Diferenças entre edições de "Lista de personagens de Saint Seiya"

Referência adicionada.
m (Erros de tradução)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Referência adicionada.)
{{Mais notas|data=dezembro de 2019}}
Este artigo é composto por uma lista dos personagens da obra '''''Saint Seiya''''' (''[[Os Cavaleiros do Zodíaco]]''), escrita e ilustrada por [[Masami Kurumada]]. O enredo de ''Saint Seiya'' começa em 1986 e segue um grupo de cinco guerreiros que lutam em nome da deusa [[AthenaAtena]] contra deuses malignos que pretendem dominar o mundo. O principal adversário do grupo na primeira fase da obra é o Cavaleiro de Ouro de Gêmeos, que assassinou o representante de Athena e tomou seu posto como líder dos Cavaleiros. Na segunda fase, os Cavaleiros enfrentam o deus dos mares, Poseidon, que, após sequestrar a encarnação mortal de Athena, ameaça submergir o mundo com chuvas incessantes e maremotos para purificá-lo da maldade dos humanos. O oponente seguinte, que surge na terceira fase da obra, é o deus do Mundo Inferior, Hades, inimigo de Athena desde a era mitológica.
Este artigo é composto por uma lista dos personagens da obra '''''[[Saint Seiya]]''''' (''Os Cavaleiros do Zodíaco''), escrita e ilustrada por [[Masami Kurumada]].
 
O enredo de ''Saint Seiya'' começa em 1986 e segue um grupo de cinco guerreiros que lutam em nome da deusa [[Athena]] contra deuses malignos que pretendem dominar o mundo. O principal adversário do grupo na primeira fase da obra é o Cavaleiro de Ouro de Gêmeos, que assassinou o representante de Athena e tomou seu posto como líder dos Cavaleiros. Na segunda fase, os Cavaleiros enfrentam o deus dos mares, Poseidon, que, após sequestrar a encarnação mortal de Athena, ameaça submergir o mundo com chuvas incessantes e maremotos para purificá-lo da maldade dos humanos. O oponente seguinte, que surge na terceira fase da obra, é o deus do Mundo Inferior, Hades, inimigo de Athena desde a era mitológica.
{{TOC-direita}}
== Criação e concepção ==
Ao desenhar Seiya, Kurumada se inspirou em Ryūji Takane, personagem principal de seu mangá ''[[Ring ni Kakero]]'', criado 9nove anos antes de Seiya.<ref name="Referências">{{citar livro|editor=|título=Kappa Magazine, número 80|ano=1999|publicado=|língua=Japanese|páginas=}}</ref>
 
== Protagonistas ==
 
=== Seiya de [[Pegasus|Pégaso]] ===
{{AP|Seiya de Pégaso}}
:{{nihongo||{{Ruby-ja|天馬星座|ペガサス}}の{{Ruby-ja|星矢|セイヤ}}|Pegasasu no Seiya}}
:Seiya é o Cavaleiro de Bronze da constelação de [[Pegasus]]. Quando criança, Seiya foi separado de sua irmã, Seika, para fazer o treinamento para Cavaleiro no Santuário de Athena, na [[Grécia]]. Graças aos métodos rígidos e disciplinares de sua mentora Marin de Águia, Seiya foi capaz de cultivar um enorme potencial e conquistar a Armadura de Pégaso. Motivado pelo desejo de reencontrar sua irmã, Seiya depois descobre seu destino como um verdadeiro Cavaleiro de Athena, renascendo sempre que a deusa reencarna, para ajudá-la na batalha contra o mal que consome a [[Terra]]. Guerreiro de imenso poder, Seiya alcança a vitória em batalhas aparentemente impossíveis e consegue derrotar até mesmo os deuses [[Posídon|Poseidon]] e [[Hades]].
:'''''Ataques:'''''
::Pegasus Ryūsei Ken - ''MeteorosMeteoro de Pégaso''
::Pegasus Suisei Ken - ''Cometa de Pégaso''
::Pegasus Rolling Crush - ''Turbilhão de Pégaso''
=== Saori Kido ===
:{{nihongo||城戸沙織|Kido Saori}}
:Jovem grega adotada pelo milionário Mitsumasa Kido e criada como sua neta. Saori é a reencarnação da deusa [[Athena (Saint Seiya)|AthenaAtena]] no [[século XX]], que sempre retorna à Terra quando a humanidade se encontra ameaçada pelo mal. Inicialmente ignorante de suas origens, Saori começa a planejar seu retorno ao Santuário após descobrir seu passado divino e conta com o apoio dos cinco Cavaleiros de Bronze que também protagonizam a obra.
{{Artigo principal|[[Athena (Saint Seiya)]]}}
:Jovem grega adotada pelo milionário Mitsumasa Kido e criada como sua neta. Saori é a reencarnação da deusa [[Athena (Saint Seiya)|Athena]] no [[século XX]], que sempre retorna à Terra quando a humanidade se encontra ameaçada pelo mal. Inicialmente ignorante de suas origens, Saori começa a planejar seu retorno ao Santuário após descobrir seu passado divino e conta com o apoio dos cinco Cavaleiros de Bronze que também protagonizam a obra.
 
