Diferenças entre edições de "Basquetebol do Clube de Regatas do Flamengo"

Etiqueta: Reversão manual
Depois da conquista do Intercontinental, o Flamengo foi convidado para participar da pré-temporada da NBA. Com isso, se tornou o segundo time do país a enfrentar uma equipe da maior liga de basquete do mundo e o primeiro do continente a disputar os jogos preparatórios em solo americano.<ref name=":0" /> O time da Gávea ainda encerrou a temporada com mais um troféu: o do [[Novo Basquete Brasil de 2014–15|NBB 2014-15]]. Ao fechar a série final contra o {{Basquetebol Bauru}} em 2 a 0, o Flamengo se tornou o maior campeão da era NBB com quatro títulos.<ref>{{Citar web|titulo=Flamengo bate Bauru de novo, fatura tetra e vira maior campeão da história do NBB|url=http://espn.com.br/noticia/514216_flamengo-bate-bauru-de-novo-fatura-tetra-e-vira-maior-campeao-da-historia-do-nbb|obra=ESPN|acessodata=2019-05-17|lingua=pt}}</ref>
 
No [[Novo Basquete Brasil de 2015–16|NBB 2015-16]], o Rubro-negro novamente encarou o Bauru na decisão, desta vez em melhor de cinco partidas. Depois de muito equilíbrio, o Flamengo fez 3 a 2 no playoff e ganhou o 4.º título consecutivo do NBB.<ref>{{Citar web|titulo=Fla domina Bauru e é penta com maior diferença de pontos em final de NBB|url=http://globoesporte.globo.com/basquete/nbb/noticia/2016/06/fla-domina-bauru-e-e-tetra-com-maior-diferenca-de-pontos-em-final-de-nbb.html|obra=globoesporte.com|acessodata=2019-05-17|lingua=pt-br|primeiro=Por Marcello PiresRio de|ultimo=Janeiro}}</ref> O time ainda igualou o recorde do {{Basquetebol Monte Líbano}} que enfileirou quatro campeonatos nacionais na década de 80 (na época, o certame tinha o nome de [[Taça Brasil de Basquete Masculino|Taça Brasil de Basquete]]). Com isso, o Mengão chegou a seis títulos do [[Campeonato Brasileiro de Basquete Masculino|Campeonato Brasileiro]], além de ser o maior campeão na nomenclatura [[Novo Basquete Brasil]].<ref>{{Citar web|titulo=Fla é campeão nacional de basquete pela 6ª vez; Marcelinho iguala recorde - 11/06/2016 - Esporte|url=http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2016/06/1780745-fla-e-campeao-nacional-de-basquete-pela-6-vez-marcelinho-iguala-recorde.shtml|obra=Folha de S.Paulo|acessodata=2019-05-17}}</ref>
 
No final de 2018, o Flamengo ganhou mais uma taça inédita. O clube foi campeão da [[Copa Super 8 de Basquete de 2018|primeira edição]] da [[Copa Super 8 de Basquete|Copa Super 8]], derrotando o {{Basquetebol Franca}} na final por 79 a 75, em pleno ginásio [[Ginásio Poliesportivo Pedro Morilla Fuentes|Pedrocão]].<ref>{{Citar web|titulo=Flamengo vence Franca e é campeão da Copa Super 8|url=https://www.gazetaesportiva.com/mais-esportes/basquete/flamengo-vence-franca-e-e-campeao-da-copa-super-8/|obra=Gazeta Esportiva|data=2018-12-29|acessodata=2019-05-18|lingua=pt-BR}}</ref> No [[Novo Basquete Brasil de 2018–19|NBB 2018-19]], a equipe voltou a decisão do torneio, após duas temporadas. O adversário na final foi o Franca. Depois de cinco jogos disputados, o Mengão fechou a série em 3 a 2 e conquistou pela 6ª vez o [[Novo Basquete Brasil de 2018–19|NBB]], totalizando sete títulos do [[Campeonato Brasileiro de Basquete Masculino|Campeonato Brasileiro]], no ano do centenário do basquete rubro-negro.<ref>{{Citar web|titulo=Flamengo vence em Franca e conquista hexacampeonato do NBB|url=https://www.gazetaesportiva.com/campeonatos/nbb-novo-basquete-brasil/flamengo-vence-em-franca-e-conquista-hexacampeonato-do-nbb/|obra=Gazeta Esportiva|data=2019-06-08|acessodata=2019-06-09|lingua=pt-BR}}</ref>
 
Na temporada 19-20, o Flamengo ficou com dois vices. O primeiro foi na [[Copa Super 8 de Basquete de 2019–20|Copa Super 8 de 2019-20]], ao ser derrotado em casa pelo Franca por 77 a 73.<ref>{{Citar web |url=https://globoesporte.globo.com/basquete/noticia/franca-conquista-o-titulo-da-copa-super-8-de-basquete-apos-vencer-o-flamengo.ghtml |titulo=Franca conquista o título da Copa Super 8 de basquete, após vencer o Flamengo |acessodata=2021-04-13 |website=ge |lingua=pt-br}}</ref> O segundo foi na [[Basketball Champions League Américas 2019–20|primeira edição]] da [[Basketball Champions League Américas]], competição que substitui a antiga [[FIBA Liga das Américas|Liga das Américas]]. Na ocasião, o Rubro-negro foi suplantado pelo [[Asociación Atlética Quimsa|Quimsa]], da Argentina, por 92 a 86.<ref>{{Citar web |url=http://www.fiba.basketball/pt/bclamericas/19-20/news/a-alegria-e-argentina-quimsa-campeao |titulo=Quimsa é o primeiro campeão da Basketball Champions League Americas |acessodata=2021-04-13 |website=FIBA.basketball |lingua=pt}}</ref> No [[Novo Basquete Brasil de 2019–20|NBB 19-20]], quando a competição foi cancelada durante a fase de classificação por causa da [[pandemia de COVID-19]], o Fla se encontrava na primeira colocação. No entanto, o certame não teve um campeão declarado e as posições dos times participantes serviram para distribuição de vagas em torneios internacionais.<ref>{{Citar web |url=https://globoesporte.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/basquete/nbb/noticia/apos-votacao-dos-clubes-lnb-encerra-temporada-do-nbb-20192020.ghtml |titulo=Após decisão unânime dos clubes, LNB encerra temporada do NBB 2019/2020 |acessodata=2021-04-13 |website=ge |lingua=pt-br}}</ref>
 
=== Títulos ===