Diferenças entre edições de "Larmanjat"

1 byte removido ,  00h10min de 10 de outubro de 2005
A companhia tentava atrair o público com baixas de preços, mas em vão, os tempos do ''Larmanjat'' estavam contados. Os comboios deixaram de cumprir horários e demorar mais do dobro do tempo para percorrer o mesmo percurso.
 
A [[30 de Março]] de [[1875]] a companhia anunciou um novo horário que previa, tanto na linha de Sintra como na de Torres Vedras, três circulações diárias em cada sentido. Nove dias depois, no dia [[8 de Abril]] suspenderam o serviço de passageiros e de mercadorias nas duas linhas. algumAlgum tempo depois a empresa abriu falência. O caso arrastou-se pelos tribunais londrinos.
 
A linha de Sintra, que se destinava essencialmente ao tráfego de passageiros, não teve quaisquer efeitos económicos, já a linha de Torres Vedras, cujo principal tráfego eram mercadorias, sobretudo [[vinho]] das zonas agrícolas para a cidade, teve um grande impacto no aspecto comercial.
 
Mais tarde veio o bicarril de [[George Stephenson|Stephenson]] que bateu o monocarril. As regiões prejudicadas pelo fracasso, exigiam a construção do novo caminho de ferro. Só em [[1887]] as linhas monocarril de Sintra e Torres Vedras, foram substituídas pelos caminhos de ferro bicarril.
 
 
=Ver também=
Utilizador anónimo