Usuário:Paz e concórdia/Testes: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
Os túneis de Uptown Hudson seguem um trajeto leste–oeste sob o [[rio Hudson]], conectando Manhattan a leste e Jersey City a oeste. No lado nova-iorquino, os túneis inicialmente continuam numa trajetória a leste sob a Morton Street.<ref name=":0">{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1907/05/23/archives/walk-through-hudsoh-tunnel-an-inspection-party-strolls-from-an.html |titulo="Walk Through Hudson Tunnel; An Inspection Party Strolls From An Jersey City To Manhattan Dryshod" |data=1907-05-23 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref> Na Greenwich Street, o traçado se volta para o norte, continuando por dois quarteirões antes de voltar a lest sob a Christopher Street. Essa curva fechada, que segue as ruas acima, foi necessária para impedir a demolição de estruturas subterrâneas já existentes na época.<ref name=":0" />
 
Os túneis de Uptown Hudson não passam por Upper Manhattan, tendo sido chamados assim por serem localizados ao norte dos [[túneis de Downtown Hudson]], que conectam Jersey City e o [[Estação World Trade Center|World Trade Center]]. Na época da construção dos túneis, o que é hoje considerada Midtown Manhattan era considerada "uptown", considerando que as partes mais ao norte da ilha não eram muito desenvolvidas.<ref name="cudahy">{{Citar livro |url=https://archive.org/details/rails-under-the-mighty-hudson |título=Rails Under the Mighty Hudson |ultimo=Cudahy |primeiro=Brian J. |editora=Fordham University Press |ano=2002 |edicao=2ª |local=Nova Iorque |lingua=en |isbn=978-0-82890-257-1 |oclc=911046235}}</ref>{{Rp|7}} O nome "túneis de Uptown Hudson" também se aplica à seção do metrô abaixo da Christopher Street e da Sexta Avenida.<ref>{{citar livro|url=https://archive.org/details/streetrailwayfar00jackuoft|título=Street Railway Fares, Their Relation to Length of Haul and Cost of Service: Report of Investigation Carried on in the Research Division of the Electrical Engineering Department of the Massachusetts Institute of Technology|ultimo=Jackson|primeiro=Dugald Caleb|ultimo2=McGrath|primeiro2=David James|editora=McGraw-Hill|ano=1917|local=Nova Iorque|página=[https://archive.org/details/streetrailwayfar00jackuoft/page/58 58]|lingua=en|oclc=1141345682}}</ref><ref>{{citar livro|url=https://archive.org/details/reviewreviewsan21shawgoog|título=Review of Reviews and World's Work|ultimo=Shaw|primeiro=A.|ano=1910|local=Nova Iorque|página=[https://archive.org/details/reviewreviewsan21shawgoog/page/n448 434]|lingua=en|acessodata=24-4-2018}}</ref> A primeira parada da PATH em Nova Iorque é a [[Estação Christopher Street (PATH)|estação Christopher Street]]; a linha continua até o terminal da [[Estação 33rd Street (PATH)|33rd Street]], com paradas intermediáriasinteAmediárias nas [[Estação 9th Street (PATH)|9th]], [[Estação 14th Street (PATH)|14th]], e [[Estação 23rd Street (PATH)|23rd]] streets.<ref>{{citar web|url=https://www.panynj.gov/path/maps.html|titulo="Maps - PATH"|acessodata=24-4-2018|website=PATH|publicado=Port Authority of New York and New Jersey|lingua=en}}</ref> Haviam duas antigas estações nas [[Estação 19th Street|19th]] e 28th streets. As ornamentadas estações em Manhattan se caracterizavam por terem plataformas retas, cada uma com 110 m de comprimento e capaz de acomodar trens de 8 vagões.<ref name=":1">{{citar periódico |url=https://www.nycsubway.org/wiki/The_Public_Be_Pleased:_William_Gibbs_McAdoo_and_the_Hudson_Tubes |titulo="The Public Be Pleased: William Gibbs McAdoo and the Hudson Tubes" |data=6-1964 |acessodata=24-4-2018 |jornal=Electric Railroaders' Association |ultimo=Fitzherbert |primeiro=Anthony |lingua=en |via=nycsubway.org}}</ref> As estações abaixo da Sexta Avenida (14th, 19th, 23rd, 28th e 33rd streets) contam com colunas arredondadas e pergaminhos perto do teto com o nome da estação. A estrutura de aço exposta do túnel pode ser vista nas estações das Christopher e [[Estação 9th Street (PATH)|9th]] streets.<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1986/05/27/nyregion/new-york-day-by-day-path-recalls-early-years.html |titulo="New York Day By Day; PATH Recalls Early Years" |data=1986-05-27 |acessodata=27-4-2018 |jornal=The New York Times |ultimo=Anderson |primeiro=Susan Heller |ultimo2=Dunlap |primeiro2=David W. |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref>
 