=== Shiryu de [[Draco|Dragão]] ===
:{{nihongo||{{Ruby-ja|龍星座|ドラゴン}}の{{Ruby-ja|紫龍|シリュウ}}|Doragon no Shiryū}}
:Shiryu é o Cavaleiro de Bronze da constelação de [[Draco]]. Ele é, entre os cinco Cavaleiros de Bronze que acompanham [[Saori Kido]], o mais sábio, maduro e reservado. Por estar sempre envolvido em combates que superam os seus limites, é bastante comum ver Shiryu gravemente ferido, inconsciente, perdendo a visão ou tendo sérias hemorragias. Shiryu foi treinado nos [[Monte Lu|Cinco Picos Antigos de Rozan]], na [[China]], pelo Mestre Ancião (o Cavaleiro de Ouro, [[Dohko de Libra]]) para ganhar a Armadura de Dragão. Sua Armadura é conhecida por possuir surpreendentes propriedades ofensivas e defensivas, nas respectivas formas de punho e escudo. Quando Shiryu eleva o seu Cosmo ao máximo, uma imagem de um dragão aparece em suas costas, que começa a desaparecer conforme o Cavaleiro de Dragão está muito perto da morte.
:'''''Ataques:'''''
::Rozan Shōryū Ha - ''Cólera do Dragão''
==== Mu de [[Aries|Áries]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|牡羊座|アリエス}}のムウ|Ariesu no Mū}}
:Cavaleiro de Áries do século XX. DíscipuloDiscípulo e sucessor de Shion de Áries e mentor de Kiki. Jovem tranquilo cujo semblante sereno oculta enorme poder, o tibetano Mu também é um homem de muitos talentos, ao ponto de ser considerado o Cavaleiro de Ouro com maior perícia em [[psicocinesetelecinesia]], além de hábil na arte de restaurar Armaduras. Mu deixou o Santuário logo após o assassinato de Shion, pois não acreditava na legitimidade do Grande Mestre. Ele passa a viver na distante região de Jamir. Importante aliado dos Cavaleiros de Bronze, ele restaura as Armaduras dos jovens em diversos momentos da obra. Mu salvou a vida dos Cavaleiros de Bronze durante as batalhas contra os Cavaleiros Negros e ajudou Seiya no duelo contra Misty de Lagarto. Durante o conflito das 12 casas, ele se afilia a Dohko de Libra e aos Cavaleiros de Bronze, revelando aos jovens o segredo do sétimo sentido e se opondo à tirania do Grande Mestre. Durante a guerra contra Poseidon, ele impede que os outros Cavaleiros de Ouro partam para a batalha, pois o retorno de Hades estava próximo. Durante a guerra contra Hades, Mu demonstra grande poder e habilidade de combate e derrota diversos Espectros, mas acaba derrotado por Rhadamanthys de Wyvern, que o aprisiona. Posteriormente, ele é revitalizado pelo Cosmo de Athena e se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Homem que Conhece a Essência das Armaduras''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Carneiro Branco'''|白羊宮|Hakuyokyū}}.<ref name=":0">{{citar web |url=https://www.aficionados.com.br/cavaleiros-de-ouro-mais-poderosos/ |titulo=Lista dos Cavaleiros de Ouro mais poderosos de Os Cavaleiros do Zodíaco! |data=13/02/2020 |acessodata=13/10/2021 |publicado=Aficionados |autor=Mariana Lapeloso}}</ref>
:'''''Ataques:'''''
::Crystal Wall - ''Muralha de Cristal''
==== Aldebaran de [[Taurus|Touro]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|牡牛座|タウラス}}のアルデバラン|Taurasu no Arudebaran}}
:Um Cavaleiro de bom coração, com imensa força física e velocidade inigualável graças às suas técnicas similares ao princípio de combate [[iai]]. O brasileiro Aldebaran foi um Cavaleiro de Ouro verdadeiramente dedicado ao papel de proteger a paz e a justiça na Terra. Durante o conflito dos doze templos, inicialmente se opõe aos Cavaleiros de Bronze, pois foi enganado pelo Grande Mestre, que os declarou como traidores. Aldebaran enfrentou Seiya de Pégaso, cuja determinação em batalha fez suas suspeitas contra o Grande Mestre crescerem ainda mais. Seiya prometeu arrancar um dos chifres do elmo de Aldebaran para provar que sua causa era justa. Aldebaran aceita, mas não acredita que o rapaz conseguiria cumprir tal feito. Para sua surpresa, Seiya cumpre a promessa, e Aldebaran o permite prosseguir. No ápice da batalha entre Seiya e Saga de Gêmeos, Aldebaran percebe que suas suspeitas contra o Santuário estavam corretas e jura lealdade a Athena ao encontrá-la. Na saga de Poseidon, Aldebaran protege os Cavaleiros de Bronze moribundos contra um ataque de Sorrento de Sirene e acaba derrotado. Na saga de Hades, Aldebaran é morto por Niobe de Deep, mas consegue eliminar o Espectro antes de morrer. Após ser revitalizado pelo Cosmo de Athena, se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Furioso Touro Dourado''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Touro Dourado'''|金牛宮|Kingyūkyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Great Horn - ''Grande Chifre''
==== Saga de [[Gemini (constelação)|Gêmeos]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|双子座|ジェミニ}}のサガ|Jemini no Saga}}
:O principal Cavaleiro de Gêmeos e um dos Cavaleiros mais poderosos do século XX e irmão de Kanon, considerado como o antagonista principal do Arco do Santuário. No passado, o grego Saga era a personificação do Cavaleiro ideal, amado por todos e de alma pura. Apesar de sua devoção à Athena, Saga começou a demonstrar traços de dupla personalidade, graças a um plano de seu irmão Kanon para desviá-lo do caminho da justiça. Influenciado pelo lado maléfico de sua personalidade, Saga decide tomar conta do Santuário e assassinar Athena para dominar o mundo com mão de ferro. Para isso, ele assassina o Grande Mestre e assume sua identidade, mas não consegue matar Athena, salva ainda bebê pela intervenção de Aiolos de Sagitário. Saga continuou sob a alcunha de Grande Mestre até quando a rebelião dos Cavaleiros de Bronze expôs seus planos. Os jovens conseguem derrotar o cosmo maligno que dominava a sua mente, e após se