Igreja Pentecostal Deus É Amor: diferenças entre revisões

35 bytes removidos ,  18h13min de 30 de dezembro de 2021
m
(Imagem muito grande, que desconfigurava a caixa; retirada de links que enviam ao próprio artigo; negrito apenas para expressões ou palavras estrangeiras; retirada de propaganda das redes sociais da IPDA.)
[[Ficheiro:David Miranda.jpg|thumb|David Miranda na Igreja Pentecostal Deus é Amor.|esquerda]]
 
David Martins Miranda nasceu em 4 de julho de 1936, na pequena cidade de [[Reserva (Paraná)|Reserva]], no Estado do [[Paraná]]. Era o quarto de cinco filhos de Roberto Anália Miranda, casal de agricultores católicos. Quando David Miranda tinha 13 anos de idade seu pai faleceu, fato que mudou a vida da família. Quatro anos depois eles se mudaram para o município de [[Tibagi]], no Paraná, na vila de "Cidade Nova", quefuturo temposmunicípio depois passou a se chamarde [[Telêmaco Borba]], situada às margens do rio Tibagi, próximo à Fazenda Monte Alegre, propriedade da [[Klabin]], indústria onde David trabalhou.
 
Em abril de 1957, a Sra. Anália vendeu sua casa e migrou com a família para São Paulo, onde morava Araci, irmã mais velha de David Miranda, já convertida ao protestantismo. Foi por intermédio de Araci que sua mãe e seus três irmãos se converteram, restando somente David como único praticante do catolicismo na família.<ref>{{Citar web|url=http://www.ipda.com.br/nova/n_pagina.asp?Código=323|título=Autobiografia do Missionário David Miranda"|autor=|obra=|data=|acessodata=}}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref>
 
'''Conversão do Fundador'''
David Miranda, conforme relatado em sua [[autobiografia]], já não suportava a convivência com a sua família devido à discordância religiosa, pois não gostava de [[Protestantismo|crente]]s em sua casa, que virou local para [[culto]] domiciliar. A conversão de David Martins Miranda ocorreu em 6 de julho de 1958, data que planejava deixar sua casa em segredo para morar sozinho, pois já estava para completar 22 anos. Mas tudo mudou quando voltava de uma [[discoteca]], por volta das 19 horas, pela Estrada da Conceição, em Vila Munhoz, São Paulo.
 
Como sempre, procurava uma festa, quando foi surpreendido por um cântico. Pensando em se tratar de um baile ou coisa parecida, parou para ouvir e identificar aquilo. Muitas vozes cantavam ao mesmo tempo e batiam palmas nos ritmos dos louvores. Quando percebeu, estava em frente à Igreja "Maravilhas de Jesus", (presidida pelo pastor Leonel da Silva). Embora não gostasse dos Evangélicos ou "Pentecostes", como na época eram conhecidos, David não conseguia continuar andando e resolveu entrar e sentar-se em um dos bancos daquele salão pequeno e "humilde".
 
David estava em conflito consigo e dividido pelo [[preconceito]], queria sair dali correndo, mas não conseguia; algo o mantinha atento naquele lugar. Permaneceu ali e assistiu o culto até o final, em que na pregação da Bíblia foi lida a passagem de [[s:Tradução Brasileira da Bíblia/Gênesis/XXII|Gênesis 22]], que fala sobre o sacrifício de [[Abraão]], esta que foi pregada pelo pastor Jonas da Cruz, nordestino com forte sotaque [[Bahia|baiano]]. A mensagem daquela noite tocou profundamente o coração do futuro missionário. As palavras do Pastorpastor baiano teriam direcionado o "Espírito Santo" sobre a vida controversa que ele levava, ocasionando, assim, o cenário de sua conversão. Naquela noite mesmo na hora do convite para levantar a mão e ir à frente aceitar Jesus, ele decidiu e o aceitou como o seu único e suficiente salvador e se tornava também um evangélico.<ref>{{Citar web|url=http://www.ipda.com.br/nova/especial48anos/cronologiaportugues.htm|título=Cronologia da IPDA"|autor=|obra=|data=|acessodata=31/05/2010}}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref>
 
==História==
[[Ficheiro:Logotipo IPDA 2016.png|miniaturadaimagem| Logotipo da IPDA até 2016.]]
Oficialmente a Igreja Pentecostal Deus é Amor foi fundada em 3 de junho de 1962, sendo esta data a de registro como pessoa jurídica em cartório, passando a existir oficialmente perante a lei. Informalmente ela teve início noem mêsmarço de marçodo demesmo 1962ano, período em que David Miranda foi despedido da firma onde trabalhava há quatro anos, recebendo uma indenização, com a qual alugou um amplo salão na antiga Rua Setenta, hoje Avenida Afonso Pena, na região de Vila Maria, na cidade de São Paulo. No dia da inauguração havia no local cerca de cinquenta pessoas, sendo que membros da igreja eram apenas os três fundadores.
 
Nos dias que se seguiram após a inauguração, foram se unindo à igreja pessoas que já conheciam David Miranda de pregações e cultos que faziam nas ruas, com sua corneta na bicicleta, acompanhado de sua irmã. Eles se situavam em praças durante o dia. Surpreendentemente, em menos de um mês após a inauguração a instituição já contava com cerca de 70 membros.