Diferenças entre edições de "Anderson Moraes"

3 022 bytes adicionados ,  22h30min de 20 de abril de 2021
Atualização com notícias referenciadas sobre a vida do deputado.
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Atualização com notícias referenciadas sobre a vida do deputado.)
 
'''Anderson Luis de Moraes''' ([[Rio de Janeiro]], [[12 de fevereiro]] de [[1980]]) é um [[empresário]] e [[político]] [[brasileiro]]. Atualmente, é [[deputado estadual]] pelo [[PSL]]. Nas eleições de [[2018]], foi candidato a deputado pelo [[PSL]] e foi eleito com 40.540 votos.<ref>{{citar web|url=https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/candidatos/rj/deputado-estadual/anderson-moraes-17017/|título=Anderson Moraes - 17017|publicado=[[Gazeta do Povo]]|ano=2018|acessodata=27 de dezembro de 2018}}</ref>
 
Em [[8 de julho]] de [[2020]] teve contas na rede social [[Facebook]] bloqueadas, todas relacionadas ao seu gabinete na [[ALERJ]], e acusadas de criação de perfis falsos e disseminação de [[fake news]]. <ref>{{citar web|url=https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/07/08/deputado-do-psl-rj-que-teve-perfis-ligados-a-seu-gabinete-bloqueados-anderson-moraes-emprega-ex-mulher-de-bolsonaro.ghtml|título=Deputado do PSL-RJ que teve perfis ligados a seu gabinete bloqueados, Anderson Moraes emprega ex-mulher de Bolsonaro|publicado=[[G1]]|ano=2020|acessodata=20 de abril de 2020}}</ref>
 
O deputado Anderson Luis é próximo ao [[Presidente da República]] [[Jair Bolsonaro]], a ponto de empregar sua ex-esposa em seu gabinete na [[ALERJ]]. Em 2018 ela recebia mais do que R$7.000,00 por mês do gabinete. <ref>{{citar web|url=https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/07/08/deputado-do-psl-rj-que-teve-perfis-ligados-a-seu-gabinete-bloqueados-anderson-moraes-emprega-ex-mulher-de-bolsonaro.ghtml|título=Deputado do PSL-RJ que teve perfis ligados a seu gabinete bloqueados, Anderson Moraes emprega ex-mulher de Bolsonaro|publicado=[[G1]]|ano=2020|acessodata=20 de abril de 2020}}</ref>
 
No auge da pandemia do coronavírus/covid-19, entrou com uma ação na Justiça do Estado do Rio de Janeiro solicitando a revogação de medidas restritivas que impediam o aumento do contágio na cidade do [[Rio de Janeiro]], ação que foi concedida pela [[Juíza Regina Lucia Chuquer]], da [[6ª Vara da Fazenda Pública]], no dia [[20 de abril]] de [[2020]]. <ref>{{citar web|url=https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/04/20/justica-suspende-decretos-da-prefeitura-do-rio-com-medidas-restritivas-contra-a-covid-19.ghtml|título=Justiça suspende decretos da Prefeitura do Rio com medidas restritivas contra a Covid-19 |publicado=[[G1]]|ano=2020|acessodata=20 de abril de 2020}}</ref>. No dia anterior, o Rio de Janeiro batera seu recorde de mortos pela pandemia até então, com 446 mortes, sendo a média móvel de óbitos de 282.<ref>{{citar web|url=https://especiais.g1.globo.com/bemestar/coronavirus/estados-brasil-mortes-casos-media-movel/?_ga=2.142626167.390834503.1610998000-2257634567.1599317503|títuloMortes e casos de coronavírus nos estados|publicado=[[G1]]|ano=2020|acessodata=20 de abril de 2020}}</ref>
 
Negacionista do que é dito pela ciência sobre o isolamento na maior crise de saúde da história da humanidade moderna, o deputado comemorou a decisão do magistrado em uma de suas redes sociais: "VITÓRIA DO POVO!
Foi deferida a nossa ação que pedia a derrubada do decreto do DitaPaes. Liberação das praias, comércio, toque de recolher, fim da força coercitiva da guarda municipal contra o cidadão e o fim da proibição da permanência em áreas públicas!"
Liberdade é essencial!" <ref>{{citar web|url=https://twitter.com/deputadomoraes/status/1384603221100924932|título | Twitter pessoal|publicado=[[Twitter]]|ano=2020|acessodata=20 de abril de 2020}}</ref>
 
 
 
{{referências}}
130

edições