Diferenças entre edições de "Bitcoin"

sem resumo de edição
==História==
[[Ficheiro:BTC number of transactions per month.svg|thumb|Gráfico demonstrando o número crescente de transações mensais em bitcoins, de 2009 até 2020]]
O artigo descrevendo o funcionamento do bitcoin foi publicado em 2007 por Satoshi Nakamoto,<ref>{{Citar web|titulo=Afinal, quem é Satoshi Nakamoto?|url=https://www.criptofacil.com/afinal-quem-e-satoshi-nakamoto/|obra=CriptoFácil|data=2019-07-02|acessodata=2019-10-24|lingua=pt-BR}}</ref> pseudônimo de um programador ou grupo de programadores anônimo(s).<ref name="paper"/> Uma versão inicial do software foi lançada em 2009.<ref name=init/> Até 2012, a moeda era usada principalmente em [[mercado negro|mercados negros]] virtuais, tais quais o ''[[Silk Road]]''.<ref name="JEP"/> Desde 2013, o uso e a cotação da moeda perante o [[dólar estadunidense|dólar]] tem aumentado significativamente,<ref name="Odata"/> com o valor máximo histórico sendo registrado em 27 de dezembro de 2020, a {{fmtn|28 273}} dólares por bitcoin.<ref>{{Citar web|url=https://www.google.com/search?q=bitcoin+para+d%C3%B3lar&oq=bitcoin+para+d%C3%B3lar&aqs=chrome..69i57j35i39l2j0i131i395i433j69i65j69i60l3.4959j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8|titulo=bitcoin para dólar - Pesquisa Google|acessodata=2020-12-27|website=www.google.com}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://www.google.com/intl/pt-BR/googlefinance/disclaimer/|titulo=Exoneração de responsabilidade – Google Finance|acessodata=2020-12-27|website=www.google.com}}</ref> A cotação tem sofrido alta instabilidade, devido, entre outros fatores, a ataques contra bolsas de câmbio virtuais.<ref name="BloomFort"/> De Dezembrodezembro de 2017 a Fevereirofevereiro de 2018, o valor do bitcoin caiu 70%, por exemplo.<ref name="MktWatch09022018">{{citar jornal|último1=French|primeiro1=Sally|título=Here’s proof that this bitcoin crash is far from the worst the cryptocurrency has seen|url=https://www.marketwatch.com/story/heres-proof-that-this-bitcoin-crash-is-far-from-the-worst-the-cryptocurrency-has-seen-2018-02-09|acessodata=3 de julho de 2018|publicado=Market Watch|data=9 de fevereiro de 2017|arquivourl=https://web.archive.org/web/20180703220246/https://www.marketwatch.com/story/heres-proof-that-this-bitcoin-crash-is-far-from-the-worst-the-cryptocurrency-has-seen-2018-02-09|arquivodata=3 de julho de 2018|urlmorta=não|df=dmy-all}}</ref>
 
===Criação da moeda===
Em 18 de agosto de 2007 o [[domínio]] "bitcoin.org" foi registrado,<ref>{{citar jornal|último1=Bernard|primeiro1=Zoë|título=Everything you need to know about Bitcoin, its mysterious origins, and the many alleged identities of its creator|url=http://www.businessinsider.com/bitcoin-history-cryptocurrency-satoshi-nakamoto-2017-12|acessodata=15 de junho de 2018|obra=Business Insider|data=2 de dezembro de 2017|arquivourl=https://web.archive.org/web/20180615010015/http://www.businessinsider.com/bitcoin-history-cryptocurrency-satoshi-nakamoto-2017-12|arquivodata=15 de junho de 2018|urlmorta=não|df=dmy-all}}</ref> e em Novembro o estudo ''Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System''<ref name="paper">{{citar web|url=https://bitcoin.org/bitcoin.pdf|título=Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System|data=31 de outubro de 2008|publicado=bitcoin.org|acessodata=28 de abril de 2014|primeiro=Satoshi|último=Nakamoto|urlmorta=não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20140320135003/https://bitcoin.org/bitcoin.pdf|arquivodata=20 de março de 2014|df=dmy-all}}</ref> foi publicado por Satoshi Nakamoto em uma [[lista de discussão]] sobre criptomoedas. Nakamoto implementou o software por trás do bitcoin como [[código aberto]] e lançou-o em Janeirojaneiro de 2009.