Air Flórida: diferenças entre revisões

2 bytes adicionados ,  17h39min de 15 de março de 2021
Link
(Link)
 
[[File:Air Florida DC-10-30.jpg|thumb|[[McDonnell Douglas DC-10]] em 1981]]
A Air Flórida foi formada em 1971 por Eli Timoner e por Ted Griffin, que à época era diretor de marketing da Eastern Airlines. A empresa iniciou suas operações em 1972. No início sua frota era composta por [[Boeing 707]] e mais tarde a Air Flórida adquiriu alguns [[Lockheed L-188 Electra]] turboélice. Em pouco tempo a frota recebeu os acréscimos de alguns [[McDonnell Douglas DC-9]], [[Boeing 727]], [[Boeing 737]], e do [[McDonnell Douglas DC-10]].
[[Ed Acker]], ex-CEO da [[Braniff International Airlines]], adquiriu a Air Florida em 1975 e expandiu a companhia aérea no mercado interestadual seguindo o [[Airline Deregulation Act]] de 1978. A Air Florida começou a ter uma grande presença no mercado próximo da Flórida durante os anos 1970 e 1980, a companhia aérea também se expandiu internacionalmente e serviu vários pontos no [[Caribe]] e [[América Central]], bem como [[Londres]], [[Bruxelas]], [[Shannon Airport]] (Irlanda), [[Frankfurt]], [[Zurique]], e [[Amsterdam]] . A empresa muito conhecida por seus simpáticos comissários de voo e, em voos internacionais, sua cozinha quatro estrelas. Em 1981, pouco antes da queda do [[Air Florida vôo90|Voo 90]], Acker deixou Air Florida para se tornar o presidente, CEO e Presidente da [[Pan American World Airways]].
 
Ainda em 1981 a Air Florida tentou comprar a [[Western Airlines]], tentando aumentar a sua presença no [[Oeste dos Estados Unidos|West]] e começar a voar para o [[México]] e para o [[Canadá]]. As negociações avançaram e a Air Florida Ocidental teve 16 por cento da empresa baseada na [[Califórnia]].
85

edições