Diferenças entre edições de "Usuário(a):Elder N/Testes"

sem resumo de edição
Em janeiro de 2017, a empresa anunciou que havia estabelecido uma sede internacional no [[Soho]], em [[Londres]].<ref>{{Citar web|url=https://techcrunch.com/2017/01/10/snap-crosses-the-pond-and-makes-a-home-in-the-uk/|título=Snap crosses the pond and makes a home in the UK|ultimo=Shieber|primeiro=Jonathan|data=2017-01-10|website=TechCrunch|acessodata=20 de junho de 2021}}</ref> No início de fevereiro de 2017, a empresa confirmou seus planos para um IPO em 2017 e sua expectativa de levantar $3 bilhões.<ref>{{Citar web|url=https://www.theverge.com/2017/2/2/14451972/snap-ipo|título=Snapchat files for a $3 billion IPO|ultimo=Kastrenakes|primeiro=Jacob|data=2017-02-02|website=The Verge|acessodata=20 de junho de 2021}}</ref> No início de março de 2017, a empresa abriu o capital sob o símbolo de negociação SNAP e levantou quase $30 bilhões em capitalização de mercado no primeiro dia de negociação.<ref>{{Citar noticia|url=http://business.financialpost.com/fp-tech-desk/snapchats-parent-snap-inc-rockets-higher-in-biggest-wall-street-debut-since-2014|título=Snap pulls off biggest tech debut since Alibaba, rising almost 50% to $30 billion marketcap|ultimo1=Hirsch|primeiro1=Lauren|data=2 de março de 2017|work=Financial Post|acessodata=20 de junho de 2021|ultimo2=Somerville|primeiro2=Heather|lingua=en|ultimo3=Baker|primeiro3=Liana B.}}</ref>
 
No final de maio de 2017, a empresa adquiriu o aplicativo de localização Zenly em uma transação em dinheiro e ações. O aplicativo Zenly permanecerá funcional, mas seus conceitos foram incorporados a um recurso Snapchat adicionado em junho de 2017.<ref>{{Citar web|url=https://techcrunch.com/2017/06/21/snap-map/|título=Snapchat launches location-sharing feature Snap Map|ultimo=Constine|primeiro=Josh|publisher=[[AOL]]|acessodata=22 de junho de 2021|work=TechCrunch}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://techcrunch.com/2017/06/21/snapchat-buys-zenly/|título=Snapchat acquires social map app Zenly for $250M to $350M|work=TechCrunch|publisher=AOL|ultimo=Constine|primeiro=Josh|acessodata=22 de junho de 2021}}</ref>
 
Em agosto de 2017, o [[Business Insider]] relatou que o Google discutiu uma oferta para comprar a empresa por $30 bilhões no início de 2016.<ref>{{Citar noticia|url=http://www.businessinsider.com/google-offered-to-buy-snapchat-for-at-least-30-in-early-2016-insiders-say-2017-8|título=Insiders say Google was interested in buying Snap for at least $30 billion last year|work=Business Insider|acessodata=22 de junho de 2021|lingua=en}}</ref>
 
Em outubro de 2017, a empresa anunciou que havia formado uma joint venture com a [[NBCUniversal]] para produzir conteúdo para as novas plataformas do Snap, e que havia assinado a Duplass Brothers Productions como seu primeiro parceiro.ref>{{citar revista|url=https://variety.com/2017/digital/news/snap-nbcuniversal-studio-venture-duplass-brothers-shows-1202591040/|magazine=Variety|título=Snap, NBCUniversal Form Studio Joint Venture, Tap Duplass Brothers for Original Shows|data=16 de outubro 2017}}</ref>
 
Em novembro de 2017, a [[Tencent]] adquiriu uma participação minoritária sem direito a voto de 12% da empresa no mercado aberto.<ref>{{Citar noticia|url=https://www.recode.net/2017/11/8/16624020/tencent-snap-snapchat-investment-spectacles-tim-sehn-redesign-earnings|título=China's Tencent bought 12 percent of Snap — and everything else we learned from Snap's earnings report|work=Recode|acessodata=22 de junho de 2021}}</ref>
 
Em 26 de outubro de 2018 na TwitchCon, o Snap lançou um novo aplicativo de desktop para macOS e Windows conhecido como Snap Camera. Ele permite que os usuários utilizem filtros Snapchat através de webcams de PC em serviços de vídeo chat e streaming ao vivo como [[Skype]], [[Twitch]], [[YouTube]] e Zoom. Snap também anunciou integração adicional com Twitch.<ref>{{Citar noticia|url=https://www.theverge.com/2018/10/26/18026688/snap-camera-snapchat-lenses-twitch-youtube-skype|título=Snapchat brings its camera to the desktop to add filters to your streaming videos|work=The Verge|acessodata=22 de junho de 2021}}</ref>
 
== Produtos ==
A empresa desenvolve e mantém o [[aplicativo móvel]] de mensagem de imagem e [[Multimédia|multimídia]] [[Snapchat]], bem como desenvolve e fabrica a câmera vestível chamada [[Spectacles]], um par de óculos inteligentes que se conecta à conta Snapchat do usuário e grava vídeos em formato de vídeo circular ajustável em qualquer orientação.<ref>{{ciar noticia|ultimo1=Stevenson|primeiro1=Seth|título=Snapchat Releases First Hardware Product, Spectacles|url=https://www.wsj.com/articles/snapchat-releases-first-hardware-product-spectacles-1474682719|acessodata=22 de junho de 2021|data=24 de setembro de 2016}}</ref> Em 20 de fevereiro de 2017, os [[Spectacles]] Snap tornaram-se disponíveis para compra online.<ref name="spectacles online">{{citar noticia|acessodata=22 de junho de 2021|url=https://www.cnet.com/news/finally-snap-snapchat-spectacles-are-sold-online/|título=Finally! Spectacles are available online|work=Adweek|location=San Francisco, CA|data=20 de fevereiro de 2017|author=Savvides, Lexy}}</ref> A empresa vendeu apenas 220.000 pares de óculos Snap V1. A empresa desenvolveu e lançou os óculos V2 em abril de 2018 nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e França; e mais 13 países europeus em maio de 2018.<ref>{{citar noticia|ultimo1=Constine|primeiro1=Josh|título=Snapchat launches Spectacles V2|url=https://techcrunch.com/2017/02/20/buy-spectacles-online/?_ga=2.174009443.1348395253.1537416644-315947933.1536649954|acessodata=22 de junho de 2021|publisher=Tech Crunch}}</ref>