Reservatório da Patriarcal: diferenças entre revisões

m
peq. cor. , Typos fixed: m3 → m³, utilizando AWB
(Revisão conteudos)
m (peq. cor. , Typos fixed: m3 → m³, utilizando AWB)
O '''Reservatório da Patriarcal''' está localizado no subsolo da [[Praça do Príncipe Real]], e foi projectado em [[1856]] pelo engenheiro francês Mary. Foi construído entre [[1860]] e [[1864]] para servir a rede de distribuição de água da cidade de [[Lisboa]], constituindo em tempos passados, o reservatório mais importante na rede de distribuição de água da baixa lisboeta.
 
O reservatório com capacidade de 880 m3, tem 31 pilares com 9.25 metros de altura, onde assentam arcos em cantaria que sustentam as [[abóbada]]s. Sobre estas abóbodas e já no jardim na sombra do arvoredo exterior, encontra-se um lago com repuxo.
 
A localização do reservatório e a sua ambiência interior, levaram a que a [[EPAL]] através do [[Museu da Água]], com o apoio da Sociedade Lisboa 94, concretizasse um projecto de recuperação, pelo qual foram criadas condições de visita e realização de diversas actividades. Hoje em dia é palco de várias iniciativas culturais, desde espectáculos, exposições de pintura, escultura e fotografia, entre outras.
 
O Reservatório da Patriarcal foi distinguido com o [[Prémio Municipal de Arquitectura]] 'Eugénio dos Santos´- [[1995]]
 
 
 
== Informação adicional ==
11 600

edições