Diferenças entre edições de "A Moça que Dançou com o Diabo"

sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
 
O filme traz uma releitura contemporânea de uma lenda do interior paulista, contada há mais de cem anos. Na versão adaptada, uma menina vive conflitos que envolvem religião e suas descobertas da adolescência<ref>https://www.aicinema.com.br/a-moca-que-dancou-com-o-diabo-leva-premio-especial-do-juri-em-cannes/</ref>.
 
O diretor já havia marcado presença em Cannes anteriormente, com o curta-metragem [[Command Action]], de 2015, selecionado para competição da mostra [[Semaine de la Critique]]. Posteriormente, João Paulo Miranda Maria estreou seu primeiro [[longa-metragem]], [[Casa de Antiguidades]], também no [[Festival de Cannes]].
 
==Referências==