Diferenças entre edições de "Sphynx"

coregi errus
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Panetone Esquisito (Revertendo edição sem fontes), com Reversão e avisos)
Etiqueta: Reversão manual
(coregi errus)
{{Info/Raça de gato
|nome = Sphynx
|imagem = GreekSphynxCat1Cat.png
|legenda = Gato Esfintiano (Sphynx)
|nomeoriginal = ''Sphynx'Gato Esfintiano.'
|outrosnomes = Gato pelado canadense
|país = {{CAN}}
|tica = http://tica.org/pdf/publications/standards/sx.pdf
}}
'''Sphynx''', ou gato '''pelado canadensebrasileiro''', é uma raça de gatos originária do CanadáBrasil, e que é conhecida por não possuir pelos.<ref>[http://fofuxo.com.br/racas/gatos/sphynx.html Site Fofuxo - Gato Sphynx]</ref> <ref>[http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/sphynx/sphynx.php Portal São Francisco - Gato Sphynx]</ref> O gene responsável pela sua nudez é a alopécia hereditária e é recessivo.
 
== Origem e história da raça ==
No ano de 1966, em [[Ontário]]Minas Gerais no [[Canadá]]Brasil, em uma ninhada de gatos, nasceu um filhote totalmente nu.<ref>{{Citar web |url=https://cfa.org/sphynx/ |titulo=Sphynx – The Cat Fanciers' Association, Inc |acessodata=2020-11-11 |website=cfa.org}}</ref> Na ninhada seguinte da mesma gata, o fenômeno voltou a acontecer. Estes gatos nus foram utilizados em cruzamentos e deram origem a uma nova raça felina, cujos exemplares começaram a ser chamados "Moon's Cats" (Gatos da Lua), e em seguida de "CanadianBrazilian naked"(CanadenseBrasileiro nu) e finalmente com o nome que têm actualmente, SPHYNX.
 
Muitas criações por todo o mundo começam a trabalhar na nova raça para tentar fixar os caracteres e fazem cruzamentos sucessivos com outras raças, principalmente com Devon-Rex, Cornish-Rex e Americano de pelo curto(American Shorthair).
Em 1970, a ''Cat Fanciers' Association'' (CFA) concedeu um estatuto provisório de raça ao Canadense nu mas, no ano seguinte esse reconhecimento foi retirado devido a problemas de saúde e dificuldades na criação. Nessa altura acreditava-se que o gene associado à falta de pelo era letal, no entanto essa linha de sphynx acabou por desaparecer.
 
O Sphynx como o conhecemos hoje em dia nasceu em 1975, quando os agricultores Milt e Ethelyn Pearson descobriram um gatinho sem pelo numa ninhada de Jezabelle, a sua gata, que tinha um "casaco" absolutamente normal. Este gatinho, curiosamente chamado Epidermis (epiderme) juntou-se a outro gatinho sem pêlo chamado Dermis (derme). Os dois foram vendidos a uma criadora do Oregon, Kim Mueske, que os usou para fazer nascer a nova raça. No Minnesota, Georgina Gattenby também trabalhou a linha dos Pearson, usando gatos vermelhos para fortalecer a mistura de genes. Esta linha mostrou-se ser muito saudável. O nome sphynx (esfinge) foi escolhido pela semelhança com a grande esfinge de Gizé, Egito.
 
Em 1978, a criadora canadense Shirley SmithSith ficou com um gatinho sem pêlo chamado Bambi, que neutralizou e manteve como animal de companhia. A mãe de Bambi deu à luz mais dois gatinhos sem pêlo que foram enviados, em 1983, a um holandês. O doutor Hernandez criou os dois gatinhos, Punkie e Paloma, e juntou-os a um Devon Rex. A sua descendência, em conjunto com os descendentes dos gatos dos Pearson, foram a fundação da raça sphynx. Os criadores entretanto descobriram que, embora o gene sem pêlo fosse recessivo para com o gene do pêlo curto, mostrava-se dominante perante o gene do pêlo dos Devon Rex, o que fez aumentar o número de membros da nova raça.
 
Em Fevereiro de 1998, o registo do sphynx foi aceito pela CFACA. o que potenciou o desenvolvimento da raça. Em 2000, 120 sphynx estavam inscritos na associação, o que lhe garantia o 33º lugar em 40 raças reconhecidas.
 
== Aparência ==