Diferenças entre edições de "Arnaud Vincent"

sem resumo de edição
A primeira vitória na divisão menor do Mundial foi no [[Grande Prêmio da Catalunha de Motovelocidade|GP da Catalunha]], além de ter conquistado 2 segundos lugares e um terceiro, encerrando a temporada com 155 pontos, na sétima posição - repetida em 2000, desta vez com 132 pontos ganhos. Em 2001, foi o décimo colocado na classificação, com 2 pódios obtidos, pilotando uma [[Honda]] RS125R da equipe Team Fomma.
 
Seu auge foi na temporada de [[Temporada do Campeonato Mundial de Motovelocidade de 2002|2002]] (voltando a pilotar uma moto Aprilia)<ref>{{citar web|url=https://www.record.pt/modalidades/motores/detalhe/gp-valencia-arnaud-vincent-conquista-titulo-em-125-cc|título=GP Valência: Arnaud Vincent conquista título em 125 cc|data=3 de novembro de 2002|website=Record|língua=|acessodata=29 de maio de 2021}}</ref><ref>{{citar web|url=https://moto-station.com/moto-revue/sport/gp-125-arnaud-vincent-champion-du-monde/298803|título=GP 125: Arnaud Vincent champion du monde !|data=21 de setembro de 2002|website=Moto Station|língua=|acessodata=29 de maio de 2021}}</ref>, conquistando 5 vitórias, 4 segundos lugares e uma terceira posição, terminando com 19 pontos de vantagem sobre o samarinês [[Manuel Poggiali]], o vice-campeão. Vincent seguiu nas 125cc em 2003, disputando 9 corridas com uma [[KTM]], pulando a etapa da [[Grande Prêmio da Chéquia de Motovelocidade|República Tcheca]] e voltando a pilotar uma Aprilia nas últimas corridas. Ficou em 18° lugar na classificação geral, com 39 pontos.
 
Promovido à categoria 250cc em 2004, Vincent teve desempenho modesto na temporada, com um oitavo lugar no [[Grande Prêmio da Espanha de Motovelocidade|GP da Espanha]] como melhor resultado. Em 2005, terminou o campeonato zerado, ficando de fora do [[Grande Prêmio da França de Motovelocidade|GP da França]].
23 665

edições