Diferenças entre edições de "Deir Elbari"

m
Foram revertidas as edições de Victor Luiz Bento para a última revisão de Cadnero, de 17h20min de 15 de novembro de 2020 (UTC)
m (Alterei o nome da rainha que estava incorreto)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Revertida
m (Foram revertidas as edições de Victor Luiz Bento para a última revisão de Cadnero, de 17h20min de 15 de novembro de 2020 (UTC))
Etiqueta: Reversão
 
{{coor dms|25|44|18|N|32|36|28|E||display=title}}
[[Imagem:Egypt.HatshepsutsTemple.01.jpg|thumb|350px|Djeser-Djeseru, no templo de [[HatshepsutHatexepsute|Hatxepsute]] , ponto focal do complexo.]]
[[Imagem:GD-EG-Deir el Bahari-map.png|thumb|Plano do sítio de Deir Elbari]]
 
O primeiro monumento construído no sítio foi o [[Templo Mortuário de Mentuotepe|templo mortuário]] de [[Mentuotepe II]], na XII Dinastia.
 
Durante a [[XVIII dinastia egípcia|XVIII Dinastia]] [[Amenófis I]] e [[Hatshepsut|Hatexepsute]] também construíram no local.
 
O ponto focal do complexo de Deir Elbari é o Djeser-Djeseru (lit. "[[Santo dos Santos]]"), templo mortuário da rainha [[Hatshepsut]]Hatexepsute. É uma estrutura cercada por colunas, projetada e implementada por [[Senemut]], criado real e arquiteto da rainha (e, segundo alguns, seu amante),{{Carece de fontes|data=abril de 2017}} para servir para seu culto póstumo e honrar a glória do deus [[Amom (deus)|Amom]].
 
O Djeser-Djeseru se localiza sobre uma série de terraços cercados por colunas, que são acessados por meio de longas rampas decoradas com jardins. Foi construído dentro da face de um [[penhasco]] que se ergue sobre sua estrutura, e é considerado um dos ''"monumentos incomparáveis do Egito Antigo"''.<ref name="Trachtenberg">{{citar livro | autor = Trachtenberg, Marvin e Isabelle Hyman | título = Architecture, from Prehistory to Postmodernity | editora = Prentice-Hall Inc. | ano = 2003 | local = Itália |isbn= 978-0810906075 | página = 71 }}</ref>