Pedro de Castro: diferenças entre revisões

2 bytes adicionados ,  17h49min de 24 de novembro de 2021
sem resumo de edição
'''Pedro de Castro''', 2.º [[conde de Arraiolos]] (15 de Novembro de 1384<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495308 Data em que o mestre de Aviz o confirma como sucessor de seu pai «''o conde dom alvaro Periz de Castro''». Na dita carta diz-se que sucede em «''todallas vilas e lugares e castelos e terras chaãs e coutos que os dictos reis e cada huu deles aujam dados ao dicto conde seu padre assy per condado como em doaçam de Jure d erdade ou prestemo ou teença ou per outra qualquer guisa''». Mas, na mesma carta, o mestre de Aviz exclui da sucessão todos os bens, vilas e lugares que o conde D. Álvaro tinha e que tinha sido de Diogo Lopes Pacheco.- D. Pedro de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021]</ref>) e 1.º [[Senhorio do Cadaval|senhor do Cadaval]]<ref>{{citar livro|autor=|título=Resenha das familias titulares do reino de Portugal|editora=Imprensa Nacional|ano=1838|página=57|url=https://books.google.pt/books?id=E2YEAAAAQAAJ&pg=PA57&dq=cadaval+%22honras+de+parente%22+1504&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwiCgJbrptnKAhXBaRQKHRv-ALYQ6AEILDAC#v=onepage&q=cadaval%20%22honras%20de%20parente%22%201504&f=false}}</ref> foi um [[rico-homem]] da [[Galiza]] e do [[Reino de Portugal]].
 
== Biografia ==