José de Paiva Netto: diferenças entre revisões

a única fonte tá inativa
(trechos sem fontes e propagandísticos)
(a única fonte tá inativa)
{{maissem fontes|arte=sim|Brasil=sim|data=dezembrojunho de 20092022}}
{{Info/Autor
|nome = José de Paiva Netto
Preside a Legião da Boa Vontade desde 1979. Lançou na LBV o lema ''Educação e Cultura, Alimentação, Saúde e Trabalho com Espiritualidade Ecumênica.'' Esse trabalho foi levado à outros países. Atualmente, essa iniciativa solidária é desenvolvida pela Legião da Boa Vontade da [[Argentina]], do [[Uruguai]], do [[Paraguai]], da [[Bolívia]], de [[Portuga]]l e dos [[Estados Unidos]]. A LBV foi a primeira organização não-governamental brasileira a associar-se ao [[Departamento de Informação Pública das Nações Unidas]] (DPI), a partir de 1994. Em 1999, tornou-se também a primeira ONG do Brasil a conquistar na [[ONU]] o status consultivo geral no Conselho Econômico e Social (Ecosoc). E, em 2000, passou a integrar a Conferência das ONGs com Relações Consultivas para as Nações Unidas (Congo), em [[Viena]], na [[Áustria]].
 
Foi denunciado pelo jornal [[O Globo]], em 2001 com veiculação na TV pela [[Rede Globo]], mas teve seus processos arquivados.<ref>{{Citar periódico|ultimo=Noblat|primeiro=Ricardo|titulo=Brecha jurídica anula processo da LBV|url=http://noblat.oglobo.globo.com/noticias/noticia/2008/11/brecha-juridica-anula-processo-da-lbv-142235.html|jornal=Ricardo Noblat|lingua=pt-BR|urlmorta=s}}</ref> As denúncias começaram depois que a LBV dirigida por Paiva Netto recebeu a concessão de um canal de TV em São Paulo pretendido pela antiga Organizações Globo (hoje [[Grupo Globo]]).
 
{{Referências}}