César I Gonzaga: diferenças entre revisões

m
sem resumo de edição
m (Página marcada como sem notas)
m
[[File:Mantova-Palazzo dell'Accademia.jpg|thumb|Palácio da ''Accademia'', Mântua.]]
Ele mesmo fundou uma associação literária, a ''Accademia degli Invaghiti'' ,<ref>em [[Língua portuguesa|português]] “Academia dos apaixonados”</ref>, com sede em [[Mântua]].
 
Entre [[1567]] e [[1568]] transfere a sua própria corte de [[Mântua]] para [[Guastalla]], onde permanece até à sua morte, recorrendo a Francesco da Volterra como arquiteto e engenheiro dos seus projetos.
 
Uma das suas famosas amantes foi Diana Folch de Cardona, que rompe o relacionamento para casar com [[Vespasiano I Gonzaga]], [[Ducado de Sabboneta|Duque de Sabioneta]].<ref>[https://web.archive.org/web/20110528160121/http://www.iatsabbioneta.org/apl/index.php?option=com_content&view=article&id=93&Itemid=112&lang=it Sabbioneta, città ideale.]</ref>.
 
Ao morrer, sucede-lhe o seu filho [[Ferrante II Gonzaga|Ferrante II]].