Abrir menu principal

Alterações

76 bytes adicionados ,  18h41min de 15 de outubro de 2007
sem resumo de edição
[[Imagem:Andreas Baader.jpg|thumb|Andreas Baader]]
 
'''Andreas Bernd Baader''' ([[Munique]], [[6 de Maio]] de [[1943]] - [[Estugarda]], [[18 de Outubro]] de [[1977]]) foi um dos fundadores e líderes da [[Força paramilitar|organização paramilitar]] [[Alemanha|alemã]] [[Facção Exército Vermelho]], mais conhecida como '''Baader-Meinhof''', responsável por uma série de assaltos a bancos, seqüestros e homícidios na Alemanha, na [[década de 1970]].
 
DesdeNa cedoadolescência Baaderconsiderado envolveu-secomo noum mundojovem dadelinqüente, deliquência. Nono final dos [[década de 1960|anos sessenta]] Baader gravitou para o mundomovimento dos protestos dos estudantesestudantil de [[esquerda]] e para os protestos contra o [[capitalismo]], a [[pobreza]] no [[Terceiro Mundo]] e o [[energia nuclear|nuclear]] que agitavam a Alemanha Ocidental na altura, embora ele próprio não fosse um estudante universitário.
 
No dia [[2 de Abril]] de [[1968]] Baader e a sua namorada, [[Gudrun Ensslin]], incendiaram dois estabelecimentos comerciais em Frankfurt, que não provocaram nenhuma morte, mas elevados prejuízos materiais. De acordo com Gudrun o acto seria uma forma de protesto contra a Guerra no Vietname. No mesmo ano Baader foi condenado a quatro anos de prisão.