No lado de Jersey City, os túneis deixam a margem do rio aproximadamente paralelos à 15th Street e entram numa junção onde trens podem prosseguir para o [[terminal Hoboken]] ao norte ou para a [[estação Newport]] ao sul.<ref name=":0" /><ref>{{citar periódico |url=https://books.google.com/books?id=5V8AAAAAYAAJ&pg=PA270 |titulo="The Contracting Engineer" |data=9-1908 |jornal=Scribner's Magazine |número=3 |ultimo=Brooks |primeiro=Benjamin |pagina=272 |lingua=en |volume=XLIV}}</ref>
Em razão das obras anteriores no túnel, o progresso já estava na metade um ano após a companhia de McAdoo assumir a escavação. Em 1903, o espaço entre as duas seções do túnel norte era de apenas alguns metros.<ref name=":8" /> Como resultado, o método dos tubos de ferro fundido foi mais usado no túnel sul,<ref name="cudahy" />{{Rp|17 }}<ref name=":8" /> onde a [[tuneladora escudo]] partiu do lado de [[Nova Jérsia|Nova Jérsei]].<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1904/03/10/archives/coupling-headings-of-north-river-tunnel-several-days-before-tube-to.html |titulo="Coupling Headings Of North River Tunnel; Several Days Before Tube to New Jersey Can Be Opened" |data=1904-03-10 |acessodata=23-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref> Alguns empecilhos se levantaram durante a conclusão do túnel norte: a companhia teve que usar dinamite para escavar por um [[arrecife]] no lado de Manhattan; uma explosão matou um trabalhador.<ref name=":1" /> As duas seções do túnel norte foram conectadas em 11 de março de 1904; a ocasião foi comemorada com uma grande celebração em que um grupo de 20 homens andaram pelo túnel já concluído.<ref name="cudahy" />{{Rp|17–18}}<ref name=":5" />{{Rp|4}}<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1904/03/12/archives/hudson-tunnel-open-end-to-end-party-of-twenty-walk-under-river-to.html |titulo="Hudson Tunnel Open End to End; Party of Twenty Walk Under River to Jersey City" |data=1904-03-12 |acessodata=23-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref>
=== Conclusão e conceções ===
No final de 1904, a New York and Jersey Railroad Company recebeu permissão do conselho de comissários de transporte público de Nova Iorque para construir uma nova linha de metrô sob [[Midtown Manhattan]], que iria se conectar aos túneis de Uptown Hudson; a companhia tinha o direito exclusivo de operar essa linha por um período de 25 anos. O trajeto da linha iria passar sob a Christopher Street antes de se voltar ao nordeste para a Sexta Avenida, continuando então abaixo da Sexta Avenida até um [[Estação 33rd Street (PATH)|terminal na 33rd Street]]. A legislatura da cidade de Nova Iorque declarou que a linha poderia ser estendida mais ao norte até o [[Central Park]] no futuro.<ref name="cudahy" />{{Rp|22}}<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1904/12/16/archives/madoo-subway-wins-fight-for-franchise-crosstown-line-perpetual-25.html |titulo="M'Adoo Subway Wins Fight For Franchise; Crosstown Line Perpetual -- 25 Years Under Sixth Avenue" |data=1904-12-16 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref> A New York and Jersey Railroad já havia apresentado uma proposta para a linha da Sexta Avenida antes, mas ela foi rejeitada porque a avenida era uma importante via norte–sul. O conselho de transporte público mudou sua decisão após proprietários na Sexta Avenida expressarem descontentamento com a decisão.<ref name=":5" />{{Rp|3 }}
 
