Diferenças entre edições de "Paulo Lustosa"

43 bytes adicionados ,  22h52min de 25 de janeiro de 2008
sem resumo de edição
Entre [[1984]] e [[1985]] participou ativamente do processo de redemocratização e das [[Diretas Já]], sendo o primeiro parlamentar não vinculado ao [[PMDB]] a apoiar a candidatura de [[Tancredo Neves]] a presidente, no colégio eleitoral. Logo depois, já vinculado à Frente Liberal, foi indicado por Tancredo Neves para compor o governo como "Ministro da Desburocratização".
 
Em [[1986]] candidatou-se ao Senado, pelo [[PFL]], do qual foi fundador, mas acabou na terceira posição. No ano seguinte, assumiu a presidência do então Cebrae, que depois em mudança feita por ele, para evitar sua extinção na reforma administriva do Governo [[Fernando Collor|Collor]], passou a se chamar [[Sebrae]]. Lá criou ainda o programa [[Pequenas Empresas Grandes Negócios]]. Em [[1990]], saiu candidato ao [[Eleições estaduais do Ceará de 1990|governo do estado do Ceará]], mas acabou derrotado por [[Ciro Gomes]].
 
Na eleição seguinte, em [[1994]], foi candidato a deputado federal pelo PMDB, ficando na suplência, assumindo como titular em [[1997]]. No ano seguinte, foi candidato a deputado federal novamente, mas não conseguiu se eleger. Em [[2002]] saiu novamente candidato ao Senado, ficando na quinta colocação. Em [[2004]] assumiu o cargo de secretário-executivo do [[Ministério das Comunicações]], deixando a função em [[2005]] para, logo em seguida, assumir a presidência da [[Funasa]], cargo que exerceu de 2005 a [[2007]].
Utilizador anónimo