Diferenças entre edições de "Luiz Felipe Scolari"

Adição de referências.
(Manutenção das referências e adição de mais dados.)
(Adição de referências.)
Scolari começou sua carreira futebolística aos dezessete anos, jogando nos juvenis do [[Clube Esportivo Aimoré|Aimoré]], da cidade gaúcha de [[São Leopoldo]]. Seu interesse pelo futebol ocorreu por influência de seu pai, Benjamin Scolari, que, na sua época, também havia atuado como zagueiro no sul do Brasil. Apesar de não ser reconhecido como um jogador habilidoso, destacou-se pelo seu estilo aguerrido e de liderança, muitas vezes sendo [[Capitão (futebol)|capitão]] nas equipes por onde passou. Depois do Aimoré, transferiu-se para o [[Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul|Caxias]], uma equipe de maior prestígio dentro do cenário gaúcho, onde jogou por sete anos.
 
Depois disso, jogou ainda por [[Esporte Clube Juventude|Juventude]], [[Esporte Clube Novo Hamburgo|Novo Hamburgo]] e [[Centro Sportivo Alagoano|CSA]] — neste último, conquistou seu primeiro título como Treinadortreinador: o [[Campeonato Alagoano de Futebol de 1982|Campeonato Alagoano de 1982]].<ref>{{citar web |url=https://ge.globo.com/al/noticia/ex-jogador-e-tecnico-do-csa-felipao-volta-a-maceio-para-enfrentar-o-crb-pelo-brasileiro.ghtml |titulo=Ex-jogador e técnico do CSA, Felipão volta a Maceió para enfrentar o CRB pelo Brasileiro |data=07/12/2020 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref>
 
== Professor ==
Em 1997, após dirigir o [[Júbilo Iwata]], do [[Japão]], transferiu-se para o [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], onde foi vice-campeão do [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 1997|Campeonato Brasileiro do mesmo ano]], perdendo o título para o [[Club de Regatas Vasco da Gama|Vasco]], do artilheiro [[Edmundo (futebolista)|Edmundo]]. Empatou as duas partidas finais, mas pelo fato do clube carioca ter melhor aproveitamento na primeira fase, acabou ficando com o título.
 
Em 1998, após receber algumas críticas, deu a volta por cima com o time alviverde, sagrando-se campeão da [[Copa do Brasil de Futebol de 1998|Copa do Brasil]], quando venceu a final da competição contra o [[Cruzeiro Esporte Clube|Cruzeiro]]. E também conquistou um título continental: a [[Copa Mercosul de 1998|Copa Mercosul]], também em cima da ''Raposa''. Ainda em 1998, Felipão elogiou o ex-general e ditador chileno [[Augusto Pinochet]], dizendo que "Ajeitou muitas coisas lá no Chile. O pessoal estava meio desajeitado. Ele pode ter feito uma ou outra retaliaçãozinha aqui e ali, mas fez muito mais do que não fez."<ref name=":0">{{citar web |url=http://www1.uol.com.br/esporte/ultimas/fut291098089.htm |titulo=Scolari elogia ex-ditador chileno preso na Inglaterra |data=29/10/1998 |acessodata=08/10/2021 |publicado=UOL}}</ref><ref>{{citar web |url=https://blogdomariomagalhaes.blogosfera.uol.com.br/2013/09/11/pinochet-fez-muita-coisa-boa-disse-felipao/ |titulo=‘Pinochet fez muita coisa boa’, disse Felipão |data=11/09/2013 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Blog do Mário Magalhães}}</ref>
 
Meses depois, em 1999, alcançou seu ápice no clube, conquistando a [[Copa Libertadores da América de 1999|Libertadores da América]], um título inédito, e novamente marcando seu nome na história de um clube brasileiro. No Mundial de Clubes, acabou novamente sendo vice-campeão, desta vez perdendo para o [[Manchester United Football Club|Manchester United]] por um placar mínimo, com direito a um gol mal anulado do meia [[Alexsandro de Souza|Alex]] enquanto o placar ainda estava zerado.<ref>{{citar web |url=https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8146057/em-1999-milagre-do-manchester-united-impediu-palmeiras-x-bayern-no-mundial |titulo=Em 1999, 'milagre' do Manchester United impediu Palmeiras x Bayern no Mundial |data=06/02/2021 |acessodata=08/10/2021 |publicado=ESPN.com.br}}</ref>
 
