Diferenças entre edições de "Roberto Farias"

74 bytes adicionados ,  15h26min de 4 de outubro de 2021
(→‎Biografia: filhos)
 
 
==Biografia==
Irmão do ator [[Reginaldo Faria]], teve um "s" adicionado ao seu sobrenome por erro do cartório. A mãe dele levava-o ainda bebê quando ia ao cinema. Entre uma mamadeira e outra, foi seu primeiro contato com o que se passava na tela. Aos 8 anos montava um "cineminha" na sua casa usando caixas de sapatos. Do cinema para a fotografia foi um pulo fácil e ele veio de Friburgo para cursar [[Belas Artes]] no [[Rio de Janeiro]] ou fazer Arquitetura, mas seu destino e preferência sempre foi o cinema. Em toda a sua carreira, Roberto foi assistente, montador, roteirista, produtor e distribuidor, mas nunca foi ator. Seus filhos [[Maurício Farias]] e [[Lui Farias]] também são cineastas.
 
O começo foi na [[Companhia Atlântida]] para onde foi levado por [[Watson Macedo]] para ser assistente de direção. A estreia foi no drama ''Maior que o Ódio'', dirigido por [[José Carlos Burle]]. Fez quase dez filmes como assistente de direção ou de produção até estrear como [[diretor de cinema|diretor]] em 1957 com ''Rico Ri à Toa'', uma [[chanchada]] estrelada por [[Zé Trindade]] em que além de dirigir, também foi o autor do [[roteiro]] e dos diálogos.
9 498

edições