Diferenças entre edições de "Jerónimo de Ataíde, 6.º Conde da Castanheira"

m
caixa de sucessão, categoria, ligações
( nova página: D. '''Jerónimo de Ataíde''', 2º conde de Castro Daire e 6º conde da Castanheira, morreu em Lisboa em 12 de dezembro de 1669. Foi filho do 1º cond...)
 
m (caixa de sucessão, categoria, ligações)
D. '''Jerónimo de Ataíde''', 2º [[conde de Castro Daire]] e 6º [[conde da Castanheira]], morreu em Lisboa em [[12 de dezembro]] de [[1669]]. Foi filho do 1º conde de Castro Daire [[António de Ataíde, 5.º Conde da Castanheira|D. António de Ataíde]] e de D. Ana de Lima.
 
Ficou em [[Espanha]], depois da [[Restauração da Independência|Restauração]], e foi mordomo-mor da Rainha Isabel, mulher do rei [[Filipe IV de Espanha]]. Este o fez [[marquês de Colares]], título que já não teve validade em [[Portugal]], e lhe deu a promessa do ducado de Benavente quanto recuperasse Portugal.
 
Nunca pegou em armas contra Portugal. Exerceu o elevado cargo de aio do Príncipe [[Baltazar Carlos]]. Concluída a paz, em [[1668]], regressou a Portugal onde morreu.
Escreveu, além de compêndios de genealogia, «''Información sobre Haver de Preceder en el Consejo de Portugal, supplicando de la nueva forma de precedencias y Respondiendo a los errados informes que se dieron a S. Magestad''».
 
{{Começa caixa}}
[[Categoria: condados de Portugal]]
{{caixa de sucessão/um para dois|
|antes = [[António de Ataíde, 5.º Conde da Castanheira|António de Ataíde]]
|título1= [[Conde da Castanheira]]
|anos1 = [[1647]] - [[1669]]
|depois1= ---
|título2= [[Conde de Castro Daire]]
|anos2 = [[1647]] - [[1669]]
|depois2= ---
}}
{{Termina caixa}}
 
[[Categoria:Condes da Castanheira]]
[[Categoria:Condes de Castro Daire]]
 
{{semiw}}
6 629

edições