Em 2000, o seu último ano de sua primeira passagem no clube, chegou mais uma vez a final da [[Copa Libertadores da América de 2000|Copa Libertadores da América]], onde fez uma semifinal épica contra o maior rival do Palmeiras — o [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]]. E, novamente, viu seu time eliminar o maior rival nos pênaltis, mas acabou perdendo o título para o [[Club Atlético Boca Juniors|Boca Juniors]], também na decisão por penalidades.<ref>{{citar web |url=http://globoesporte.globo.com/platb/futebolargentino/2010/11/28/ha-10-anos-o-boca-juniors-reconquistava-o-mundo-libertadores/ |titulo=Há 10 anos, o Boca Juniors reconquistava a América – Taça Libertadores |data=28/11/2010 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Blog Futebol Argentino}}</ref> E, antes de deixar o clube, ainda esteve em frente a conquista do [[Torneio Rio-São Paulo de 2000|Torneio Rio-São Paulo]], dando ao time a vaga na [[Copa dos Campeões de 2000|Copa dos Campeões]], competição que daria vaga ao time na próxima edição da Libertadores. No mesmo ano, foi acusado pelo então dirigente do Grêmio, Antônio Vicente Martins, de ser admirador de Pinochet, a quem havia elogiado no início de sua passagem pelo Palmeiras.<ref>{{citar web |url=https://web.archive.org/web/20020111013041/https://www.terra.com.br/esportes/2000/12/08/017.htm |titulo=Cartola do Grêmio detona Felipão |data=08/12/2000 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Terra}}</ref><ref>{{citar web |url=https://web.archive.org/web/20170909221646/https://www.terra.com.br/esportes/2000/12/08/114.htm |titulo=Dirigente do Grêmio troca farpas com Felipão |data=08/12/2000 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Terra}}</ref>
 
=== Cruzeiro e Seleção Brasileira ===
Foi quando esteve no Cruzeiro, após uma campanha exemplar, culminando no título interestadual da [[Copa Sul-Minas de 2001]] — no time badalado à época pelo [[Capitão (futebol)|capitão]] argentino e ídolo celeste [[Juan Pablo Sorín]] — que foi convocado para dirigir pela primeira vez a [[Seleção Brasileira de Futebol|Seleção Brasileira]], em 2001. O apresentador [[Milton Neves]] diz que foi o responsável pelo técnico ter sido convidado para dirigir a Seleção. Ele conta que recebeu ligação de [[Ricardo Teixeira]], que quis saber a opinião do jornalista sobre quem deveria ser contratado para o lugar de [[Emerson Leão]]: “O Ricardo Teixeira queria ouvir algumas pessoas para decidir entre Felipão e [[Vanderlei Luxemburgo|Luxemburgo]], meu desafeto. Eu respondi logo, 'é Felipão'. O Teixeira disse que meu voto foi de desempate e ligaria em seguida para convidar o Felipão”.<ref>{{citar web |url=https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2019/12/ha-20-anos-super-tecnico-deu-visibilidade-uisque-e-cache-a-treinadores.shtml |titulo=Há 20 anos, Super Técnico deu visibilidade, uísque e cachê a treinadores |data=29/12/2019 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Folha de S.Paulo |autor=Alex Sabino e Carlos Petrocilo}}</ref>
 
Quando assumiu, a seleção estava ameaçada de não se classificar para o Mundial do ano seguinte. Conseguiu a classificação, mas a participação não convincente nas Eliminatórias e a derrota para Honduras na Copa América de 2001 fizeram com que a seleção ficasse desacreditada pela torcida e a imprensa. Além disto, nos meses que antecederam a Copa de 2002, Felipão foi muito criticado por não convocar o atacante [[Romário]], como pediam os torcedores. Mas, em seguida, conquistou o maior título de sua carreira: a Copa do Mundo de 2002. Realizando uma campanha perfeita, com sete vitórias, venceu a [[Seleção Alemã de Futebol|Alemanha]] por 2 a 0 na decisão, em [[Yokohama]]. Felipão foi reconhecido como um dos responsáveis pela vitória, por ter conseguido reconstruir a equipe, definir o estilo de jogo, unir os jogadores e por ter apostado em [[Ronaldo Nazário|Ronaldo]] e [[Rivaldo]], que decidiram o Mundial para o Brasil.
 
