Sabre de luz: diferenças entre revisões

5 bytes adicionados ,  14 de novembro de 2021
m
Alterado Kiber para Kyber e hiperligação da palavra sith com sua página
m (marcação de hiperlinks)
m (Alterado Kiber para Kyber e hiperligação da palavra sith com sua página)
 
 
 
Desenvolvido tanto para ter elegância em combate tanto para cerimônia, o sabre de luz era uma arma distinta, a mais pura imagem, que era inextricavelmente o elo com os mitos dos [[Sith]].
 
Era uma lâmina de energia impura, emitida de um cabo/punho, muitas vezes fabricado pelo usuário para atender às suas próprias necessidades e estilos. Nas mãos de um expert, em contato com a Força, como os Jedi e seus inimigos, os Sith, o sabre de luz era uma arma a ser respeitada e temida. Portar um sabre de luz era demonstrar enormes habilidades e confiança, bem como destreza e contato com a Força.
Durante a sabotagem em que foi utilizado, o sabre de luz tornou-se sinônimo dos Jedi e seus valores, de manter a paz e a justiça pela galáxia. Esta percepção durou, mesmo com muitos anos de conflitos com os Sith e os Jedi do Lado Negro (Dark Jedi), que também utilizavam tal arma, também conhecida como '''Espada-Laser'''
 
Seus componentes básicos para produção são conhecidos, mas sua técnica não. Um cristal e uma bateria, por exemplo, são coisas básicas. O primeiro pode ser de vários tipos, sendo o mais conhecido o Cristal KiberKyber, que forma uma lâmina azul, mas alguns são diferentes em sua estrutura molecular, que proporciona uma lâmina verde. Um dos mais raros e caros de todos os cristais é o que dá lâmina roxa, motivo pelo qual só Mace Windu usava tal nos filmes. Este, além de ser extremamente caro, possui dificílima montagem, muito além dos Adegan, que iniciados já dominam. Os siths, por sua vez, preferiam confeccionar seus sabres com cristais artificiais. Por isso a cor desses sabres é vermelha.
 
{{Referências}}
19

edições