Diferenças entre edições de "Presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano"

m
sem resumo de edição
m
 
Durante uma ''sede vacante'', o mandato do presidente termina, o mesmo acontecendo com a maioria dos outros nos escritórios da Cúria. No entanto, o titular do cargo, antes da demissão ou morte do papa, torna-se membro de uma Comissão, com o ex-Cardeal [[Secretário de Estado da Cidade do Vaticano|Secretário de Estado]] e o [[Camerlengo]] da Santa Igreja Romana, que lida com algumas das funções do Chefe de Estado, até que um novo papa seja escolhido.<ref>{{citar web| url=http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/apost_constitutions/documents/hf_jp-ii_apc_22021996_universi-dominici-gregis_en.html |título=Universi Dominici Gregis |autor =Papa João Paulo II |data=22 de Fevereiro de 1996 |acessodata=2007-10-12}}</ref>
 
O atual presidente é o [[arcebispo]] espanhol [[Fernando Vérgez Alzaga]], [[Legionários de Cristo|L.C.]], que assumirá a função em 1 de outubro de 2021.<ref>{{link|it|2=https://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2021/09/08/0545/01182.html#PRES|3=Nomina del Presidente della Pontificia Commissione per lo Stato della Città del Vaticano e Presidente del Governatorato dello Stato della Città del Vaticano|4=Sala de Imprensa da Santa Sé, Rinunce e nomine, 08.09.2021}}</ref>
Antes da morte do Papa [[João Paulo II]], o presidente era o cardeal [[Edmund Szoka]], o [[Arcebispo Emérito de Detroit]]. O Papa Bento XVI reconduziu-o à posição em [[21 de Abril]] de [[2005]]. Em [[22 de Junho]] de [[2006]], foi anunciado que o cardeal Szoka tinham abandonado a sua posição e seria substituído pelo Cardeal [[Giovanni Lajolo]], efectivo desde [[15 de Setembro]] de [[2006]].
 
==Lista de Presidentes==