=== Seleção Portuguesa ===
Após a conquista, a torcida pediu a permanência de Scolari, mas o treinador manifestou seu desejo de dirigir uma equipe europeia e, assim, deixou a Seleção Brasileira. Comandou a equipe pela última vez em um amistoso contra o [[Seleção Paraguaia de Futebol|Paraguai]], em agosto de 2002. Logo depois, recebeu convite da [[Federação Portuguesa de Futebol]] para dirigir a [[Seleção Portuguesa de Futebol|Seleção localPortuguesa]], o que veio a ocorrer em 2003. Desde então, levou a equipe à final da [[Campeonato Europeu de Futebol de 2004|Eurocopa de 2004]], sendo derrotada pela [[Seleção Grega de Futebol|Grécia]] no [[Estádio da Luz]], em [[Lisboa]]. Pelos resultados obtidos na competição, foi agraciado pelo então [[Presidente da República Portuguesa]], [[Jorge Sampaio]], no dia 5 de julho desse ano, com o grau de Comendador da [[Ordem do Infante D. Henrique]].<ref name="OHn">{{citar web |url=http://www.ordens.presidencia.pt/?idc=153 |título=Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas|autor=|data=|publicado=Presidência da República Portuguesa|acessodata=2014-07-07 |notas=Resultado da busca de "Luiz Felipe Scolari".}}</ref> Dois anos mais tarde, atingiu as semifinais da [[Copa do Mundo FIFA de 2006]], na [[Alemanha]]. Após eliminar a [[Seleção Neerlandesa de Futebol|Holanda]] e a [[Seleção Inglesa de Futebol|Inglaterra]] nas oitavas e quartas de final, respectivamente, caiu diante da [[Seleção Francesa de Futebol|França]]. Na decisão do terceiro lugar, foi derrotado pela Alemanha. Apesar da quarta colocação, o resultado foi muito festejado, pois a Seleção Portuguesa não chegava às semifinais de uma Copa do Mundo desde o [[Copa do Mundo FIFA de 1966|Mundial de 1966]]. Após a Copa de 2006, a torcida do Brasil pediu o retorno de Felipão à Seleção Brasileira, mas o treinador preferiu continuar em Portugal.<ref>{{citar web |url=http://esportes.terra.com.br/futebol/copa2006/selecoes/interna/0,,OI1069534-EI5583,00-Felipao+recusa+convite+para+voltar+a+Selecao+diz+jornal.html |titulo=Felipão recusa convite para voltar à Seleção, diz jornal |data= |acessodata=2015-07-09 |publicado=Terra}}</ref>
 
É considerado um dos responsáveis pela ascensão da carreira de [[Cristiano Ronaldo]], pelo qual mantém grande amizade, tanto que, quando o pai do jogador faleceumorreu, em 2005, poucas horas antes de um jogo entre Portugal e [[Seleção Russa de Futebol|Rússia]], foi Scolari quem contou a ''CR7'' sobre o falecimento.<ref>{{citar web |url=https://www.flash.pt/flashtv/detalhe/luiz-felipe-scolari-recorda-fala-sobre-o-momento-em-que-deu-a-noticia-a-cristiano-ronaldo-sobre-a-morte-do-seu-pai |titulo=Luiz Felipe Scolari recorda fala sobre o momento em que deu a notícia a Cristiano Ronaldo sobre a morte do seu pai |data=27/08/2021 |publicado=FLASH!}}</ref>
 
Em partidas amistosas, Felipão dirigiu a Seleção Portuguesa contra o Brasil em duas oportunidades. Na primeira, em 2003, Portugal venceu por 2–1, na cidade do [[Porto]]. Em 2007, nova vitória portuguesa, desta vez por 2–0, em jogo disputado em [[Londres]].
 
