Mestre Eckhart: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
{{sem-notas|data=novembro de 2012}}
{{Info/Biografia
|imagem = Rathausturm_Köln_-_Meister_Eckhart_-_Johann_I._(Brabant)-4871.jpg
|imagem_legenda = Esculturas de Eckhart (à esquerda) ao lado de [[João I de Brabante]] (à direita) numa igreja em [[Colônia (Alemanha)|Colônia]]
|bgcolour = #FFD300
|nome = {{preto|Mestre Eckhart}}
|data_nascimento = [[1260]]
|local_nascimento = Próximo de [[Gota (cidade)|Gota]], [[Turíngia]], [[Sacro Império Romano-Germânico]]
|data_morte = [[1328]] (cerca de 68 anos)
|local_morte = [[Colônia (Alemanha)|Colônia]] ou [[Avignon]]
|nacionalidade =
|ocupação = [[Filósofo]], [[teólogo]]
|escola = [[Neoplatonismo]], [[intelectualismo]] teológico
|interesses = Religião, espritualidade, teologia
|influências = [[Aristótles]], [[Santo Agostinho]], [[Avicena]], [[Pseudo-Dionísio]]
|influenciados = [[Martinho Lutero]], [[Huldrych Zwingli]], [[Edmund Burke]]
|ideias_notáveis =
}}
'''Eckhart de Hochheim''', [[Ordem dos Pregadores|O.P.]] ([[Tambach-Dietharz|Tambach]], [[Turíngia]], [[1260]] – [[Colônia (Alemanha)|Colônia]], [[1328]]), mais conhecido como '''Mestre Eckhart''', em reconhecimento aos títulos acadêmicos obtidos durante sua estadia na [[Universidade de Paris]], foi um frade [[Ordem dos Pregadores|dominicano]], reconhecido por sua obra como [[teólogo]] e [[filósofo]] e por seu [[misticismo]]. Ele é considerado como um dos grandes símbolos do espírito intelectual da Idade Média.<ref>{{citar livro|título=Uma história do pensamento Cristão Vol.2.|ultimo=GONZALES|primeiro=Justo L.|editora=Cultura Cristã|ano=2015|local=São Paulo|página=309-310|páginas=2}}</ref>
 
25

edições