Osocor I: diferenças entre revisões

21 bytes removidos ,  4 de junho de 2007
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: de, en, es, fr, it, nl, pl, ru)
'''Osorkon I''' Foi um [[Faraó]] do [[Egipto]]. Nasceu em [[950]] [[a.C.]]
 
O seu nome também aparece escrito como: [[Sejemjeperra-Osorkon]]. Foi o segundo [[faraó]] da [[XXII dinastia egípcia]]. Segundo alguns [[egiptólogos]] governou de [[924]] [[AC]] a [[889]] [[AC]].
Segundo um historiador nascido na [[Grécia]], [[Manetón]] chama-lhe simplesmente [[Osorton]].
 
Segundo as versões de [[Sexto Julio Africano]], [[Eusebio de Cesarea]] e [[Sincelo]], o reinado de Osorkom I durou bastante tempo, mais de 15 anos, o que para a época era muito.
Foi filho de [[Sheshong I]] ou [[ShoshenqChechonk I]] e da sua principal esposa [[Karoma]] ou [[Karomat]]. Sucedeu seu pai no trono que provavelmente terá morrido, segundo alguns historiadores, depois das suas vitoriosas campanhas militares contra os reinos de [[Israel]] e [[Judá]].
 
Casou-se com [[Maat Ka-Re]] ou [[Maatkara]], filha de [[PsusenesPsusennes II]], casando, ainda mais tarde com [[Tashedjonsu]].
Foi pai de quatro filhos: [[Iulot]] e [[Esmendes III]]. Ambos foram [[Sumo sacerdote de Amon]], na antiga cidade de [[Tebas]]. Outro filho [[SheshongChechonk II]], foi desde cedo associado ao trono como co-regente do reino. Este filho no entanto nunca terá sido Faraó, uma vez que faleceu alguns meses antes de seu pai que foi sucedido no trono pelo 4º filho [[Takelot I]].
 
Takelot I, mantêm a ordem no reino deixado por seu pai fazendo acordos com o clero de [[Amon]] na cidade de Tebas que sempre teve dificuldade em aceitar esta dinastia que considerava serem estrangeiros.
8 552

edições