Diferenças entre edições de "Línguas africanas"

Existem 54 países no continente africano.
m (bot: Substituição de <blockquote> por {{Quote}} (detalhes))
(Existem 54 países no continente africano.)
 
==Línguas africanas==
 
O continente africano impressiona por sua imensidão; extensão geográfica, alta densidade demográfica, com uma população que ultrapassa a marca de um bilhão de pessoas, distribuídas em cinquenta e cincoquatro países, e uma enormidade de desigualdades sociais, étnicas; econômicas e políticas, além de magníficas riquezas naturais e um tesouro ainda maior quando se trata de cultura.
 
Em termos linguísticos, a África é um continente muito rico, em todo seu território são falados mais de dois mil idiomas, que corresponde a 30% dos idiomas de todo o planeta, (Afreaka) é possível mesmo em áreas onde haja a prevalência de um idioma, pois ali também é possível a ocorrência de regiões onde se fale outro idioma ou dialeto. Até mesmo grupos vizinhos podem falar línguas distintas. (Geledés), tornando “o multilinguismo uma característica medular do continente” (Afreaka). Porém, vale ressaltar que o número de línguas pode variar até quase duas mil e quinhentas linguas, dependendo das diferentes regiões e de diferentes estimativas, além dos quase oito mil dialetos. Em estudos divulgados pela UNESCO constatou-se a inexistência de estados ''monolínguistas'' na África, havendo países com duas ou três línguas e outros com mais de quatrocentas, como é o caso da Nigéria, o que aponta para uma realidade muito complexa do ponto de vista do ''plurilínguismo'', onde quase metade dos países da África subsaariana possui uma língua que é tida como materna por mais de cinquenta por cento da população e considerada segunda língua por outra parte dessa mesma população. (UNESCO)
33

edições