Após a eliminação frente à Alemanha na [[Campeonato Europeu de Futebol de 2008|EurocopaEuro 2008]], nas quartas de final, Scolari deixou a Seleção Portuguesa para assumir o comando do [[Chelsea Football Club|Chelsea]], seu primeiro clube de ponta no futebol europeu.
 
=== Chelsea ===
[[Ficheiro:LuizFelipeScolari.jpg|miniaturadaimagem|Felipão emdurante uma coletiva do [[Chelsea Football Club|Chelsea]]|267x267px|esquerda]]
Felipão foi apresentado à imprensa londrina no dia 1 de julho de 2008, e fez sua estreia oficial pelos ''Blues'' no dia 17 de agosto, decontra 2008, peloo [[PremierPortsmouth LeagueFootball de 2008–09Club|Campeonato InglêsPortsmouth]], contra opela [[PortsmouthPremier FootballLeague Clubde 2008–09|PortsmouthPremier League]], vencendo oa jogopartida por 4–0.<ref>{{citar web |url=http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/ingles/0,,MUL726763-9847,00-DECO+DEIXA+SUA+MARCA+E+CHELSEA+GOLEIA+O+PORTSMOUTH+NA+ESTREIA+OFICIAL+DE+FE.html |titulo=Deco deixa sua marca, e Chelsea goleia o Portsmouth na estreia oficial de Felipão |data=17/08/2008 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref> ''BigEm Phil''dezembro o brasileiro ajudou o Chelsea a atingir em dezembro a marca histórica de 11onze vitórias consecutivas fora de casa pelo campeonatoCampeonato inglêsInglês<ref>{{citar web |url=http://wwwgloboesporte.felleggerglobo.com.br/destaquesEsportes/Noticias/Futebol/ingles/0,,MUL913642-9847,00-DECO+VIBRA+COM+SUA+BICICLETA+FOI+O+GOL+MAIS+BONITO+DA+MINHA+CARREIRA.php?id=1185html |titulo=Deco marcavibra golaçocom emsua 11ªbicicleta: vitória‘Foi forao degol casamais dobonito Chelseada minha carreira' |acessodatadata=6 de dezembro de 06/12/2008}}{{Ligação inativa|1acessodata={{subst:DATA}}08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref> (oito delas sob comando dele), superando um antigo recorde do [[Tottenham Hotspur Football Club|Tottenham]] que perdurava desde 1960,. porémNo entanto, o desempenho do clube nos jogos em casa deixava a desejar, principalmente nos clássicos.
 
Depois de uma série de resultados considerados ruins pela diretoria do Chelsea, Felipão acabou sendo demitido pelo time londrino, no dia 9 de fevereiro de 2009, após um empate contra o [[Hull City Association Football Club|Hull City]], que deixou o time sete pontos atrás do líder, [[Manchester United Football Club|Manchester United]]. O auxiliar técnico, [[Ray Wilkins]], foi promovido interinamente ao lugar de Scolari no cargo de treinador. Segundo a imprensa, Luiz Felipe não recebeu reforços, o que fez sua passagem pelo Chelsea ser prejudicada, visto que as equipes que disputavam o título da Premier League contrataram novos jogadores.<ref name ="globo">{{citar web |url=https://oglobo.globo.com/esportes/felipao-demitido-do-chelsea-3575962 |titulo=Felipão é demitido do Chelsea |data=09/02/2009 |acessodata=08/10/2021 |publicado=O Globo |autor=Fernando Duarte}}</ref> Além disso, haveria problemas de relacionamento do técnico com seus comandados.<ref name="globo" /> Na sua passagem, Felipão teve um aproveitamento de 62%, com 19 vitórias, 10 empates e 7 derrotas, totalizando trinta e seis partidas disputadas.<ref name ="globo2">{{citar web |url=http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/ingles/0,,MUL993775-9847,00-FELIPAO+LAMENTA+DEMISSAO+PRECOCE+E+DIZ+QUE+CONTINUARA+MORANDO+EM+LONDRES.html |titulo=Felipão lamenta demissão precoce e diz que continuará morando em Londres |data=09/02/2009 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref> Em uma nota oficial, o treinador desejou sorte ao seu ex-time, "lamentou que a convivência com todos não tivesse sido duradoura", mas ressaltou que "seguirá morando em Londres".<ref name="globo2" />
 