ver livre de seu lado maléfico, Saga comete suicídio para pagar pelas atrocidades que cometeu. Meses depois, é ressuscitado junto com Camus de Aquário e Shura de Capricórnio por Hades e jura lealdade a ele, mas se mantém fiel a Athena. Fingindo querer a morte da deusa, Saga revela a ela a estratégia de vitória contra Hades e assiste desesperado o suicidiosuicídio de Athena. Pouco tempo depois, Saga volta ao mundo dos mortos, pois a vida que Hades lhe deu era apenas temporária. Na conclusão da batalha contra o submundo, Athena o traz de volta à vida mais uma vez e ele se junta aos outros Cavaleiros de Ouro, num sacrifício final para destruir o Muro das Lamentações. Tem o título de '''A Encarnação de um Deus''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo dos Gêmeos'''|双児宮|Soujikyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques'''''
::Galaxian Explosion - ''Explosão Galáctica''
==== Deathmask de [[Cancer|Câncer]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|蟹座|キャンサー}}のデスマスク|Kyansā no Desumasuku}}
:Também conhecido como ''Máscara da Morte'', Cavaleiro de Ouro Câncer no Sec. XX, o italiano Deathmask é um sádico e sanguinário assassino que acredita que, para um objetivo maior, alguns sacrifícios são inevitáveis. Seu codinome é justamente para caracterizar sua personalidade horrível e de um senso de humor extremamente ácido. Com o seu golpe Ondas do Inferno, é capaz de mandar seus adversários para a fronteira entre o Mundo dos Mortos e dos Vivos. É derrotado por Shiryu de Dragão na Batalha das Doze Casas. Quando o Dragão estava prestes a ser jogado no Sekishiki, a armadura de Câncer abandona o corpo de Deathmask, ao passo que Shiryu queimava seu cosmo ao máximo, sendo o próprio Deathmask jogado no Sekishiki. Na Guerra Santa, volta como espectro de Hades, arrependido de seus atos em vida e disposto a avisar Athena sobre os planos de Hades. Mas é derrotado junto de Aphrodite de Peixes (também como espectro) por Mu na Casa de Áries, quando este se entrega à fúria. Também se sacrifica para derrubar o Muro das Lamentações, morrendo como um verdadeiro Cavaleiro. Tem o título de '''O Homem que Aprecia as Lutas e Massacres''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Caranguejo Gigante'''|巨蟹宮|Kyokaikyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Sekishiki Meikai Ha - ''Ondas do Inferno''
==== Aiolia de [[Leo|Leão]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|獅子座|レオ}}のアイオリア|Reo no Aioria}}
: Cavaleiro de Leão no sec. XX, é irmão mais novo de Aiolos de Sagitário. Humilde, cortês e muito sábio, o grego Aiolia é exemplo para todos os outros Cavaleiros. Aiolia é capaz de disparar até 100.000.000 de golpes por segundo. Foi o Segundo Cavaleiro de Ouro a aparecer, mas sem revelar sua posição. Sempre sofreu com a falsa história sobre seu irmão ser um traidor de Athena, sendo constrangido por muitas pessoas do Santuário. Quando o Mestre Arles (Saga de Gêmeos) chama Milo de Escorpião para aniquilar Saori e os Cavaleiros de Bronze, Aiolia intervém e pede para que a missão lhe seja incumbida, ameaçando até entrar em confronto contra o Escorpião, tudo isso para "limpar" o nome de seu irmão. Mas Aiolia descobre a verdade sobre Arles e vai tirar satisfação com o Mestre, entrando em confronto contra Shaka de Virgem. Na Batalha das Doze Casas, sob o controle de Arles, quase mata Seiya de Pégaso com o seu enorme poder, mas acaba recobrando a consciência depois de matar Cassios. Shaina vê Aiolia carregando Cassios em seus braços e fica sabendo o que aconteceu. Shaina relutante ao perder seu pupilo, decide ir ao Santuário acertar contas com o Mestre Arles, mas Aiolia a detém e enterra Cassios. Na Guerra Santa, Aiolia vence vários espectros que invadem a Casa de Leão, quando é paralisado por Raimi de Verme, mas acaba vencendo. Na saga Inferno, Aiolia de Leão, Mu de Áries e Milo de Escorpião são castigados, e posteriormente mortos por um dos 3três juízes do inferno, Rhadamanthys de Wyvern, porque os Cavaleiros de Ouro só podiam usar no máximo 10% de seus poderes por causa da proteção e maldição de Hades. Volta à vida e se sacrifica no Muro das Lamentações junto aos outros onze Cavaleiros de Ouro. Tem o título de '''Um Modelo de Cavaleiro''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Leão'''|獅子宮|Shishikyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Lightning Bolt - ''Cápsula do Poder''
==== Shaka de [[Virgo|Virgem]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|乙女座|バルゴ}}のシャカ|Barugo no Shaka}}
:Cavaleiro de Virgem do sec. XX, um dos cavaleiros mais poderosos do século XX. É conhecido como ''O Homem mais Próximo de Deus'' (Buda), título recebido em função do indiano Shaka ser considerado a reencarnação de Buda, ou de estar sempre próximo ao mesmo e também de ser o cavaleiro que possui o cosmo mais próximo dos deuses, é o primeiro da era atual a atingir o Oitavo Sentido. Shaka nasceu e treinou na Índia, e mantinha contato telepático com Buda, que lhe revelava as respostas a muitas de suas perguntas. Ao longo dos anos, Shaka aprendeu muito com seu antepassado, incluindo a habilidade de selar o cosmo, aumentando seu cosmo nos olhos com seus mantras de meditação sagrados. Pouco antes da Batalha das Doze Casas, Shaka de Virgem e Aiolia de Leão se desentendem após Aiolia descobrir a verdade sobre o falso Mestre, o que quase gerou um confronto de mil dias entre os dois. Após isso, derrotou facilmente Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão e Shun de Andrômeda na casa de Virgem. Logo em seguida surge Ikki de Fênix para confrontá-lo, mas o mesmo não resiste ao imenso poder de