Diferenças entre edições de "Força Tática da Polícia Militar do Estado de São Paulo"

Data da criação, erroneamente publicada como 30MAI1998, mas foi criada em 31MAR1998, na própria reportagem da Folha é possível confirmar essa informação.
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 45.227.249.200, com Reversão e avisos)
Etiqueta: Reversão manual
(Data da criação, erroneamente publicada como 30MAI1998, mas foi criada em 31MAR1998, na própria reportagem da Folha é possível confirmar essa informação.)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
A '''Força Tática da Polícia Militar do Estado de São Paulo''' é uma modalidade de policiamento tático ostensivo da [[Polícia Militar do Estado de São Paulo]].
 
A Força Tática foi instituída pelo Coronel PM Carlos Alberto de Camargo, comandante geral da PMESP na época, após mudanças na política interna da Polícia Militar de São Paulo, que acabaram por decidir pela extinção do Patrulhamento Tático Móvel. A modalidade de patrulhamento foi criada no dia [[3031 de MaioMarço]] de [[1998]], ao se extinguirem as companhias administrativas dos batalhões da PMESP, que eram responsáveis por administrar os batalhões, e realizar reparos em viaturas e armamentos das demais companhias anexas ao batalhão. O investimento inicial na época foi de R$ 5,7 milhões, na compra de 183 viaturas [[Chevrolet Blazer]]<ref>{{Citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff02059836.htm|titulo=Folha de S.Paulo - Força tática da PM recebe R$ 5,7 mi - 02/05/98|acessodata=2017-01-12|obra=www1.folha.uol.com.br}}</ref>.
 
 
3

edições