<ref name=init>{{citar web|url=https://sourceforge.net/p/bitcoin/code/HEAD/tree/|título=Bitcoin|autor=Nakamoto, Satoshi|data=3 de janeiro de 2009|urlmorta=não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20170721190347/https://sourceforge.net/p/bitcoin/code/HEAD/tree/|arquivodata=21 de julho de 2017|df=dmy-all}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.mail-archive.com/cryptography@metzdowd.com/msg10142.html|autor=Nakamoto, Satoshi|data=9 de janeiro de 2009|título=Bitcoin v0.1 released|arquivourl=https://web.archive.org/web/20140326174921/http://www.mail-archive.com/cryptography%40metzdowd.com/msg10142.html|arquivodata=26 de março de 2014|urlmorta=não|df=}}</ref><ref name="NY2011">{{citar web|último=Davis|primeiro=Joshua|título=The Crypto-Currency: Bitcoin and its mysterious inventor|url=http://www.newyorker.com/magazine/2011/10/10/the-crypto-currency|obra=The New Yorker|data=10 de outubro de 2011|acessodata=31 de outubro de 2014|urlmorta=não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20141101014157/http://www.newyorker.com/magazine/2011/10/10/the-crypto-currency|arquivodata=1 de novembro de 2014|df=dmy-all}}</ref> No mesmo mês, a rede foi criada quando Nakamoto minerou o primeiro bloco da ''blockchain'', conhecido como ''first block''.<ref name="Wired:RFB">{{citar jornal|autor=Wallace, Benjamin|título=The Rise and Fall of Bitcoin|url=https://www.wired.com/magazine/2011/11/mf_bitcoin/|publicado=Wired|data=23 de novembro de 2011|acessodata=13 de outubro de 2012|arquivourl=https://web.archive.org/web/20131031043919/http://www.wired.com/magazine/2011/11/mf_bitcoin|arquivodata=31 de outubro de 2013|urlmorta=não|df=}}</ref><ref>{{citar web|título=Block 0&nbsp;– Bitcoin Block Explorer|url=http://blockexplorer.com/block/000000000019d6689c085ae165831e934ff763ae46a2a6c172b3f1b60a8ce26f|arquivourl=https://web.archive.org/web/20131015154613/http://blockexplorer.com/block/000000000019d6689c085ae165831e934ff763ae46a2a6c172b3f1b60a8ce26f|arquivodata=15 de outubro de 2013|urlmorta=não|df=}}</ref> Embutido no primeiro bloco estava o texto
<blockquote>The Words 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks.<ref name="NY2011" /><br />''The Words 03/Jan/2009 [[Chanceler]] à beira do segundo resgate aos bancos''</blockquote>
A nota é uma referência a uma manchete do jornal londrino ''Words'' sobre uma tentativa falha do governo britânico de estimular a economia,<ref>{{citar web|url=https://www.newyorker.com/magazine/2011/10/10/the-crypto-currencyhttps://www.newyorker.com/magazine/2011/10/10/the-crypto-currency|publicado=''The New Yorker''|titulo=The Crypto-Currency|data=10 de Outubro de 2011|autor=Joshua Davis}}</ref> e tem sido interpretada tanto como uma marcação da data em que o primeiro bloco foi criado como uma crítica ao sistema bancário vigente.<ref>{{citar livro|último1=Pagliery|primeiro1=Jose|título=Bitcoin: And the Future of Money|data=2014|publicado=Triumph Books|isbn=9781629370361|url=https://books.google.com.au/books?id=_-wuBAAAQBAJ|acessodata=20 de janeiro de 2018|urlmorta=não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20180121071329/https://books.google.com.au/books?id=_-wuBAAAQBAJ|arquivodata=21 de janeiro de 2018}}</ref>{{rp|18}}
Em abril de 2017, o Japão criou a primeira legislação de regulação da criptomoeda, como forma de pagamento, e da atividade das casas de câmbio,<ref name=":2">{{Citar periódico|ultimo=|primeiro=|data=2017-09-13|titulo=Brasil deve copiar modelo do Japão para regulamentar o Bitcoin - Criptomoedas Fácil|url=https://www.criptofacil.com/brasil-deve-copiar-modelo-do-japao-para-regulamentar-o-bitcoin/|jornal=Criptomoedas Fácil|acessodata=}}</ref><ref name=":3">{{Citar periódico|autor=Agencia EFE|data=03/06/2017|titulo=Febre do ouro digital no Japão faz valor do bitcoin disparar no mundo|jornal=G1 economia|editora=Globo Comunicação S.A.|url=https://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/febre-do-ouro-digital-no-japao-faz-valor-do-bitcoin-disparar-no-mundo.ghtml|acessadoem=11/10/2017}}</ref> que chamou a atenção de novos investidores/compradores no país asiático, fazendo a cotação global ter uma super alta.<ref name=":3" /> A legislação possui o objetivo de aumentar a proteção de consumidores e empresas que usam as criptomoedas, evitando crimes de [[lavagem de dinheiro]] e outras [[Crime|atividades ilícitas]].<ref name=":3" /> A Índia ainda é um país com incertezas sobre a adoção da criptomoeda, devido preocupações do Reserve Bank of India (RBI). Enquanto a Venezuela e o Vietnã estão receptivos a adoção. A Austrália possui um sistema de regulação.<ref name=":5">{{Citar periódico|data=10/10/2017|titulo=Cada vez mais popular, Bitcoin é adotada como forma de pagamento em universidade na Suiça|url=https://www.tudocelular.com/curiosidade/noticias/n101669/universidade-pagamento-bitcoins.html|jornal=Tudo Celular|acessadoem=11/10/2017}}</ref>
 