Shaka. Após uma intensa batalha o Cavaleiro de Bronze se utiliza de um golpe suicida como último recurso para vencer Shaka, Ikki havia perdido todos os seus sentidos depois que o Cavaleiro de Virgem abriu seus olhos durante a luta, mas o golpe de Ikki apenas os mandou para uma outra dimensão, ambos continuaram vivos e Ikki contou a Shaka a verdade sobre o Mestre. Na Guerra Santa, confronta por duas vezes os cavaleiros revividos por Hades, Saga de Gêmeos, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário. Aparentemente ele os vence na Casa de Câncer, mas eles chegam disfarçados até Casa de Virgem, onde Shaka é morto propositalmente a fim de ir atrás de Hades no inferno acompanhando Athena. Também se sacrifica junto aos outros 11onze Cavaleiros de Ouro no Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Homem mais Próximo de Deus''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo da Donzela'''|処女宮|Jyojyōkyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Ohm
==== Dohko de [[Libra (constelação)|Libra]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|天秤座|ライブラ}}の{{Ruby-ja|童虎|ドウコ}}|Raibura no Dōko}}
:Conhecido também como {{nihongo|'''Mestre Ancião'''|老師|Rōshi}}, o libriano é o mais velho de todos os Cavaleiros de Athena. Possui personalidade extremamente equilibrada, além de ser muito calmo, sábio, esclarecido e correto, sendo o mais resistente, poderoso e respeitado entre todos os Cavaleiros conforme o mangá e anime. O chinês Dokho aparece em quase todos os Mangás e Animes da série, devido aos seus 261 anos de idade. Foi o mestre de Shiryu de Dragão. Ele e Shion de Áries foram os únicos sobreviventes da Guerra Santa em 1743, sendo que este se tornou o Grande Mestre do Santuário, e Dokho ficou encarregado de vigiar o selo que aprisionava Hades, sendo que nunca saía dos 5 picos antigos da China. Posteriormente, com a queda de Saga de Gêmeos como Grande Mestre, foi intitulado neste posto, sem sair dos 5 picos, e sua primeira determinação foi que nenhum dos Cavaleiros de Ouro sairíamsairiam do Santuário, porque ele já previa a Guerra Santa. Na saga Santuário, na batalha contra os espectros de Hades, usou sua técnica Misopethamenos, possibilitado pelo envelhecimento retardado concedido por Athena, que permitiu que o coração dele batesse apenas 100.000 vezes por ano (100.000 é o número médio de batimentos diários do coração), assim, em 243 anos, Dohko envelheceu o equivalente a apenas 243 dias. A técnica o faz sair de sua forma de velho Gnomo para uma aparência e vigor de quando tinha 18 anos de idade, sendo que finalmente veste a armadura de Libra no anime, depois de muitos episódios e espera, e aplica em Shion o poderoso Golpe ''Cólera dos Cem Dragões''. Na saga de Hades, se sacrifica junto com os outros 11 Cavaleiros de Ouro para derrubar o Muro das Lamentações utilizando a técnica da criação do sol que pode destruir qualquer coisa. Tem o título de '''A Balança Entre o Bem e o Mal''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo da Balança'''|天秤宮|Tenbinkyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Rozan Shōryū Ha - ''Cólera do Dragão''
==== Milo de [[Scorpius|Escorpião]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|蠍座|スコーピオン}}のミロ|Sukōpion no Miro}}
: Cavaleiro de escorpião do Sec. XX, o grego Milo possui um dos Golpes mais fatais de todos: o Agulha Escarlate. De personalidade por vezes altiva, porém protetor, nobre e justo, Milo destrói a Ilha de andrômedaAndrômeda, por ordem do Grande Mestre. Trava uma árdua batalha contra o Cavaleiro de Prata Albiore de Cefeu, mestre de Shun de Andrômeda, e só vence por causa da essencial ajuda de Aphrodite de Peixes. Na Batalha das Doze Casas, confronta contra Hyoga de Cisne. Milo castiga Hyoga com suas agulhas escarlates, mas por respeito à seu amigo Camus de Aquário, que é Mestre do Cisne, e por uma ponta de bondade, dá a chance de Hyoga desistir da luta e abandonar o Santuário, ja que este estava a um golpe de morrer (se forem aplicadas 15 agulhas escarlates, o oponente morre). Mas a persistência de Hyoga em continuar e ajudar seus amigos faz Milo desconfiar do Mestre e após levar o Pó de Diamante, percebeu que o Cisne poderia tê-lo vencido na batalha, senão fosse pela Armadura de Ouro de Escorpião. Milo cura Hyoga de sua hemorragia e para de lutar, deixando-o prosseguir. Situação idêntica ocorre em sua batalha contra Kanon de Gêmeos, e ao final, reconhece que este estava ao lado da justiça. Por Milo ter um senso de justiça muito aguçado, ao cavaleiro de escorpião é normalmente dado o fardo de julgar aqueles que se dizem arrependidos por seus pecados, como aconteceu com Kanon de Gêmeos. Após a morte de Shaka, o Cavaleiro de Escorpião vai até a Casa de Virgem para derrotar os espectros de Saga de Gêmeos, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário, por julga-los inimigos do Santuário após terem atacado um ex-companheiro. Foi morto por Rhadamanthys de Wyvern na saga Inferno e também sucumbiu ao sacrifício dos Cavaleiros de Ouro para derrubar o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Impacto Rubro''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Escorpião Celestial'''|天蝎宮|Tenkatsukyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Scarlet Needle - ''Agulha Escarlate''
==== Aiolos de [[Sagittarius|Sagitário]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|射手座|サジタリアス}}のアイオロス|Sajitariasu no Aiorosu}}
