Diferenças entre edições de "Juan Rodríguez de Fonseca"

m
Desfeita(s) uma ou mais edições de Lojwe
Etiqueta: Revertida
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Lojwe)
Etiquetas: Reversão manual Reversão e Avisos
 
{{Info/Biografia/Wikidata}}
 
'''Juan Rodríguez de Fonseca''' ([[Toro (Espanha)|Toro]], [[província de SamoraZamora|SamoraZamora]], [[1451]]—[[Burgos]], [[1524]]), eclesiástico e político [[Espanha|espanhol]], colaborador dos [[Reis Católicos]] e primeiro organizador da política colonial [[Castela|castelhana]] nas [[Índias]].
 
== A sua vida ==
Nascido em Toro (SamoraZamora), pertencia a uma das famílias mais ilustres da [[Coroa de Castela]], embora a sua linhagem procedesse de [[Portugal]]. Sobre a sua formação humanista e científica, que mais tarde demonstrou ao exercer os seus cargos, pouco é sabido, mas parece que estudou em [[Universidade de Salamanca|Salamanca]] e teve contatos com o gramático [[Elio Antonio de Nebrija]]. Declarou-se, com a sua família, partidário da princesa Isabel (a futura rainha [[Isabel I de Castela|Isabel I]]) frente aos seguidores de [[Joana de Trastâmara]]. Após [[1480]], Rodríguez de Fonseca foi encomendado pela rainha Isabel I a um dos homens mais influentes e preparados da corte: o seu confessor Frei [[Hernando de Talavera]], do que recebeu formação eclesiástica e política.
 
A partir de [[1492]], a sua carreira eclesiástica foi bem sucedida: capelão real; arcediago; cônego e deão da catedral de [[Sevilha]]; bispo de [[Badajoz]] ([[1494]]); de [[Córdova (Espanha)|Córdova]] ([[1499]]) e de [[Palência]] ([[1505]]); arcebispo de [[Rossano]] ([[1511]]), no [[Reino de Nápoles]]; e bispo de [[Burgos]] ([[1514]]). Estes cargos refletem os seus grandes dotes pessoais e a confiança que depositaram nele os monarcas. Temporalmente, exerceu a diplomacia efetuando missões delicadas, como tratar os casamentos dos filhos dos Reis Católicos, Dom João e Dona Joana (que seria rainha como [[Joana I]]), com os herdeiros da Casa de Áustria ou Habsburgo, Margarita e Felipe (o futuro monarca [[Filipe I de Castela]]), bem como acompanhar a infanta [[Catarina de Aragão]] na sua viagem à [[Inglaterra]] (em [[1501]], com o objeto de celebrar o casamento desta com Artur, o herdeiro inglês, falecido ao ano seguinte).
101 271

edições