Ilhas Pescadores: diferenças entre revisões

27 bytes adicionados ,  18h08min de 17 de maio de 2007
sem resumo de edição
m (+cat, +iw, +img)
 
Do meio do século XVII até 1895, [[Formosa]] ([[Taiwan]]) e a Ilhas Pescadores foram governadas por [[pirata]]s, pelo Império Holandês, pelo Reino [[Koxinga]] e pela Dinastia [[Qing]], sucessivamente. A Dinastia [[Qing]] cedeu então as ilhas para o [[Japão]] em 1895 pelo Tratado Sino-Japonês de [[Shimonoseki]]. Pela Declaração do Cairo, de 1943, os [[Estados Unidos]], o [[Reino Unido]] e a [[China]] declararam que era seu propósito "que todos os territórios que o Japão tinha roubado dos chinesses, tais como [[Formosa]] e Pescadores, deveria ser devolvido para a República da [[China]]. Em 26 de Julho de 1945, os três governos lançaram a Declaração de [[Potsdam]], declarando que "os termos da Declaração de Cairo deveriam ser executados". No Tratado de São Francisco, o Japão renunciou sua soberania de [[Formosa]] e Pescadores, mas não estabeleceu sua disposição final. O arquipélago tem sido administrado pela República da [[China]] como parte da Província de [[Taiwan]] desde 1945.
 
 
== Partes do Condado ==
 
 
[[Categoria:Ilhas de Taiwan]]
Utilizador anónimo