: Cavaleiro de Ouro de Sagitário no Sec. XX, o grego Aiolos foi o salvador de Athena das mãos de Saga de Gêmeos, quando aquela ainda era bebê. Mas por armação de Saga, foi declarado traidor do Santuário e julgado como o que tentou matar Athena. O sagitariano foge com o bebê e é perseguido, sendo gravemente ferido pela excaliburExcalibur de Shura de Capricórnio. Antes de morrer em decorrência dos ferimentos, Aiolos encontra o empresário japonês Mitsumasa Kido. Ele explica a situação para Mitsumasa lhe confiando a bebê Athena e a urna com a Armadura de Sagitário, morrendo pouco depois. Além de suas habilidades de luta, tinha excelente personalidade, caráter, humildade e grande senso de justiça, passos seguidos por seu irmão mais novo, Aiolia de Leão. Ele pode ser considerado um verdadeiro exemplo de Cavaleiro de Athena por continuar a protegê-la, bem como a ajudar seus companheiros, mesmo após a morte. Tem o título de '''Um Cavaleiro Exemplar''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Centauro'''|人馬宮|Jinbakyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Atomic Thunderbolt - ''Trovão Atômico''
==== Shura de [[Capricornus|Capricórnio]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|山羊座|カプリコーン}}のシュラ|Kapurikōn no Shura}}
: O espanhol Shura de Capricórnio é o Cavaleiro de Ouro que protege a Casa de Capricórnio no Santuário. Detém o título de Cavaleiro mais leal à Athena, recebendo da Deusa a espada sagrada Excalibur como recompensa a este status. Possui uma estátua na Casa de Capricórnio que ilustra Athena entregando-lhe a Espada. Com um orgulho grandioso, suas técnicas de luta corporal são as mais avançadas entre os Cavaleiros de Ouro e sua principal técnica, Excalibur, é um golpe capaz de cortar tudo e todos como uma espada, que pode ser utilizada com os seus dois braços e pernas. Shura, mesmo sendo amigo de Aiolos, não deixou seus ideais de fidelidade à Athena de lado e achando que o Cavaleiro de Sagitário era um traidor, passou a enfrentá-lo em um combate. Shura feriu Aiolos gravemente, o que ocasionou sua morte. Na Batalha das Doze Casas, Shura confronta Shiryu de Dragão, de quem corta toda a armadura de bronze e atinge mortalmente o coração do Dragão com a Excalibur. Sem saída, o Dragão acaba aplicando o golpe suicida, O Último Dragão em Shura, golpe que é capaz de destruir qualquer um, segundo Dohko que o ensinou que acaba por matá-lo, mesmo Shiryu tendo anulado o golpe por perceber que Shura descobriu a verdade no cavaleiro de bronze e o salva protegendo-o com sua armadura sagrada o enviando para terra e presenteando-o com o golpe Excalibur. Posteriormente, Shura reaparece na Saga de Hades junto a Saga de Gêmeos e Camus de Aquário, como expectro de Hades, com a aparente missão de matar Athena e levar sua cabeça até o Deus dos Mortos. Mas, ao fim revela-se que sua missão era na verdade alertar Athena sobre os planos de Hades e mostrar-lhe a sua armadura. Shura também ressuscita e se sacrifica para derrubar o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Homem que Levou Seus Membros ao Limite Para Chamá-los de Espada Sagrada''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo do Bode Montês'''|磨羯宮|Makatsukyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Excalibur
==== Camus de [[Aquarius|Aquário]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|水瓶座|アクエリアス}}のカミュ|Akueriasu no Kamyu}}
:Cavaleiro de índole impecável e exemplar, apesar de sua extrema frieza e aparente indiferença aos sentimentos humanos, o francês Camus foi mestre de Hyoga de Cisne e do General Marina Isaac de Kraken. Ele ensinou aos seus pupilos as lições dos Cavaleiros, para que fossem capazes de proteger a paz na Terra. Apesar de suspeitar do Grande Mestre, Camus se opõe aos Cavaleiros de Bronze por pensar que são traidores. Durante o conflito dos doze templos, Camus enfrentou seu pupilo Hyoga em um terrível duelo. Por pensar que Hyoga não era forte o suficiente para aquela batalha e com medo que outro Cavaleiro de Ouro o matasse em tal batalha, Camus resolve prender Hyoga em um caixão de gelo. Porém, Hyoga é libertado por Shiryu e trava outra batalha contra Camus, que dessa vez, usa todo seu poder para assassinar seu discípulo. Ele revela para Hyoga, que numa batalha entre dois cavaleiros do gelo, vence aquele que estiver com o poder mais próximo do zero absoluto. Camus é derrotado por Hyoga e morre, mas suas memórias e ensinamentos continuam vivos, dentro do Cavaleiro de Cisne. Posteriormente, Camus seria revivido na Saga de Hades. Junto com Saga e Shura, através do poder de Hades e aparentemente jura lealdade a ele, mas mantém lealdade a Athena. Camus e os outros, na verdade enganaram Hades para entregar á Athena sua armadura Durante a guerra com Hades, ele se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Mago da Água e do Gelo''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo da Urna Preciosa'''|宝瓶宮|Hōheikyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Aurora Execution - ''Execução Aurora''
==== Aphrodite de [[Pisces|Peixes]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|魚座|ピスケス}}のアフロディーテ|Pisukesu no Afurodīte}}
:Cavaleiro de Peixes do século XX, considerado o Cavaleiro mais belo, cuja beleza rivaliza apenas com sua força. O sueco Aphrodite acabou se desviando do caminho da virtude e jurando lealdade ao Grande Mestre do Santuário, mesmo sabendo de suas más intenções, com a justificativa que a justiça deve estar na mão dos mais fortes. Aphrodite eliminou Daidalos de Cefeu, mestre de Shun de Andrômeda e ameacou June de Camaleão a tentar parar os cavaleiros de Bronze, . Durante o conflito dos doze templos, Aphrodite é morto por Shun após uma longa batalha, como vingança pelo assassinato de seu mentor. Durante a saga de Poseidon, é revelado que Aphrodite reencontrou sua lealdade a Athena após sua morte. Na saga de Hades, Aphrodite é trazido de volta à vida como lacaio de Hades, mas mantém secretamente sua lealdade a Athena. Após um conflito com Rhadamanthys de Wyvern, ele se sacrifica com os outros Cavaleiros de Ouro para romper o Muro das Lamentações. Tem o título de '''O Guerreiro Cuja Beleza Transcende o Céu e a Terra''' e sua casa é conhecida como {{nihongo|'''O Templo dos Peixes Gêmeos'''|双魚宮|Sogyōkyū}}.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Royal Demon Rose - ''Rosas Diabólicas Reais''
