Diferenças entre edições de "Ricardo de Aquino Salles"

sem resumo de edição
Em 9 de dezembro de 2018 foi anunciado como ministro do Meio Ambiente do [[governo Jair Bolsonaro]],<ref name=correio>{{Citar web |ultimo=Vinhal |primeiro=Gabriela |url=https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2018/12/09/interna_politica,724197/bolsonaro-anuncia-ricardo-salles-para-o-ministerio-do-meio-ambiente.shtml |titulo=Bolsonaro anuncia Ricardo Salles para o Ministério do Meio Ambiente |data=2018-12-09 |acessodata=2020-09-30 |website=Correio Braziliense |lingua=pt-BR}}</ref> alegando ter como prioridades a agenda ambiental urbana,<ref>{{Citar web |ultimo=Amaral |primeiro=Ana Carolina |url=https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2019/04/gestao-salles-tem-foco-urbano-exoneracoes-e-fim-de-politicas-do-passado.shtml |titulo=Gestão Salles tem foco urbano, exonerações e fim de políticas do passado |data=17/04/2019 |acessodata=13/05/2019 |publicado=Folha de S. Paulo}}</ref> o combate ao lixo do mar<ref>{{Citar web |url=http://mma.gov.br/agenda-ambiental-urbana.html |titulo=Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana |acessodata=13/05/2019 |publicado=Ministério do Meio Ambiente}}</ref> e agilidade de processos de licenciamentos.<ref>{{Citar web |url=https://www.istoedinheiro.com.br/futuro-ministro-ricardo-salles-defende-mais-agilidade-no-licenciamento-ambiental/ |titulo=Futuro ministro Ricardo Salles defende mais agilidade no licenciamento ambiental |data=2019-01-01 |acessodata=13-05-2019 |website=IstoÉ |lingua=pt-BR}}</ref> Em 23 de junho de 2021, foi anunciado pelo [[Diário Oficial da União]] a exoneração de Salles por Bolsonaro após pedido do ex-ministro.
 
== HistóriaBiografia ==
Proveniente de uma família de advogados [[São Paulo (cidade)|paulistana]],<ref>[https://epoca.globo.com/por-que-politicos-mentem-em-seus-curriculos-23476811 Por que os políticos mentem em seus currículos?] Por Flávio Moura. ''Época'', 23 de fevereiro de 2019.</ref> Ricardo Salles formou-se em [[Direitodireito]] pela [[Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie|Faculdade de Direito]] [[Universidade Presbiteriana Mackenzie]]. Fez cursos de [[Pós-graduação|pós-graduaçãograduações]] em Direito,direito nas universidades de [[Universidade de Coimbra|Coimbra]] e [[Universidade de Lisboa|Lisboa]], além de pós-graduação em [[Administração de Empresasadministração]], napela [[Escola de Administração de Empresas de São Paulo]], da [[Fundação Getulio Vargas]] (FGV).<ref>{{Citar web |url=https://ricardosalles.com.br/a-experiencia-de-ricardo-salles/ |titulo=A experiência de Ricardo Salles na vida pública |data=18 de maio de 2018 |acessodata=23-02-2019 |editor-sobrenome=ricardosalles.com.br}}</ref> Por quase sete anos, acreditou-se que Salles tinha um mestrado em [[Universidade Yale|Yale]]. Em 2019, após a universidade confirmar que Salles nunca estudou lá, ele alegou que a informação foifora fornecida incorretamente por um assessor.<ref>{{Citar web |ultimo=Demori |primeiro=Leandro |url=https://theintercept.com/2019/02/23/ricardo-salles-yale-mentira/ |titulo=Quem inventou a mentira de que o ministro Ricardo Salles estudou em Yale? |data=2019-02-23 |acessodata=2020-09-23 |website=The Intercept |lingua=en-US}}</ref><ref>{{Citar web |url=https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2019/02/ministro-do-meio-ambiente-nao-estudou-em-yale.shtml |titulo=Ministro do Meio Ambiente não estudou em Yale |data=2019-02-26 |acessodata=2020-09-23 |website=Folha de S.Paulo |lingua=pt-BR}}</ref>
 
Foi candidato a [[deputado federal]] por [[São Paulo (estado)|São Paulo]] em 2006 pelo [[Democratas (Brasil)|PFL]], em sua estreia na vida pública. Obteve {{fmtn|9466 votos}}, não conseguindo se eleger.<ref>{{Citar web |url=https://noticias.uol.com.br/politica/politicos-brasil/2006/deputado-federal/08061975-ricardo-salles.jhtm |titulo=Ricardo Salles (2006) |acessodata=23-04-2018 |editor-sobrenome=uol.com.br}}</ref> Em 2010, foi candidato a [[deputado estadual]] pelo [[Democratas (Brasil)|DEM]], obtendo {{fmtn|26552 votos}}, não conseguindo se eleger.<ref>{{Citar web |url=http://noticias.uol.com.br/politica/politicos-brasil/2010/deputado-estadual/08061975-ricardo-salles.jhtm |titulo=Ricardo Salles (2010) |acessodata=23-04-2018 |editor-sobrenome=uol.com.br}}</ref> Entre 2012 e 2016, participou de campanhas eleitorais como apoiador de diversas candidaturas.<ref name=":0">{{Citar web |url=https://ricardosalles.com.br/ |titulo=Ricardo Salles (2006) |acessodata=23-04-2018 |editor-sobrenome=ricardosalles.com.br}}</ref> Em 2018, tentou novamente uma vaga como deputado federal por São Paulo pelo [[Partido Novo]] (NOVO). Obteve {{fmtn|36603 votos}}, não tendo sido eleito.<ref name="GP">{{Citar web |url=https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/candidatos/sp/deputado-federal/ricardo-salles-3006/ |titulo=Ricardo Salles – 3006 |acessodata=5 de fevereiro de 2019 |wayb=20190205005820}}</ref> Em 9 de dezembro de 2018, Ricardo Salles é indicado pelo então presidente eleito, [[Jair Bolsonaro]], ao cargo de Ministro do Meio Ambiente, a partir de 2019.<ref>{{Citar web |url=https://extra.globo.com/noticias/brasil/bolsonaro-anuncia-ex-secretario-de-sao-paulo-para-ministerio-do-meio-ambiente-23292901.html |titulo=Bolsonaro anuncia ex-secretário de São Paulo para Ministério do Meio Ambiente |acessodata=2018-12-09 |website=Extra Online}}</ref> Em maio de 2020 foi expulso do Partido Novo após decisão da comissão partidária.<ref>{{Citar web |url=https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/05/07/ricardo-salles-diz-que-foi-expulso-do-partido-novo-por-ter-assumido-cargo-de-ministro.ghtml |titulo=Comissão de Ética do partido Novo decide pela expulsão do ministro Ricardo Salles |acessodata=2020-06-05 |website=G1 |lingua=pt-br}}</ref><ref>{{Citar web |url=https://exame.com/brasil/ricardo-salles-diz-que-foi-expulso-do-partido-novo/ |titulo=Ricardo Salles diz que foi expulso do NOVO e que fica com Bolsonaro |data=2020-05-07 |acessodata=2020-06-05 |website=Exame |lingua=pt-BR}}</ref>
{{Ministros do Meio Ambiente do Brasil}}
 
{{Portal3|Ambiente|Biografias|Brasil|Direito|Ambiente|Política|São Paulo|São Paulo (cidade)}}
 
{{Controle de autoridade}}