Diferenças entre edições de "Usuário Discussão:Douglasboavista"

novo tópico: ​→‎Calypso X Brega Pop
m (Foram revertidas as edições de Amorconcordodia devido a vandalismo (usando Huggle) (3.4.10))
Etiqueta: Reversão
(novo tópico: ​→‎Calypso X Brega Pop)
 
Daí estou realizando uma consulta: essa mudança lhe apraz? Seria suficiente para você se descadastrar da lista de descadastro? Se não, que mudança lhe agradaria e te levaria a remover seu nome de lá? Se chegarmos todos nós (eu e os 51 inscritos na lista) em algum acordo, se tornará em proposta na Esplanada. [[Usuário(a):MisterSanderson|Mr. Sand.]] ❧ [[Usuário(a) Discussão:MisterSanderson|Ano ⓬]] 21h19min de 14 de junho de 2021 (UTC)
 
== Calypso X Brega Pop ==
 
Olá Douglas, tudo bem com você? Espero que sim!
Essa história do "Ritmo Calypso" não condiz com a realidade da música vivenciada no Pará, no final da década de 90 para o inicio dos anos 2000. Existia toda uma cena muito forte que era caracterizada de "Brega Pop", com inúmeros artistas que fizeram sucesso com o estilo em nossa região, com gravações realizadas por produtores locais. Com a guitarra sempre predominante, mas ainda não com os metais. Sugiro ouvir no Spotify (Baby Baby - Adilson Ribeiro), (Me Libera - Nelsinho Rodrigues), (Brega Carimbó - Kim Marques) e (Romance a Dois - Lima Neto). São exemplos do "Brega Pop". Músicas que foram muito sucesso em toda a região norte e tocam muito até hoje!
Com a explosão de Roberto Villar no nordeste, surgiu um receio em alguns artistas em usar o nome "Brega" para expandir outros artistas e o ritmo pro Brasil, então surgiu o ritmo "Calypso", com a perspectiva de alçar todo o movimento para o país. O que não aconteceu! A Banda Calypso foi a única que também tocava algumas músicas inseridas nessa cena do "Brega POp"e que foi um sucesso estrondoso, embala o público até hoje, mas esse booom, esfriou a cena local do Brega Pop, fazendo inúmeros artistas a migrarem para o calypso, causando um enorme impacto na produção local, devido ter sido inserido os metais no ritmo. Com o enfraquecimento do "Brega Pop", surgiu o tecnobrega!
16

edições