==== Grande Mestre Shion ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|教皇|きょうこう}}シオン|Kyōkō Shion}}, outrora conhecido como {{nihongo|'''Shion de [[Aries|Áries]]'''|{{Ruby-ja|牡羊座|アリエス}}のシオン|Ariesu no Shion}}
:Antigo Cavaleiro de Áries e Mestre do Santuário, o tibetano Shion nascido em 30 de Março de 1725 é um sobrevivente da guerra contra Hades no século XVIII. Após a derrota de Hades, foi eleito o Grande Mestre do Santuário, sua fama percorreu o mundo e era muito respeitado por todos dentro e fora do Santuário pela sua sabedoria por seu grande poder sua experiência e atos de justiça, seu mandato durou até o final do século XX, quando foi assassinado por Saga de Gêmeos quando velho e fraco em uma cilada dentro do Star Hill, que roubou seu posto. Shion sobreviveu todo esse tempo graças a habilidade natural do seu povo, fazendo com que envelheça lentamente e assim viva muitos anos,. tambémTambém é, junto àa Dohko, um dos dois cavaleirocavaleiros mais poderosos a serviço de Athena. Ele foi mentor de Mu de Áries e lhe ensinou a mitologia dos Cavaleiros e as artes de restauração de Armaduras. Shion foi trazido de volta à vida 13 anos após sua morte por Hades, que lhe ofereceu vida eterna em troca de sua lealdade. Leal a Athena mesmo depois da morte, Shion aceitou a proposta mas continuou fiel à deusa em segredo e sua estatégiaestratégia foi seguida pelos outros Cavaleiros revividos. A verdadeira missão de Shion era encontrar Athena e lhe dar sua Armadura, mas não consegue fazê-lo pois sua nova vida era apenas temporária. Ao invés disso, Shion orienta os Cavaleiros de Bronze a respeito da Armadura de Athena e revela o segredo do último estágio de evolução das Armaduras após serem banhadas em sangue divino. Ainda no século XX, Shion emite sua última ordem como Grande Mestre aos Cavaleiros de Bronze: invadir o submundo e eliminar Hades, antes de exalar seu último suspiro.<ref name=":0" />
:'''''Ataques:'''''
::Crystal Wall - ''Muralha de Cristal''
==== Sorrento de [[Sirena|Sirene]] ====
:{{nihongo||{{Ruby-ja|海魔女|セイレーン}}のソレント|Seirēn no Sorento}}
:Nascido na [[Áustria]], Sorrento é o único General Marina que não nasceu em um país banhado por mares e oceanos. Ele é o guardião do pilar do [[Oceano Atlântico Sul]] Sul e é um talentoso flautista, usando o som da sua flauta como arma de batalha. Durante os ataques de [[Poseidon]], Sorrento foi designado para matar os Cavaleiros de Bronze, que estavam em coma em um hospital. Ele acabou enfrentando [[Aldebaran de Touro]], mas Athena interrompe a batalha e pede que Sorrento a leve para encontrar Poseidon, que obedece e a leva para o templo submarino de Poseidon. Mais tarde, Sorrento enfrentou [[Shun de Andrômeda]], que conseguiu derrotar Sorrento e destruir o seu pilar. Durante os eventos, Sorrento desconfiou do General Marina Kanon de Dragão Marinho, acreditando que a ressurreição de Poseidon e a guerra que se seguiu foram resultados de sua ambição. Quando Kanon enfrenta Ikki de Fênix, as suspeitas de Sorrento se confirmam. Após Athena selar a alma de Poseidon e voltar para a superfície, Sorrento fez o mesmo e procurou por Julian Solo, a reencarnação de Poseidon. Sorrento e Julian decidiram viajar pelo mundo para ajudar as pessoas que sofreram na catástrofe causada por Poseidon. Sorrento ainda estava ao lado de Julian quando Poseidon despertou novamente e enviou as Armaduras de Ouro para ajudar os Cavaleiros de Bronze na batalha contra [[Tânato|Thanatos]].
:'''''Ataques:'''''
::Dead End Symphony - ''Sinfonia Final da Morte''
==== Niobe de Deep ====
:{{nihongo||ディープのニオベ|Dīpu no Niobe}}, a {{nihongo|'''Estrela Terrestre das Trevas'''|地暗星|Chiansei}}
:Nascido na [[Bolívia]], [[Niobe]] foi um dos Espectros enviados em segredo por Rhadamanthys de Wyvern para atacar o Santuário de Athena. Como os Espectros chegam na Casa de Touro, Niobe se adiantou e derrotou [[Aldebaran de Touro]], com sua fragrância mortal. Ele escolhe ficar para trás, enquanto os outros Espectros continuam em frente. Quando [[Mu de Áries]] chega na Casa de Touro, Niobe se revela e se vangloria de sua vitória sobre Aldebaran. No entanto, Aldebaran tinha deixado uma dica sobre a fragrância mortal de Niobe em seu Cosmo para Mu. Depois de tentar envolver Mu em combate, Niobe foi ignorado por ele, que o considerou como morto. Niobe foi, então, dilacerado pelo efeito tardio do Grande Chifre de Aldebaran.
:'''''Ataques:'''''
::Deep Fragrance - ''Fragrância Profunda''
==== Mitsumasa Kido ====
:{{nihongo||城戸光政|Kido Mitsumasa}}
:Um milionário que criou [[Saori Kido]] como sua neta, após encontrá-la ainda bebê nos braços do moribundo [[Aiolos de Sagitário]] na [[acrópole de Atenas]], que lhe designou a responsabilidade de garantir a proteção do bebê. Mitsumasa é o pai biológico de todos os órfãos enviados pelo mundo para treinarem como Cavaleiros de Athena (no anime, ele apenas selecionou as crianças de vários orfanatos). Antes de morrer, Mitsumasa disse para Saori toda a verdade sobre o seu encontro com Aiolos no Santuário, suas origens divinas e o propósito de seu nascimento nesta época.
 