Após a demissão de Felipão, o seu assessor de imprensa, Acaz Felleger, disse que crer que a decisão da demissão foi dedo presidente [[Roman Abramovich]], uma vez que Felipão sempre teve o apoio de Peter Kenyon, chefe executivo do Chelsea. Ele ainda lembrou que a falta de contratações foi um fator preponderante para o trabalho aquém às expectativas de Felipão no clube.<ref>{{citar web |url=http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Selecao_Brasileira/0,,MUL993699-15071,00-PARA+ASSESSOR+DE+FELIPAO+DEMISSAO+FOI+DECISAO+DE+ABRAMOVICH.html |titulo=Para assessor de Felipão, demissão foi decisão de Abramovich |data=09/02/2009 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com |autor=Bernardo Pires Domingues}}</ref>
 
Como indenização por quebra de contrato, Scolari teria recebido 15 milhões de libras.<ref>{{citar web |url=https://maisfutebol.iol.pt/scolari-deixa-o-chelsea-com-indemnizacao-milionaria |titulo=Scolari deixa o Chelsea com indenização milionária |data=09/02/2009 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Maisfutebol}}</ref> O seu salário era de cerca de 600 mil libras mensais e valia até julho de 2010.<ref name="zero hora">{{citar web|url=http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2399429.xml&template=3898.dwt&edition=11681&section=1010|titulo=Desempregado|acessodata=10 de fevereiro de 2009|autor=|publicado=Zero Hora.com |coautores= |data=10 de fevereiro de 2009}}</ref>
 
=== Retorno ao Grêmio ===
No dia 29 de julho de 2014, depois de 18 anos separados, um dos técnicos mais vitoriosos da história do clube foi anunciado como novo treinador do clube no lugar de [[Enderson Moreira]].<ref>{{Citar web|url=http://globoesporte.globo.com/futebol/times/gremio/noticia/2014/07/gremio-anuncia-contratacao-de-felipao-que-volta-18-anos-depois.html|título=Grêmio anuncia a contratação de Felipão, que volta 18 anos depois|publicado=Globo Esporte|data=29 de julho de 2014|acessodata=29 de julho de 2014}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/gr%C3%AAmio-anuncia-volta-luiz-felipe-174629308--sow.html|título=Depois de 18 anos, Luiz Felipe Scolari volta a comandar o Grêmio|publicado=Esporte Interativo|data=29 de julho de 2014|acessodata=29 de julho de 2014|arquivourl=https://web.archive.org/web/20140730083958/https://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/gr%C3%AAmio-anuncia-volta-luiz-felipe-174629308--sow.html|arquivodata=2014-07-30|urlmorta=yes}}</ref><ref>{{citar web |url=https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/gremio/noticia/2014/07/Felipao-e-o-novo-tecnico-do-Gremio-4562734.html |titulo=Felipão é o novo técnico do Grêmio |data=29/07/2014 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GZH}}</ref> Foi recebido em grande festa pela torcida tricolor, tendo como um dos resultados mais destacados até aqui a vitória de goleada (4 a 14–1) sobre o rival Internacional no [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2014 - Série A|Campeonato Brasileiro]], a maior vitória em clássicos do tricolor gaúcho desde 1990.<ref>{{citar web |url=http://ge.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/2014/11/jogadores-cantam-hino-e-felipao-chora-no-vestiario-apos-gre-nal-video.html |titulo=Jogadores cantam hino e Felipão chora no vestiário após Gre-Nal; vídeo |data=13/11/2014 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref> Felipão considerou a vitória, no dia de seu aniversário, como a coroação de sua carreira.<ref>{{citar web |url=http://www.ogol.com.br/noticia.php?id=145942 |titulo=Felipão exalta vitória no Grenal como 'coroação da carreira' |data=10/11/2014 |acessodata=08/10/2021 |publicado=oGol}}</ref>
 
