Abrir menu principal

Alterações

15 bytes adicionados, 16h33min de 26 de março de 2008
sem resumo de edição
O turbocompressor fica ligado ao [[coletor de escape]] de um [[motor a explosão]] (ou motor a combustão interna), e aproveita a [[energia]] dos gases de escape gerados no motor para girar uma turbina conectada por meio de um [[eixo (rotação)|eixo comum]] a um [[rotor]] o qual tem a função de [[bomba|bombear]] ar ao ciilindro. Desse modo esse rotor pode ser visto como um [[compressor|compressor centrífugo]] , responsável por capturar o ar atmosferico e comprimi-lo na entrada da [[admissão]] ou do coletor de admissão do motor através de mangueiras ou tubulações de alta pressão.
 
Com o aumento da [[densidade]] do ar decorrente da [[compressão]], pode-se adicionar mais [[combustível]] à esta mistura que será encaminhada até a [[câmara de combustão]] do motor, fazendo com que mais energia seja liberada. Por exemplo, se um turbo compressor estivesse trabalhando com uma [[pressão]] de aproximadamente 1 kg/cm², o motor estaria admitindo 2 atmosferas, ou seja, o dobro de ar ocupando num mesmo espaço físico sem alterar as dimensões do cilindro. Deste modo, dever-se-ia misturar o dobro de combustível neste ar (para que a mistura permaneça [[estequiometria|estequiométrica]]), que seria encaminhado para dentro da câmara de combustão. Neste caso, conseguir-se-ia quase dobrar a [[potência]] de um motor.
 
=={{Ver também}}==
1 808

edições