Diferenças entre edições de "Guiné (região)"

3 bytes removidos ,  04h05min de 25 de maio de 2007
corrigindo link
(O antigo Reino do Benim não é a mesma coisa que o actual país Benim.)
(corrigindo link)
Guiné é o nome dado à costa [[África|africana]] que vai aproximadamente desde o cabo [[Cabo Verde (cabo)|Verde]], no [[Senegal]], até à foz do rio [[Ogowe]], no [[Gabão]]. Por vezes é extendido mais a sul até à foz do rio [[Rio Congo]]. Também incluídos nesta região costumam estar os arquipélagos no [[Atlântico]] ([[Cabo Verde]], [[São Tomé e Príncipe|São Tomé]]). Outras fontes identificam a região da Guiné como sendo a região da África situada a sul do [[Sahel]]. Atribui-se a designação «Guiné» pelos portugueses, embora não se tenha a certeza de qual a origem. Conjectura-se que pode ser derivado de [[Império Gana|Gana]].
 
Orograficamente a região é geralmente caracterizada por terrenos baixos, sendo os maciços montanhosos (por ex. [[Fouta Djallon|Futa Djalon]]) pouco numerosos, e é uma zona bastante recortada por rios (por ex. [[Rio Senegal|Senegal]], [[Rio Gâmbia|Gâmbia]], [[Rio Volta|Volta]], [[Rio Níger|Níger]]) com terrenos facilmente alagáveis (por ex. lago [[Lago Volta|Volta]], delta do [[Delta do Níger|Níger]]). A vegetação acompanha o clima, sendo em grande parte da região constituída por florestas tropicais húmidas, mas podendo haver florestas equatoriais nas zonas próximas do [[EquadorLinha (geografia)do Equador|Equador]], mais a sul, e vegetação sub-tropical nas zonas tropicais secas. As savanas encontram-se mais no interior.
 
A população encontra-se mais concentrada nas zonas costeiras, sendo o delta do Níger uma das zonas de maior densidade populacional de África. Trata-se de uma população diversificada, geralmente classificada conforme os grupos linguísticos dos falantes (línguas [[Línguas africanas ocidentais|Atlântico-Ocidental]], [[Línguas mandês|Mandê]], [[Línguas Kru|Kru]], [[Línguas Kwa|Kwa]], [[Línguas Ijo|Ijo]], [[Línguas bantu|Bantu]]). As principais actividades económicas continuam centradas no sector primário.
45 504

edições