Dispositivo semicondutor: diferenças entre revisões

Não está em tradução.
(Correções de ortografia)
(Não está em tradução.)
{{Em tradução|data=Março de 2011}}
 
'''Dispositivo semicondutor''' é um [[componente eletrônico]] que explora as propriedades [[eletrônica]]s de materiais [[semicondutor]]es, principalmente [[silício]], [[germânio]], e [[arseneto de gálio]], assim como [[semicondutor orgânico|semicondutores orgânicos]]. Dispositivos semicondutores têm substituído [[tubo de vácuo|dispositivos termiônicos]] (tubos de vácuo) na maioria das aplicações. Eles usam [[condução elétrica|condução]] no [[estado sólido (eletrônica)|estado sólido]] em oposição ao [[estado gasoso]] ou [[emissão termiônica]] no alto vácuo.
 
A principal razão porque materiais semicondutores são tão úteis é que o comportamento de um semicondutor pode ser facilmente manipulado pela adição de impurezas, o que é conhecido como "dopagem (a adição de um "[[Dopante (química)|dopante]]"). A [[condutividade elétrica|condutividade]] de semicondutores pode ser controlada pela introdução de um campo elétrico, pela exposição à [[luz]], e também pressão e calor; então, semicondutores podem produzir excelentes sensores. A condução de corrente em um semicondutor ocorre via [[elétron]]s móveis ou "livres" e ''[[Electrão-buraco|buracos electrónicos]]'', coletivamente conhecidos como ''[[Portador de carga|portadores de carga]]''.
 
{{referências}}
==Referências==
 
<references/>
* {{citar livro|autor =Muller, Richard S., and Theodore I. Kamins|título=Device Electronics for Integrated Circuits|ano=1986|publicado=John Wiley and Sons|isbn=0-471-88758-7}}