve, sem se preocupar, nos apanhamentos taquigráficos, com a ortografia, pontuação e acentuação.
 
Inspiramo-nosInspirado no tradicional sistema francês de Prépéan (adaptação de Aimé-Paris M. Jules Meysmans), que serviu de base para o desenvolvimento da nossa estrutura e a de inúmeros métodos adotados, tais como: Oscar Leite Alves (1926), Paulo Gonçalves (1958), Moacyr Scolástico (1976), etc.
 
PodemosSão enumerarenumeradas, a seguir, as principais inovações: eliminação dos sinais grossos, dobrados e da angulação, tão comum em diversos métodos empregados. A grafia é definitiva desde a primeira lição. Os sinais terminais ou terminações são racionais e de fácil memorização. Porém, a grande novidade é a criação dos sinais reduzidos ou reduções, com a aglutinação das consoantes TE-DE/TRE-DRE-/TLE-DLE, na formação das palavras, diminuindo, ainda mais, os sinais dos taquigramas, tornando a escrita leve e de fácil conversão.
 
{{Referências}}