Joaquín Rodrigo: diferenças entre revisões

1 878 bytes adicionados ,  11h15min de 3 de agosto de 2005
sem resumo de edição
 
Compôs sua primeira obra em 1923: Suite para piano, "Doz Ezbozos" (Dois Esboços) para violino e piano e "Siciliana", para cello. Em 1924, seu primeiro trabalho para orchestra, "Juglares", foi premiado em Valencia e Madrid, e obteve um diploma em uma competição nacional pela obra "Cinco Piezas Infantiles" (Cinco Peças Infantis), que mais tarde veio a ser premiada em Paris pela Orquestra Praram. Do outset de sua carreira Rodrigo escreveu todos seus trabalhos em [[braille]], ditando-os subseqüentemente a um escrevente.
 
Em 1927, seguindo o exemplo dos antecessores dele Albéniz, Falla, Granados e Turina, Rodrigo mudou-se para Paris para cursar a École Normale de Musique onde ele estudou durante cinco anos. Rodrigo escreveu "Sonada de adiós" para piano em memória de seu mestre Dukas em 1935. Logo ficou conhecido como pianista e compositor, e ficou amigo de Honegger, Milhaud, Ravel e muitas outras celebridades musicais do tempo, entre eles, Manuel Falla cujos conselho e apoio seriam decisivos em sua carreira. Em 1933 ele se casou com a pianista turca Victoria Kamhi que thenceforth até a morte dela em 1997 se tornou sua companheira inseparável e o colaboradora mais importante em todos os aspectos de seu trabalho como compositor. Ele continuou os estudos dele de música na França no Conservatório de Paris no Sorbonne, trabalhando também na Alemanha, Áustria e Suíça antes de voltar à Espanha em 1939 e se instalar permanentemente em Madrid. A estréia mundial aconteceu em Barcelona do "Concierto Aranjuez" para violão e orquestra, um exemplo definitivo de sua personalidade musical e um trabalho que trariam fama mundial, em 1940. Daquele momento em diante, Rodrigo era comprometido em numerosas atividades artísticas, criativas e acadêmicas, nas seguintes posições de significativa importância: Professor da História de Música na Universidade Complutense em Madrid, Chefe de Radiodifusões de Música para a Rádio espanhola, crítico de música para vários jornais e chefe da Seção Artística da Organização Nacional Espanhola para Cegos (uma vez). Ele também foi convidado a empreender excursões como o conferencista e pianista ao longo da Espanha e o resto de Europa, América Latina, os Estados Unidos, lsrael e Japão. Acompanhado pela esposa Victoria, freqüentemente assistiu a competições e festivais dedicados à sua música ao longo do mundo.
 
A música de Joaquín Rodrigo é uma homenagem às ricas e variadas culturas da Espanha. Nenhum outro compositor espanhol utilizou tantos aspectos diferentes do espírito de seu país como fonte de inspiração, da história da Espanha da era Romana para o trabalho de poetas contemporâneos. Sua música é refinada, luminosa, fundamentalmente otimista, com uma predominancia particular da melodia, com harmonias originais. Os primeiros trabalhos revelam a influência de compositores do seu tempo como Ravel e Stravinsky, mas sua voz pessoal é rápidamente reconhecida, a qual iria criar um capítulo notável na história cultural da Espanha no século 20º, onde a originalidade da inspiração musical de Rodrigo vai de mãos dadas com uma devoção para os valores fundamentais de sua tradição.
5

edições