Diferenças entre edições de "Ereção canónica"

m
Página marcada como sem fontes secundárias fiáveis
m (Página marcada como sem fontes secundárias fiáveis)
 
{{Fontes primárias|data=junho de 2021}}
'''Ereção canónica''' é o ato pelo qual uma autoridade eclesiástica - geralmente, o [[bispo]], a [[conferência episcopal]] ou o próprio [[Papa]] - reconhece e aprova os estatutos de uma dada instituição religiosa, como seja uma [[diocese]], uma [[paróquia]], um [[cabido]], um instituto de vida consagrada (por exemplo, [[seminário]]s ou [[abadia]]s) ou de associações públicas de fiéis. A ereção de paróquias é regulada peloes cânones 373, 374 e 515 do [[Código de Direito Canônico]]<ref>{{citar web|URL=http://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf|título=Código de Direito Canónico|autor=Conferência Episcopal Portuguesa|data=1983|publicado=|acessodata=2019-10-31}}</ref>.