Diferenças entre edições de "Serra Geral (sul do Brasil)"

6 bytes removidos ,  00h59min de 25 de janeiro de 2008
sem resumo de edição
m (Bot: Mudança automática (-{[Ee]sboço(-geo(grafia|)|)} +{esboço-geoar}))
O relevo sul catarinense é acentuado com montanhas e vales profundos, que recortam a borda do planalto. O lado rio-grandense é caracterizado por coxilhas suaves e vales rasos. Sem transição, as ondulações suaves dão lugar à paredões verticais e rochas basálticas. Com uma altitude média de 950 metros, nos dias claros pode-se divisar o Oceano Atlântico desde as bordas dos cânions, bem como diversas cidades próximas da costa, como Praia Grande (SC) ou Torres (RS). Formado a partir de intensas atividades vulcânicas havidas há milhões de anos, sucessivos derrames de lava vieram originar o Planalto Sulbrasileiro, coberto por campos limpos, matas de araucárias e inúmeras nascentes de rios cristalinos. Ao leste, este imenso platô é subitamente interrompido por abismos verticais que levam à região litorânea, daí originando-se o nome de "Aparados da Serra".
 
{{esboço-geoar}}
 
[[Categoria:Geografia da Argentina|Serra Geral (Sul)]]
Utilizador anónimo