Diferenças entre edições de "Vertedouro"

5 bytes removidos ,  20h41min de 9 de agosto de 2007
m
peq. cor. , Typos fixed: m3 → m³, utilizando AWB
m (Bot: Adicionando: fr:Déversoir)
m (peq. cor. , Typos fixed: m3 → m³, utilizando AWB)
O projeto de um vertedouro de uma grande barragem exigem estudos detalhados tanto em modelo matemático como em [[modelos físicos]] reduzidos.
 
O maior vertedouro do mundo é o da [[ Usina Hidrelétrica de Tucuruí ]], no rio [[Tocantins ]], no Brasil, com uma capacidade de projeto calculada para a [[enchente]] decamilenar ([[Período de retorno]] igual a 10.000 anos ) de 110.000 m3/s.
 
Como a queda da água pode ser muito alta (cerca de centenas de metros) , além de sua [[vazão]] também poder ser elevada, nos pés de um vertedouro, podem existir estruturas que ajudem a dissipar a [[energia cinética]] da água, a fim de não causar danos a base da barragem. No caso da barragem de Tucuruí, por exemplo, foi executada uma pré-escavação à jusante do vertedouro com 40 metros de profundidade que funciona como bacia de dissipação da energia do jato de água. Estudos cuidadosos de estabilidade da obra, da formação do jato, das comportas , da operação do vertedouro e muitos outros foram realizados em [[modelo]]s reduzidos no Rio de Janeiro, no Laboratório de Hidráulica [[Saturnino de Brito ]], tendo como Supervisores e Responsáveis Técnicos os engenheiros André Balança e Jorge Rios.
 
==Ver também==
*[[Usina maremotriz]]
*[[Usina hidrelétrica de Tucuruí]]
 
 
==Ligações Externas==
*[http://uniagua.org.br - Universidade da Água]
 
 
[[Categoria:Engenharia]]
[[Categoria:Ecologia]]
[[Categoria:Ambiente]]
[[categoriaCategoria:Energia]]
[[Categoria:Barragens]]
[[Categoria:Hidráulica]]
11 600

edições