Diferenças entre edições de "Chico Xavier"

Desfeita a edição 61845598 de VdSV9 WP:PESO "Entretanto vale a seguinte ressalva: Em geral, artigos não devem dar tanto espaço a pontos de vista minoritários ou de forma tão detalhada quanto pontos de vista mais populares, e geralmente não incluirá pontos de vista extremamente minoritários." O biografado é conhecido nacionalmente como médium, claramente o ponto de vista minoritário aqui é o "suposto" médium.
m (WP:PESO achei que já tinha feito isto aqui)
Etiqueta: Revertida
(Desfeita a edição 61845598 de VdSV9 WP:PESO "Entretanto vale a seguinte ressalva: Em geral, artigos não devem dar tanto espaço a pontos de vista minoritários ou de forma tão detalhada quanto pontos de vista mais populares, e geralmente não incluirá pontos de vista extremamente minoritários." O biografado é conhecido nacionalmente como médium, claramente o ponto de vista minoritário aqui é o "suposto" médium.)
Etiqueta: Desfazer
| nome_mãe = Maria João de Deus <small>(1881-1915)</small>
}}
'''Francisco Cândido Xavier''',<ref name="vidas" /> mais conhecido como '''Chico Xavier''' ([[Pedro Leopoldo]], [[2 de abril]] de [[1910]] — [[Uberaba]], {{dtlink|lang=br|30|6|2002}}), foi um suposto [[médium]], [[filantropo]] e um dos mais importantes expoentes do [[Espiritismo]].<ref name=almeida>Moreira-Almeida, Alexander. [http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-60832013000600005&script=sci_arttext ''Pesquisa em mediunidade e relação mente-cérebro: revisão das evidências'']. Rev. psiquiatr. clín. vol.40 no.6 São Paulo 2013.</ref><ref name=abib>ABIB, D.. [http://inseer.ibict.br/bcs/index.php/bcs/article/view/91/101 ''CULTURA ESPÍRITA NO BRASIL/ SPIRITIST CULTURE IN BRASIL'']. Brazilian Cultural Studies, América do Norte, 224 07 2013. p. 119-120.</ref><ref name=lewgoy>Lewgoy, Bernardo. [http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-85872008000100005&lng=en&nrm=iso ''A transnacionalização do espiritismo kardecista brasileiro: uma discussão inicial'']. Relig. soc. [online]. 2008, vol.28, n.1 [cited 2014-09-05], pp. 84-104</ref><ref name=guia>Tiago Cordeiro. [http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/allan-kardec-espiritismo-religiao-bem-brasileira-806044.shtml ''Allan Kardec e o espiritismo, uma religião bem brasileira''] (14/10/2014). Aventuras na História - Guia do Estudante. Página visitada em 18/11/2014.</ref><ref>Amauri Arrais. [http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1554524-5602,00-MEDIUM+BRASILEIRO+AJUDOU+A+PROJETAR+ESPIRITISMO+INTERNACIONALMENTE.html ''Médium brasileiro ajudou a projetar espiritismo internacionalmente'']. G1, 02/04/10.</ref><ref name="rivas">{{Citar livro |url=https://books.google.com.br/books/about/Doutrina_esp%25C3%25ADrita_para_principiantes.html?id=TV3HkYagM6MC&printsec=frontcover&source=kp_read_button&redir_esc=y#v=onepage&q&f=false |título=Doutrina espírita para principiantes |ultimo=Rivas |primeiro=Luis Hu |data=2009 |editora=EDICEI of America / Conselho Espírita Internacional |isbn=978-85-98161-99-0 |edicao=2 |local=Brasília |lingua=pt}}</ref> Seu nome de batismo, ''Francisco de Paula Cândido'', em homenagem ao santo do [[Francisco de Paula|dia de seu nascimento]], foi substituído pelo nome paterno de ''Francisco Cândido Xavier'' logo que publicou os primeiros livros, mudança oficializada em abril de 1966, quando chegou da sua segunda viagem aos [[Estados Unidos]].<ref name="vidas" />
 
Chico Xavier alegava ter [[psicografia|psicografado]] mais de 450 livros,<ref name=":1">Aubrée, Marion (2012). [http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/caminhos/article/view/2459/1521 "Entre História e Mito: a dinâmica da literatura espírita no Brasil"]. ''Caminhos'' '''10''' (2).</ref><ref>Vanessa Daraya. [http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/brasileira-prova-que-cartas-foram-psicografadas/ ''Brasileira estuda cartas psicografadas'']. Revista Exame (online). 28/07/2013.</ref><ref name="letters">Rocha AC, Paraná D, Freire ES, Lotufo Neto F, Moreira-Almeida A. [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25103071/ Investigating the fit and accuracy of alleged mediumistic writing: a case study of Chico Xavier's letters]. Explore (NY). 2014 Sep-Oct;10(5):300-8. doi: 10.1016/j.explore.2014.06.002. Epub 2014 Jun 17. PMID: 25103071.</ref> que até o ano de 2010 já haviam vendido mais de 50 milhões de exemplares,<ref name=":1" /><ref name=mend>Martha Mendonça. [http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI124246-15228,00-CHICO+XAVIER+E+A+ALMA+DO+BRASIL.html ''Chico Xavier e a alma do Brasil'']. Revista Época, 1 de março de 2010, p. 86.</ref><ref name=monde>Langellier JP. [http://www.lemonde.fr/idees/article/2010/05/12/un-homme-insignifiant_1350399_3232.html ''Un homme insignifiant'']. Le Monde, 12/05/2010.</ref><ref name="letters"/> sendo o escritor brasileiro de maior sucesso comercial da história.<ref name=star>[http://www.istoe.com.br/reportagens/53552_CHICO+XAVIER+SUPERSTAR+PARTE+I ''Chico Xavier Superstar'']. Revista Isto É. N° Edição: 2103 | 26.Fev.10. Página visitada em 05/03/2015</ref><ref>[http://tvmundomaior.com.br/videos/reunioes-de-psicografia-com-chico-xavier/ Chico Xavier] TV Mundo Maior.</ref> Os direitos autorais das obras foram cedidos para instituições de caridade.<ref name="vidas" /><ref name=almeida/><ref name=abib/><ref name=mend/><ref name=monde/><ref name=star/><ref name="letters"/> Também psicografou cerca de dez mil cartas, nunca tendo cobrado algo ao destinatário.<ref name=almeida/><ref name=monde/><ref name="letters"/> Seus empregos foram vendedor, tecelão e [[Datilografia|datilógrafo]], tendo vivido de forma modesta.<ref name=monde/><ref name="Bio" /><ref name="letters"/>