==== Miho ====
 
== Personagens exclusivos do anime ==
Aqui estão os personagens que não existem no mangá '''[[Os Cavaleiros do Zodíaco|Saint Seiya]]''', mas que se fazem presentes apenas em sua adaptação para anime, permanecendo fora do status canônico deste universo fictício. Kurumada não se envolveu no processo de criação destes personagens e apesar dos mesmos terem algum tipo de envolvimento com o enredo, hoje são desconsiderados da continuidade da adaptação animada para mantê-la mais próxima da obra original impressa e considerados como ''[[Filler]]s'' . Os personagens vão desde papéis secundários até aliados e facções antagônicas.
 
=== Cavaleiros de Aço ===
==== Arachne de [[Tarântula]] ====
:{{nihongo||タランチュラのアラクネ|Taranchura no Arakune}}
:Um dos Cavaleiros de Prata com a missão de exterminar os Cavaleiros de Bronze. Tenta matar Seiya quando o mesmo viaja para Jamir para ajudar Shiryu, mas foi derrotado rapidamente pelo Cavaleiro de Pégaso. Apesar de ser considerado um Cavaleiro de Prata, não existe a constelação Tarântula, que é uma possível menção à [[Nebulosa deda Tarântula]].
:'''''Ataques:'''''
::Tarantula Net - ''Teia de Tarântula''
==== Spartan ====
:{{nihongo||スパルタン|Suparutan|}}
:Um Cavaleiro com habilidades telecinéticas enviado com [[Algol de Perseu]] e [[Shaina de Serpentário]] para assassinar os Cavaleiros de Bronze. Sua missão falha e ele retorna ao Santuário.<ref>''Shūkan Shōnen Jump's Saint Seiya Anime Special 2'', páginas 127-128, pela Shueisha (em japonês)</ref>
 
==== Geist ====
 
=== Asgard ===
Asgard é a terra santa dos deuses do norte. É um local muito frio, com relevo cheio de montanhas e desfiladeiros, o que dificulta o acesso de pessoas estrangeiras. Nos altos montes de Asgard se situa o Palácio [[Valhala]], templo de [[Odin (Saint Seiya)|Odin]], onde atualmente residem os seus representantes. Atrás do Palácio possui uma gigantesca estátua erigida em homenagem ao Senhor de Asgard, Odin.<ref>Coleção Anime Classics, A Grande Batalha dos Deuses, Ed. Conrad - Edição 01, Pg: 10-15</ref> Os personagens da saga de Asgard só aparecem na adaptação animada.<ref>''Shūkan Shōnen Jump's Saint Seiya Anime Special 3 - Jump Gold Selection'', página 105, 1989, pela Shueisha (em japonês)</ref>
 
==== Odin ====
 
=== Guerreiros Deuses ===
{{nihongo||{{Ruby-ja|神闘士|ゴッドウォーリアー}}|Goddo Uōriā}} São os guerreiros que lutam em nome do deus nórdico, Odin, que defendem a sua terra sagrada, Asgard. Trajam vestimentas sagradas, chamadas de {{nihongo|'''Robe'''|{{Ruby-ja|神法衣|ゴッドローブ}}|Goddo Rōbu|lit. "Robe Divino"}}, que geralmente representam criaturas ou seres relacionados à mitologia nórdica. Cada Guerreiro Deus é resentadorepresentado por uma estrela da constelação [[Ursa Minor|Ursa Menor]].
 
==== Siegfried de [[Alpha Ursae Majoris|Dubhe]] ====
:{{nihongo||ドゥベのジークフリート|Doube no Jīkufurīto}}, a {{nihongo|'''Estrela [[α|Alpha]]'''|アルファ星|Arufa-sei}}
:O mais poderoso dos Guerreiros Deuses e o mais leal a Hilda junto com Hägen. Diz a lenda, que seu ancestral derrotou o dragão Fafnir e se banhou com seu sangue porém, uma folha o cobriu em ponto de suas costas, semelhante ao do Shiryu, de modo que, não se molhou ali. Por também ser um guerreiro com poderes baseados em dragões, tem um único ponto fraco, assim como Shiryu, mas mesmo assim sobreviveu após levar três golpes neste ponto, sendo um mais forte que o outro. Abateu facilmente os cavaleiros, mas quando finalmente ia ser derrotado por Seiya, Sorrento de Sirene surge, conta a verdade sobre Hilda e o Anel e diz que Siegfried deveria se submeter a Poseidon. Siegfried, já ferido do combate com Seiya, não tem mais forças para combater Sorrento e usa um ataque final suicida, tal qual o Último Dragão de Shiryu, sumindo no horizonte junto com Sorrento (que sobrevive ao ataque e volta para Poseidon). Seu Robe representa o dragão mitológico [[Fafnir]].
::Dragon Bravest Blizzard - ''Vendaval do Dragão''
 
==== Hägen de [[Beta Ursae Majoris|Merak]] ====
: {{nihongo||メラクのハーゲン|Meraku no Hāgen}}, a {{nihongo|'''Estrela [[β|Beta]]'''|ベータ星|Bēta-sei}}
: Um dos guerreiros mais leais a Hilda, e também um dos mais poderosos juntamente com Siegfried. Têm uma relação especial com Freya, a irmã de Hilda o que fez a sua raiva contra Hyoga aumentar, pois ele acreditava que o Cavaleiro de Cisne estava manipulando ela. Desde sua infância, Hägen vive no Palácio de Valhalla e treina em picos de gelo e montanhas vulcânicas de Asgard para proteger Hilda e Freya. Domina tanto o fogo quanto o gelo. Com ciúmes do relacionamento de Hyoga com Freya, Hägen o enfrenta e acaba morto sem acreditar que Hilda estava enfeitiçada. Seu Robe representa [[Sleipnir]], o cavalo de Odin.
::Greatest Ardent Pressure - ''Raio de Fogo''
 
