Diferenças entre edições de "Usuário:Zac Salvatore/Testes/7"

== Antecedentes ==
{{Quote box|width=32%|align=left|quoted=true|Eu sempre quero tirar vantagem de quando me sinto inspirada, porque não me sinto assim o tempo todo. O ponto de partida [para a elaboração de ''Honeymoon''] foi o término do álbum anterior. Não me sentia cansada, ainda sentia-me inspirada. Não pensei que seria um álbum inteiramente novo, mas no início de 2015 eu havia escrito três quartos de um disco, e [percebi que] poder-se-ia transformar em um verdadeiro álbum.|source=— Lana Del Rey a explicar a rápida evolução de seu trabalho em entrevista concedida a Zane Lowe, do programa de rádio [[Apple Music|Beats 1]].<ref>{{Citar web|URL=http://www.ew.com/article/2015/08/21/lana-del-rey-terrence-loves-you|autor=Eric Renner Brown|data=21 de agosto de 2015|título=Lana Del Rey Shares 'Terrence Loves You'|língua=en|publicado=''Entertainment Weekly''|acessodata=22 de agosto de 2015}}</ref>}}
Dias após o lançamento de seu terceiro disco de originaisinéditas, ''[[Ultraviolence]]'' (2014), Del Rey tornou público o seu interesse em lançar um novo material.<ref>{{Citar web|URL=https://soundcloud.com/lananow/music-to-watch-boys-to|data=Julho de 2014|título=Lana Del Rey Interview|língua=en|publicado=SoundCloud|acessodata=18 de setembro de 2015}}</ref><ref>{{Citar web|URL=http://www.gigwise.com/videos/101644/lana-del-rey-reveals-new-song-from-forthcoming-album-honeymoon|autor=Alexandra Pollard|data=14 de Julho de 2015|título=Lana Del Rey Reveals New Song 'Honeymoon'|língua=en|publicado=Gigwise|acessodata=18 de setembro de 2015}}</ref> Inicialmente, a cantora apenas pretendia relançar ''Ultraviolence'', mas, em dezembro de 2014, a intérprete revelou em entrevista à revista ''Galore Magazine'' que estava a trabalhartrabalhando em um projeto subsequente com os seus colaboradores de longa data, Dan Heath e Rick Nowels.<ref name="REF1">{{Citar web|URL=http://www.idolator.com/7572891/lana-del-rey-says-she-is-working-on-a-new-album |autor=Bradley Stern|data=4 de dezembro de 2014|título=Lana Del Rey Says She Is Working On A New Album|língua=en|publicado=''Idolator''|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref> A intérprete mencionou que teve uma ideia completamente distinta para um novo disco logo após liberar ''Ultraviolence'' e decidiu explorar o novo conceito.<ref>{{Citar web|URL=http://archive.is/jSsoZ|autor=Leonardo Torres|data=14 de agosto de 2015|título=Lana Del Rey posta data misteriosa, que pode ser lançamento do álbum “Honeymoon”|publicado=''POPLine''|acessodata=22 de agosto de 2015}}</ref> Um mês depois, a cantora revelou o título do projeto em entrevista com a ''[[Billboard]]''; a artista também mencionou que havia concluído cerca de nove canções para o disco e afirmou ter desenvolvido a ideia do novo trabalho logo após o lançamento de ''Ultraviolence''. Del Rey também revelou que incluiria um ''[[Versão cover|cover]]'' de "Don't Let Me Be Misunderstood" (1964), de [[Nina Simone]], e que ''Honeymoon'': "É muito diferente do último e mais parecido com os dois primeiros, ''[[Born to Die]]'' e ''[[Paradise (EP)|Paradise]]'' (...) Está crescendo em algo de que eu realmente gosto. Eu estou meio que gostando de afundar nesse sentimento mais ''[[Film noir|noir]]'' para esse novo. Tem sido ótimo".<ref name="REF2">{{Citar web|URL=http://www.billboard.com/articles/news/6429534/lana-del-rey-big-eyes-honeymoon-album-interview|autor=Phil Gallo|data=6 de Janeiro de 2015|título=Lana Del Rey Q&A: On 'Big Eyes' & Her Upcoming 'Honeymoon' Album|língua=en|publicado=''Billboard''. Nielsen Business Media, Inc|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref><ref>{{Citar web|URL=http://www.portalitpop.com/2015/01/e-parecido-com-o-born-to-die-diz-lana.html|autor=Gustavo Hackaq|data=Janeiro de 2015|título='É parecido com o Born To Die', diz Lana Del Rey sobre 'Honeymoon', seu novo álbum, confira a entrevista!|publicado=''It Pop''|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref>
 
No mesmo mês, a artista revelou em entrevista com o ''[[Los Angeles Times]]'' o título de uma das canções do projeto, "[[Music to Watch Boys to]]", e mais tarde o ''disc jockey'' (DJ) britânico [[Mark Ronson]] — responsável pela produção do êxito de [[Amy Winehouse]], ''[[Back to Black]]'' (2006), e pelos trabalhos de [[Adele]], [[Christina Aguilera]] e [[Paul McCartney]] — divulgou ter-se reunido com Lana Del Rey.<ref>{{Citar web|URL=http://archive.is/rVqvu|autor=Leonardo Torres|data=5 de Janeiro de 2015|título=Lana Del Rey confirma título de música nova em entrevista|publicado=''POPLine''|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref><ref>{{Citar web|URL=http://www.billboard.com/articles/columns/pop-shop/6524331/mark-ronson-hits-the-studio-with-lana-del-rey|autor=Jason Lipshutz|data=7 de abril de 2015|título=Mark Ronson Hits The Studio with Lana Del Rey|língua=en|publicado=''Billboard''. Nielsen Business Media, Inc|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref> "Farei algumas gravações com Lana Del Rey, achei um estúdio bacana em Los Angeles. Ela tem algumas músicas e eu disse que tenho ideias de ''[[Versão de demonstração|demos]]''", disse ele.<ref>{{Citar web|URL=http://rollingstone.uol.com.br/noticia/mark-ronson-revela-colaboracao-por-novo-disco-de-lana-del-rey/#imagem0|autor=Wenner Media LLC|data=8 de abril de 2015|título=Mark Ronson revela colaboração em novo disco de Lana Del Rey|publicado=''Rolling Stone'' Brasil|acessodata=12 de Junho de 2015}}</ref> Entretanto, Ronson afirmou posteriormente que as sessões em estúdio com a artista não foram produtivas.<ref>{{Citar web|URL=http://musicfeeds.com.au/news/mark-ronson-craps-on-the-hearts-of-lana-del-rey-fans/|autor=Sam Murphy|data=27 de agosto de 2015|título=Mark Ronson Craps On The Hearts Of Lana Del Rey Fans|língua=en |publicado=''Music Feeds''|acessodata=31 de agosto de 2015}}</ref> A produção do disco foi, então, assumida por Kieron Menzies, Rick Nowels e a própria intérprete. As sessões de gravação ocorreram em estúdios nos [[Estados Unidos]]. Todas as canções foram fonografadas no The Green Building, na [[Califórnia]], a exceção de "Salvatore" e "Swan Song", cuja gravação foi realizada no [[Electric Lady Studios]], em [[Nova Iorque]]. Todo o processo de [[masterização de áudio]] foi efetuado no Gateway Mastering Studios, em [[Portland (Maine)|Portland]], [[Maine]].<ref name="Credits"/>