Abrir menu principal

Alterações

17 bytes removidos ,  21h57min de 1 de setembro de 2005
m
sem resumo de edição
 
[[Imagem:pen.png]]
As penicilinas contêm um anel '''a(c)tivo'''activo, o anel de [[beta-lactam]], que partilham com as [[cefalosporina]]s.
As penicilinas contém um núcleo comum a todas elas e uma região que varia conforme o subtipo.
A sua estrutura é R-C9H11N2O4S, em que R é a região variavel.
 
Há dois tipos principais de penicilina:
#A Penicilina G ou benzilpenicilina, foi a primeiramente descoberta é geralmente '''inje(c)tavel'''injectavel ([[intra-venosa]] ou [[intra-muscular]]) ainda que existam formas bucais para tratamento dental. Ela é mal absorvida a partir do intestino por isso a via oral não é utilizada.
#A Penicilina V ou fenoximetilpenicilina é geralmente administrada por [[via oral]] e é absorvida para o sangue a nivel intestinal.
As penicilinas são eliminadas por [[secreção tubular]] nos [[Rim|rins]].
== História ==
 
A Penicilina, foi descoberta em [[1928]] quando [[Alexander Fleming]], no seu laboratório no [[Hospital St Mary]] em [[Londres]], reparou que uma das suas culturas de ''[[Staphylococcus]]'' tinha sido contaminada por um bolor ''[[Penicillium]]'', e que em redor das [[colónia]]s do fungo não havia bactérias.
Ele demostrou que o fungo produzia uma substância responsável pelo efeito [[bactericida]], a penicilina.
 
1 600

edições