Diferenças entre edições de "Família (biologia)"

m
Uma quantidade substancial de famílias em uso não é cladística (Flabellinidae, por exemplo), então não podem ser chamadas de clados. O termo "táxon" é mais apropriado. Além disso, "família" não é um clado ou sequer um táxon qualquer, mas um rank para diversos táxons.
(Concordância de gênero de adjetivos da palavra "clado" e adição de uma virgula depois de um adjunto adverbial.)
m (Uma quantidade substancial de famílias em uso não é cladística (Flabellinidae, por exemplo), então não podem ser chamadas de clados. O termo "táxon" é mais apropriado. Além disso, "família" não é um clado ou sequer um táxon qualquer, mas um rank para diversos táxons.)
 
{{Ver desambig||Família (desambiguação)}}
[[Ficheiro:Biological classification L Pengo vflip-pt.svg|miniaturadaimagem|295x295px|Hierarquia dos principais níveis de classificação dos seres vivos.]]
Na [[Biologia]], '''família''' ({{langx|la|''familia''}}, plural ''familiae'') é um [[cladotáxon]] integrado no [[Taxonomia de Lineu|sistema taxonómico]] criado por [[Lineu]] no século XVIII. A família agrupa um conjunto de [[género (biologia)|géneros]], ou de sub-famílias, e está incluída em [[ordem (biologia)|ordens]].
 
== História do conceito ==
Família, como um [[clade|cladotáxon]] intermediário entre ordem e género, é uma invenção relativamente nova.
 
O termo ''família'' foi cunhado pelo botânico francês [[Pierre Magnol]] no seu ''Prodromus historiae generalis plantarum, in quo familiae plantarum per tabulas disponuntur'' (1689) onde ele denominou de famílias (''familiae'') os sessenta e seis grupos de plantas que ele reconheceu em suas tabelas.<ref>{{Citar livro|url=http://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k6244284d|título=Prodromus historiae generalis plantarum in quo familiae plantarum per tabulas disponuntur|ultimo=Magnol|primeiro=Pierre (1638-1715)|data=1689|editora=G. et H. Pech|local=Monspelii|lingua=latin}}</ref> O conceito deste cladotáxon a este tempo era ainda ''in statu nascendi,'' e no prefácio do ''Prodromus'' Magnol fala da união de suas famílias em um grande ''gênero,'' o qual tinha um significado diferente do atual. Mas o uso moderno do cladorank de ''Família'' foi pela primeira vez registrado nos trabalhos de [[Ernst Haeckel]], especialmente em Die systematische Phylogenie (1894) - "Systematic Phylogeny", o qual é considerado seu melhor livro.<ref>{{Citar livro|url=http://archive.org/details/systematischephy01haec|título=Systematische phylogenie|ultimo=Haeckel|primeiro=Ernst Heinrich Philipp August|data=1894|editora=Berlin : Georg Reimer}}</ref>
 
== Botânica ==
23

edições