Diferenças entre edições de "Jacques Monod"

1 byte removido ,  12h45min de 4 de abril de 2021
m
sem resumo de edição
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0.8)
m
O interesse de Monod pelo [[Operon lac|operon ''lac'']] originou-se de sua tese de doutorado, que explorou o crescimento de bactérias em misturas de açúcares e documentou a utilização sequencial de dois ou mais açúcares.<ref name="Nobelprize" /><ref>[http://www.nobel.se/medicine/laureates/1965/monod-bio.html Biography of Jacques Monod at Nobel e-Museum]</ref><ref>[http://www.vega.org.uk/video/programme/156 Video interview with Jacques Monod] Vega Science Trust</ref> Ele cunhou o termo diauxie para denotar as observações frequentes de duas fases distintas de crescimento de [[bactéria]]s cultivadas em dois açúcares. Ele teorizou sobre o crescimento de culturas bacterianas e promoveu a teoria quimiostática como um poderoso sistema de cultura contínua para investigar a fisiologia bacteriana.<ref>1949, ''Annu. Rev. Microbiol.'', 3:371–394; 1950, ''Ann. Inst. Pasteur.'', 79:390–410</ref>
 
O sistema experimental usado por Jacob e Monod era uma bactéria comum, ''E. coli'', mas o conceito regulatório básico (descrito no artigo do operon Lac ) que foi descoberto por Jacob e Monod é fundamental para a regulação celular de todos os organismos. A ideia principal é que a ''E. coli'' não se preocupa em desperdiçar energia produzindo essas enzimas se não houver necessidade de [[Metabolização|metabolizar]] a lactose, como quando outros açúcares como a glicose estão disponíveis. O tipo de regulação é denominado regulação gênica negativa, pois o operon é inativado por um complexo proteico que é removido na presença de lactose (indução regulatória).
 
Monod também fez contribuições importantes para o campo da [[enzimologia]] com sua proposta de teoria da alosteria em 1965 com Jeffries Wyman (1901-1995) e [[Jean-Pierre Changeux]].<ref>{{citar periódico|título=On the Nature of Allosteric Transitions: A Plausible Model |último2 =Wyman |primeiro2 =J. |ano=1965 |páginas=88–118 |doi=10.1016/S0022-2836(65)80285-6 |pmid=14343300 |último3 =Changeux |primeiro3 =J. P. |volume=12 |último1 =Monod |primeiro1 =J. |periódico=Journal of Molecular Biology}}</ref>