A companhia de McAdoo recebeu também a permissão para a construção de uma linha leste–oeste sob a Christopher Street e Nona Avenida, seguindo ao leste para a Segunda Avenida ou Astor Place,<ref name="cudahy" />{{Rp|22}}<ref name=":5" />{{Rp|3}} sem paradas intermediárias.<ref>{{citar web|ultimo=D'Orazio|primeiro=Bernard|url=http://www.tribecatrib.com/content/1874-daring-downtown-plan-build-train-tunnel-under-hudson|titulo="In 1874, a Daring Downtown Plan: Build a Train Tunnel Under the Hudson"|data=23-4-2018|acessodata=2-5-2018|website=Tribeca Trib Online|lingua=en}}</ref> O túnel da Nona Avenida seria construído apenas após a conclusão das outras linhas.<ref name=":5" />{{Rp|3}} A linha da Nona Avenida só foi escavada por cerca de 76 m; o túnel parcialmente construído ainda existe.<ref name="cudahy" />{{Rp|22}}<ref name=":1" /> Em janeiro de 1905, a Hudson Companies foi formada para concluir os túneis de Uptown Hudson e construir a linha da Sexta Avenida. A empresa, que foi contratada para construir as linhas de metrô que se conectavam aos túneis em cada lado do rio, tinha um capital de 21 milhões para terminar o projeto.<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1905/01/10/archives/21000000-company-for-hudson-tunnels-will-also-build-ninth-street.html |titulo="$21,000,000 Company for Hudson Tunnels; Will Also Build Ninth Street and Sixth Avenue Subways" |data=1905-01-10 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref><ref>{{citar web|url=https://www.newspapers.com/clip/60289991/|titulo="Tunnel Companies Join"|data=10-1-1905|acessodata=30-9-2020|website=New-York Tribune|pagina=14|lingua=en|via=newspapers.com}}</ref>
 
A [[Hudson and Manhattan Railroad]] Company (H&M) foi criada em dezembro de 1906 para operar um sistema ferroviário entre Nova Iorque e Nova Jérsei por meio dos túneis de Uptown e Downtown Hudson.<ref>{{citar livro|url=https://books.google.com/books?id=KcIzAQAAMAAJ&pg=PA396|título=The Commercial & Financial Chronicle ...: A Weekly Newspaper Representing the Industrial Interests of the United States|editora=William B. Dana Company|ano=1914|local=Nova Iorque|página=396|lingua=en|acessodata=3-6-2019}}</ref><ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1906/12/12/archives/100000000-capital-for-madoo-tunnels-railroad-commission-agrees-to.html |titulo="$100,000,000 Capital for M'Adoo Tunnels; Railroad Commission Agrees to Issuance of Big Mortgage" |data=1906-12-12 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref> Os [[túneis de Downtown Hudson]], localizados cerca de 2,01 km abaixo do primeiro par, começou a ser construído naquela época,<ref name="cudahy" />{{Rp|19}} sendo aberto em julho de 1909.<ref name="cudahy" />{{Rp|18 }}<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1909/07/20/archives/40000-celebrate-new-tubes-opening-downtown-mcadoo-tunnels-to-jersey.html |titulo="40,000 Celebrate new Tubes' Opening; Downtown McAdoo Tunnels to Jersey City Begin Business with a Rush" |data=1909-07-20 |acessodata=1-5-2018 |jornal=The New York Times |ultimo=Taft |primeiro=William H. |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.panynj.gov/path/history.html|titulo="PATH:History"|acessodata=19-1-2010|website=PATH|publicado=Port Authority of New York and New Jersey|lingua=en}}</ref> A escavação no par mais ao norte foi concluída em 1907, após 33 anos de esforços intermitentes; eles foram comemorados como a primeira ligação permanente entre Manhattan e Nova Jérsei.<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1907/05/26/archives/under-the-hudson-river-by-tunnel-about-to-become-a-reality-october.html |titulo="Under the Hudson River by Tunnel About to Become a Reality; October 1 Will See the End of a Romance of Thirty-four Years' Struggle of Capital and Brains Against the Seemingly Insurmountable Obstacles of Nature" |data=1907-05-26 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref><ref name=":6" />{{Rp|132}} As obras continuaram para terminar o interior dos túneis. Os toques finais incluíram a adição de um revestimento de [[concreto]], que substituiu os tijolos originais, bem como a colocação das [[Ferrovia|linhas férreas]] e o [[Terceiro carril|terceiro trilho]]; o que levou um ano pra ser concluído. As estações do lado de Manhattan também foram concluídas nessa época.<ref name=":1" /><ref name=":2" /> Os testes com os trens sem passageiros começaram no túnel no final de 1907;<ref>{{Citar periódico |url=https://www.nytimes.com/1907/12/18/archives/under-the-hudson-by-train-first-trip-through-christopher-street.html |titulo="Under the Hudson by Train; First Trip Through Christopher Street Tubes to be Made To-day" |data=1907-12-18 |acessodata=24-4-2018 |jornal=The New York Times |lingua=en-US |issn=0362-4331}}</ref> a Hudson Companies testaram seu [[material rodante]] no elevado da Segunda Avenida, e então os trouxe para mais testagem nos túneis.<ref name=":1" />
 
== Operação ==