Homem-Formiga e a Vespa: diferenças entre revisões

 
=== Pré-produção ===
No início de novembro de 2016, Reed disse que a produção do filme faria a transição da "fase de escrita" para a "preparação oficial" naquele mês, começando com o desenvolvimento visual. Reed reiterou seu entusiasmo por apresentar oa WaspVespa e "realmente projetar seu visual, a maneira como ela se move, o conjunto de energia e descobrir, mais ou menos, quem Hope van Dyne é como herói".<ref name="PreProduction" /> Reed se inspirou nos filmes ''[[After Hours (filme)|After Hours]]'' (1985), ''[[Fuga à Meia-Noite|Midnight Run]]'' (1988) e ''[[What's Up, Doc?]]'' (1972) para a aparência de ''Ant-Man and the Wasp''.<ref name="What'sUpDoc" /> Embora o primeiro filme tenha sido mais um filme de assalto, Reed descreveu isso como parte de filme de ação, parte comédia romântica, e foi inspirado nas obras de [[Elmore Leonard]], onde existem "vilões, mas também temos antagonistas, e temos esses obstáculos para nossos heróis chegando onde precisam".<ref name="ColliderSetVisit22Things" /> Ele também declarou sua decepção com a introdução do Homem-Gigante acontecendo em ''Civil War'', ao invés de um filme do Homem-Formiga,<ref name="PreProduction" /> mas observou que a aparência forneceu oportunidades de desenvolvimento de personagem entre Lang, Pym e Van Dyne, já que Pym é "muito claro no primeiro filme sobre como ele se sente sobre Stark e como ele se sente sobre os Vingadores e sendo muito protetor com essa tecnologia que ele tem",<ref name="ColliderSetVisit22Things" /> e então Reed pensou que Pym ficaria" chateado "e Van Dyne se sentiria traído, o que foi o "in" de Reed para a dinâmica inicial desses personagens.<ref name="Commentary23Things" /> Reed acrescentou que ele passa "muito tempo" conversando com os outros escritores e diretores de filmes MCUUCM, e que ele e os escritores deste filme desejam manter "nosso pequeno canto Homem-Formiga do universo. Porque é uma vibração totalmente diferente em termos de tons".<ref name="PreProduction" /> O físico quântico Spyridon Michalakis do Instituto de Informação Quântica e Matéria do [[Instituto de Tecnologia da Califórnia]] voltou a ser consultor do filme, depois de fazer o mesmo em ''Ant-Man'', e explicou aos cineastas a ciência por trás de se tornar extremamente pequeno. Michalakis descreveu o reino subatômico como "um lugar de possibilidades infinitas, um universo alternativo onde as leis da física e as forças da natureza como as conhecemos não se cristalizaram" e sugeriu que deveria ser representado no filme por "belas cores mudando constantemente para refletem a transitoriedade."<ref name="ScienceConsultants" />
 
Em fevereiro de 2017, Douglas confirmou que repetiria seu papel como Hank Pym no filme.<ref name="DouglasConfirmed" /> Durante a estreia em Hollywood de ''[[Guardiões da Galáxia Vol. 2|Guardians of the Galaxy Vol. 2]]'' em abril, Dastmalchian confirmou seu retorno como Kurt,<ref name="Dastmalchian" /> e um mês depois, Harris confirmou seu retorno como Dave também.<ref name="Harris" /> Durante aquele mês de maio, a Marvel se reuniu com várias atrizes para um "papel-chave" na sequência, com [[Hannah John-Kamen]] escalada para o papel no início de junho.<ref name="John-Kamen" /> No mês seguinte, [[Randall Park|Randall Park se]] juntou ao elenco como Jimmy Woo,<ref name="Park" /> e [[Walton Goggins]] foi escalado para um papel não revelado.<ref name="Goggins" /> Na San Diego Comic-Con 2017, o elenco de Park foi confirmado; Os papéis de John-Kamen e Goggins foram revelados como Fantasma e Sonny Burch, respectivamente; e o elenco de Pfeiffer como Janet van Dyne e [[Laurence Fishburne]] como Bill Foster foi anunciado.<ref name="SDCCCast" /> [[Judy Greer]] foi confirmada para reprisar seu papel como Maggie do filme anterior na semana seguinte.<ref name="Greer" /> Louise Frogley atuou como figurinista no filme depois de fazê-lo em ''[[Spider-Man: Homecoming]]'' (2017), e trabalhou com Ivo Coveney para criar os trajes de super-heróis para o filme. Com base nos designs de Andy Park, os trajes são atualizados para o filme, dos designs inspirados na década de 1960 usados no primeiro ''Ant-Man'' para designs mais modernos. O traje Waspda Vespa incluía asas práticas que foram substituídas por asas digitais para quando estivessem expandidas e prontas para o vôo.<ref name="PressKit" />
 
Os [[irmãos Russo]], diretores de ''[[Avengers: Infinity War]]'' e ''[[Avengers: Endgame]]'', que estavam filmando enquanto ''Ant-Man and the Wasp'' se preparava para filmar, estavam em constante discussão com Reed para garantir que os elementos da história se alinhassem entre os filmes. Joe Russo acrescentou que ''Ant-Man and the Wasp'' teria "alguns elementos [enredo] que se encaixam" intimamente com ''Avengers: Infinity War'', mais do que alguns dos outros filmes que antecederam os filmes dos Vingadores.<ref name="RussosIW" /> Reed sabia que ''Ant-Man and the Wasp'' seria "um filme bastante independente, mas... não poderia ignorar os eventos de ''Infinity War''", com a maior conexão ocorrendo na [[Cena pós-créditos|cena do meio dos créditos]] do filme. Uma vez que os eventos de ''Ant-Man and the Wasp'' ocorrem ao longo de 48 horas, a linha do tempo em relação a ''Infinity War'' foi "deixada propositadamente ambígua" com Reed observando que houve discussões sobre a colocação de "pequenos ovos de Páscoa ao longo do caminho, para começar a revelar o público onde o filme se passa na linha do tempo, [mas] não pareceu muito divertido para nós e meio óbvio." Reed também gostou de como o filme termina com um encerramento e com uma nota positiva "e então BANG - dê ao público um soco no estômago logo após os créditos principais",<ref name="ReedPostCreditPolygon" /> com a sequência mostrando Hank Pym, Janet van Dyne e Hope van Dyne se desintegrando devido ao Blip apresentado no final de ''Avengers: Infinity War''. O filme também tem uma cena pós-crédito que mostra a formiga que dobrou por Lang enquanto estava em prisão domiciliar fazendo um solo de bateria.<ref name="MidCredits" />