==== Thor de [[Gamma Ursae Majoris|Phecda]] ====
: {{nihongo||フェクダのトール|Fekuda no Tōru}}, a {{nihongo|'''Estrela [[γ|Gamma]]'''|ガンマ星|Ganma-sei}}
: Thor era um cidadão de Asgard que roubava dos ricos para dar aos pobres, similar a Robin Hood. Em determinado momento, porém, ele foi seriamente ferido por guardiões do Palácio de Valhalla enquanto caçava. À beira da morte, é perdoado e curado por Hilda de Polaris. Após sentir seu Cosmo puro e acolhedor e movido pela motivação de Hilda de ajudar a todos os cidadãos de Asgard, Thor jura lealdade a Hilda. Mesmo percebendo a mudança no Cosmo de Hilda, ele enfrenta os Cavaleiros de Athena na esperança que ela voltasse a ser a pessoa gentil que sempre foi. Ele chega a atacar Saori e arremessa um de seus machados contra ela, e elogia seu poder quando a moça rebate a arma com seu Cosmo. Por fim, ele pede a Seiya que resgate Hilda após ser derrotado. Seu Robe representa a serpente marinha [[Jörmungandr]].
::Titanic Heracles - ''Hércules Titânico''
 
==== Alberich de [[Delta Ursae Majoris|Megrez]] ====
:{{nihongo||メグレスのアルベリッヒ|Meguresu no Aruberihhi}}, a {{nihongo|'''Estrela [[δ|Delta]]'''|デルタ星|Deruta-sei}}
:Era o único dos Guerreiros Deuses que sabia que Hilda estava dominada pelo feitiço do anel do Nibelungo, tendo inclusive visto a cena. Tendo em vista tal situação, resolveu se aproveitar da luta entre os guerreiros deuses e os cavaleiros de bronze para conquistar o mundo. Aproveitando-se da sua inteligência e desonestidade acaba quase vencendo todos os cavaleiros de Athena mesmo não sendo muito poderoso, mas acaba sendo derrotado por Shiryu que aprendeu a lidar com seus golpes. Pretendia conseguir todas as safiras de Odin para conseguir a armadura de Odin e controlar o mundo no lugar de Hilda. Seu Robe representa espíritos elementais [[Vaettir]] aprisionados em forma de ametista.
::Honō no Ken - ''Espada de Fogo''
 
==== Fenrir de [[Epsilon Ursae Majoris|Alioth]] ====
:{{nihongo||アリオトのフェンリル|Arioto no Fenriru}}, a {{nihongo|'''Estrela [[ε|Epsilon]]'''|イプシロン星|Ipushiron-sei}}
:Fenrir quando criança perdeu seus pais, mortos por um gigantesco urso e foi abandonado pelas pessoas que ele acreditava serem amigas. Fenrir foi salvo por uma alcatéia de lobos e desde então passou a não confiar em humanos. Enfrenta Shiryu de Dragão e quase o mata com a ajuda dos seus amigos lobos, não acreditando no que o cavaleiro lhe dissera sobre Hilda e a amizade, porém no fim Shiryu vendo que não podia atacá-lo diretamente usou um Cólera do Dragão em uma cachoeira congelada para acabar com ele. Seu Robe representa [[Fenrir]], o lobo filho de [[Loki]].
::Northern Gunrō Ken - ''Golpe do Lobo Imortal''
 
==== Syd de [[Zeta Ursae Majoris|Mizar]] ====
:{{nihongo||ミザールのシド|Mizāru no Shido}}, a {{nihongo|'''Estrela [[ζ|Zeta]]'''|ゼータ星|Zēta-sei}}
:Ele foi o primeiro Guerreiro Deus à aparecer na série. Ele foi enviado ao Santuário para "declarar" guerra contra Athena, e derrotou Aldebaran de Touro com um único golpe (mas tarde é revelado que só conseguiu com a ajuda de seu irmão). Então ele foi ao Japão para matar Athena e foi parado por Seiya e Shun, então retornando para Asgard, e esperando os Cavaleiros virem combatê-lo. Foi derrotado pela Corrente Nebulosa de Shun no Palácio de Valhalla. Antes de sua morte, ele revelou que sempre soube de seu irmão gêmeo, Bud de Alcor, e que tanto ele quanto os pais, se arrependiam tê-lo abandonado quando pequeno, mas que ele não podia fazer nada. Seu Robe representa um [[Smilodon]].
::Blue Impulse - ''Impulso Azul''
 
===== Bud de [[Zeta Ursae Majoris|Alcor]] =====
:{{nihongo||アルコルのバド|Arukoru no Bado}}, a {{nihongo|'''Estrela [[ζ|Zeta]]'''|ゼータ星|Zēta-sei}}
:Syd e Bud eram gêmeos que nasceram numa família muito rica de Asgard. Devido às superstições locais, de que gêmeos trazem má sorte para a família, os pais de Bud o abandonaram por ser o gêmeo mais novo. Um homem pobre criou Bud como seu próprio filho, até que um dia, durante uma caçada, Bud encontrou seu irmão Syd e seus pais que o haviam abandonado. Hilda fez de Bud um Guerreiro Deus das sombras, dizendo que ele substituiria Syd quando este morresse. Ele guardava muito ódio de seu irmão Syd por causa disso, mas depois de lutar contra Ikki, e receber o ''Golpe Fantasma da Fênix'', ele precebeu que todas as suas ações, como ajudar Syd a derrotar Aldebaran e ajudá-lo na luta contra Shun, eram devido ao fato de amar muito o irmão, mas ainda não o admitia. Por fim, Bud segue para dentro de uma nevasca carregando o corpo de Syd, onde ele aparentemente morre, desejando que eles possam renascer como irmãos de novo numa próxima encarnação. Seu Robe, assim como o de seu irmão, representa um [[Smilodon]], só que albino.
::Shadow Viking Tiger Claw - ''Garras do Tigre das Sombras''
 
==== Mime de [[Eta Ursae Majoris|Benetnasch]] ====
:{{nihongo||ベネトナーシュのミーメ|Benetonasshu no Mīme}}, a {{nihongo|'''Estrela [[η|Eta]]'''|エータ星|Ēta-sei}}
:Quando tinha onze anos, Mime matou seu pai de criação Folker, após descobrir que o mesmo havia matado seus verdadeiros pais. Depois disso, parou de demonstrar sentimentos, e lutando contra Ikki de Fênix, o guerreiro se lembra da verdade sobre seu pai e acaba se arrependendo dos seus pecados e confia seu sonho a Ikki antes de morrer. Seu Robe representa a harpa de [[Bragi]].