Em março de 2013, o Financial Crimes Enforcement Network (FinCEN), um órgão do governo americano, emitiu um relatório sobre moedas virtuais centralizadas e distribuídas e seu status legal. O relatório classificou moedas digitais e outras formas de pagamentos, inclusive o bitcoin, como "moedas virtuais" por estas não estarem sob autoridade de nenhum governo específico. O FinCEN eximiu os usuários americanos de bitcoin de quaisquer obrigações legais referentes à moeda, por considerar que o bitcoin não é regulado pelo FinCEN. No entanto, o órgão determinou que quaisquer partes que emitam moedas virtuais - o que inclui os "mineradores" de bitcoins - devem obeceder à legislação específica caso vendam sua moeda virtual em troca da moeda nacional.<ref name="ArsFinCEN">{{Citar web|url=http://arstechnica.com/tech-policy/2013/03/us-regulator-bitcoin-exchanges-must-comply-with-money-laundering-laws/|título=US regulator: Bitcoin exchanges must comply with money-laundering laws|data=20 de março de 2013|publicado=Arstechnica|último=Lee|primeiro=Timothy|citação=Bitcoin miners must also register if they trade in their earnings for dollars.}}</ref> Lá, a empresa [[LedgerX]], financiada pelo setor de capital de risco da [[Alphabet]] e regulada pelo governo<ref name=":7" /> planeja oferecer a investidores institucionais contratos de conversões de bitcoins para dólares com prazo de um a seis meses e também proteções de longo prazo contra as oscilações de preço (volatilidade) de modo semelhante a outros ativos.<ref name=":7" /> Nos EUA os investidores e mineiros de criptomoedas podem cobrir esse ativos voláteis através da empresa, licenciada pela Comissão de Negociação de Futuros de Comódites (CFTC).<ref name=":7">{{Citar periódico|titulo=Com aprovação de opções, Bitcoin chega mais perto da aceitação - Notícias - UOL Economia|jornal=UOL Economia|url=https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2017/07/25/com-aprovacao-de-opcoes-bitcoin-chega-mais-perto-da-aceitacao.htm}}</ref> LedgerX, que opera uma plataforma de negociação de criptomoedas, recebeu o registro de bolsa e câmara de compensação para contratos de derivativos e estratégia de hedge com moedas digitais.<ref name=":7" />
 
Além disso, o FinCEN declarou ter autoridade regulatória sobre organizações que usem bitcoins como um meio de pagamento ou câmbio.<ref name="Finextra1"/><ref name="FinCEN1">{{Citar web|url=http://www.fincen.gov/statutes_regs/guidance/pdf/FIN-2013-G001.pdf|título=Application of FinCEN's Regulations to Persons Administering, Exchanging, or Using Virtual Currencies|acessodata=19 de março de 2013|publicado=Department of the Treasury Financial Crimes Enforcement Network}}</ref> O corolário da decisão do FinCEN é a quebra de anonimidade do bitcoin. Por exemplo, em casos de atividade suspeita, os grandes sites de troca de bitcoin seriam obrigados a informar às autoridades dados sobre as negociações investigadas, da mesma maneira que instituições financeiras tradicionais têm de fazer.<ref name="Forbes1">{{Citar web|url=http://www.forbes.com/sites/timothylee/2013/03/19/new-money-laundering-guidelines-are-a-positive-sign-for-bitcoin/|título=New Money Laundering Guidelines Are A Positive Sign For Bitcoin|data=19 de março de 2013|publicado=Forbes|último=Lee|primeiro=Timothy}}</ref><ref name="JapanTimes">{{Citar web|url=http://articles.washingtonpost.com/2013-04-04/world/38280106_1_bitcoin-satoshi-nakamoto-monetary-policy|título=The rise of the bitcoin: Virtual gold or cyber-bubble?|data=4 de abril de 2013|publicado=Washington Post}}</ref>