No dia 14 de fevereiro de 2015, durante a derrota do Grêmio para o Veranópolis pelo [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2015 - Série A|Campeonato Gaúcho]], Felipão deixou o banco de reservas e foi para o vestiário antes mesmo do fim da partida, e o episódio teve repercussão na imprensa. Disse que se sentiu envergonhado, porque a equipe não vinha apresentando em campo o que fazia nos treinos.<ref>{{citar web |url=http://ge.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/2015/02/felipao-cita-vergonha-e-explica-ida-ao-vestiario-antes-do-jogo-me-expulsei.html |titulo=Felipão cita vergonha e explica saída antes do fim do jogo: "Me expulsei" |data=14/02/2015 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref>
No dia 12 de março de 2019, em uma partida contra o [[Foot Ball Club Melgar|Melgar]], do [[Peru]], Scolari tornou-se o treinador brasileiro com mais jogos pela [[Copa Libertadores da América]].<ref>{{citar web |url=https://www.lance.com.br/palmeiras/felipao-tornara-tecnico-brasileiro-com-mais-jogos-pela-libertadores.html |titulo= Felipão se tornará o técnico brasileiro com mais jogos pela Libertadores |data=12/03/2019 |acessodata=08/10/2021 |publicado=LANCE!}}</ref>
 
No dia 2 de setembro de 2019, após uma derrota por 3 a 03–0 para o [[Clube de Regatas do Flamengo|Flamengo]], em partida válido pelo [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 - Série A|Campeonato Brasileiro]], foi demitido.<ref>{{citar web |url=https://ge.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/felipao-e-demitido-do-palmeiras.ghtml |titulo=Felipão é demitido do Palmeiras |data=02/09/2019 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com |autor=Andre Hernan, Felipe Zito e Tossiro Neto}}</ref> Após receber uma proposta do [[Club Social y Deportivo Colo-Colo|Colo-Colo]], em fevereiro de 2020, Scolari chegou a negociar com o time chileno, mas teve seu nome reprovado em massa pela torcida chilena, que não gostou de seu apoio ao ex-ditador Pinochet.<ref>{{citar web |url=https://www.terra.com.br/esportes/futebol/internacional/torcida-do-colo-colo-reprova-possivel-contratacao-de-felipao,8b1c823a19d28755ee46e085cde6d03afj491v5l.html |titulo=Torcida do Colo-Colo reprova possível contratação de Felipão |data=29/02/2020 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Terra}}</ref>
 
=== Retorno ao Cruzeiro ===
Porém, ao longo de seu trabalho no clube mineiro, Scolari teve vários desgastes com a diretoria, principalmente em relação aos atrasos nos salários dos atletas e a má gestão do planejamento estrutural do elenco. Em diversas oportunidades, o treinador deixava claro o seu descontentamento com a quantidade de jovens jogadores presentes no plantel profissional do time, que segundo ele, muitos ainda não estavam maduros o suficiente para encarar tamanho desafio. Mas como o clube atravessava a maior crise financeira da sua história, poucos investimentos foram feitos na contratação de atletas mais experientes, fazendo com que grande parte desses jovens fossem utilizados para suprir a carência em determinadas posições.<ref>{{citar web |url=https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2021/01/21/noticia_cruzeiro,3887781/serie-b-felipao-reafirma-que-cruzeiro-nao-pode-ter-muitos-jovens-em-grupo.shtml |titulo=Felipão reafirma que Cruzeiro não pode ter muitos jovens em grupo |data=21/01/2021 |acessodata=08/10/2021 |publicado=Superesportes}}</ref>
 
Felipão rescindiu seu contrato com a ''Raposa'' no dia 25 de janeiro de 2021 após um empate por 0 a 00–0 contra o [[Clube Náutico Capibaribe|Náutico]], quando a equipe já não tinha riscos de ser rebaixada à Série C.<ref>{{citar web |url=https://ge.globo.com/futebol/times/cruzeiro/noticia/cruzeiro-anuncia-rompimento-de-contrato-com-luiz-felipe-scolari.ghtml |titulo=Em comum acordo, Cruzeiro e Felipão rescindem contrato antes do fim da Série B |data=25/01/2021 |acessodata=08/10/2021 |publicado=GloboEsporte.com}}</ref>
 
=== Quarta passagem pelo Grêmio ===