Abrir menu principal

Estádio BBVA Bancomer

BBVA
Estádio BBVA
Estadio BBVA Bancomer (1).jpg

Nomes
Nome Estádio BBVA
Apelido El Gigante de Acero
Características
Local Guadalupe, Nuevo León,  México
Coordenadas 25° 40′ 09″ N, 100° 14′ 40″ O
Gramado Grama natural (265 x 223 metros)
Capacidade 51,000 (2015 inauguração)
53,500 (2016 expanção)
Construção
Data 2011-2015
Custo $200 milhões de dólares[1]
Inauguração
Data 2 de agosto de 2015
Partida inaugural CF Monterrey 3 x 0 Benfica
Expandido 2016
Proprietário México FEMSA
Administrador México FEMSA
Arquiteto Populous
V & FO
Federico Velasco
Mandante CF Monterrey

O Estadio BBVA, apelidado de "El Gigante de Acero" (em português: "O Gigante de Aço"), é um estádio desenvolvido pela FEMSA e o CF Monterrey em Guadalupe, Região Metropolitana de Monterrei. O estádio substituiu o Estadio Tecnológico como a casa do Monterrey, terminando o período de 63 anos no estádio. O projeto foi recebido com muita controvérsia, decorrente de múltiplas acusações de que a construção estaria impedindo o crescimento da fauna silvestre na localidade.[2] Foi inaugurado em 2 de agosto de 2015 com a oitava edição da Taça Eusébio, onde o Monterrey derrotou o Benfica por 3-0.[3][4]

DesignerEditar

A Populous uma empresa multinacional de arquitetura, juntamente com as empresas mexicanas de arquitetura V & FO e Federico Velasco, foram responsáveis pelo projeto e sua liderança desde 2008.[5] [6][7] [8] [9]

O estádio foi inaugurado em 2015, com capacidade para 51.000 pessoas, o quarto maior do México. Os proprietários logo acrescentaram mais assentos, ampliando a capacidade para 53.500 em 2016.[10] Ele possui uma superfície de grama, suítes, um restaurante com tema do clube, um salão do clube e design interior e exterior de alta qualidade.[11] A inclinação da arquibancada é de 34 graus, e a distância entre o campo e os assentos é o mínimo permitido pela FIFA, proporcionando uma grande proximidade com o campo.[12]

Área PermeávelEditar

Mais de um terço da área total do terreno são de áreas verdes. Está proporção excede os regulamentos atuais. Essas áreas verdes são usadas para filtrar a água da chuva, o que contribuirá para a recarga de aquíferos. Os estacionamentos são distribuídos uniformemente ao redor do estádio, incluindo áreas arborizadas para alcançar a integração com o Parque Ecológico.[13] Estas áreas estão divididas em zonas, que estão integradas na paisagem e na topografia. O limite norte do Rio La Silla é uma área arborizada que liga o estádio ao Novo Parque Ecológico.[14] Este parque ecológico e o estacionamento também são áreas verdes, com um projeto paisagístico que combina com o meio ambiente, com apenas árvores e plantas da região para facilitar a preservação e adaptação ao meio ambiente.

Referências

  1. «Estádio de Futebol Monterrei». stadiumdb.com 
  2. «Não Acabem com o último pulmão do México» (em espanhol). greenpeace.com 
  3. «Copa Eusébio no México». S.L. Benfica. 23 de Junho de 2015. Consultado em 23 de junho de 2015 
  4. «Rayados goleiam o Benfica na inauguração» (em espanhol). Medio Tiempo. 2 de agosto de 2015. Arquivado do original em 5 de agosto de 2015 
  5. «HOK Sport reveal glowing windmill design» (em inglês). worldarchitecturenews.com. 2 de dezembro de 2008. Consultado em 10 de maio de 2012 
  6. «"La afición de León se merece un mejor estadio"» (em espanhol). Heraldo el Bajío. Consultado em 5 de junho de 2015 
  7. «La Enciclopedia del Fútbol Mexicano» (em espanhol). Liga Bancomer BBVA Wiki. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  8. F. Rubio (7 de dezembro de 2015). «Estadio del Tecnológico: si los muros hablaran». tecreview. Consultado em 2 de dezembro de 2017 
  9. Óscar Morín (3 de julho de 2017). «Inicia la demolición del Estadio del Tec» (em espanhol). VanguardiaMX. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  10. «Estadio de Rayados incrementó su aforo». MedioTiempo.com. 8 de janeiro de 2016. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  11. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.mediotiempo.com 
  12. «Lo que debes saber de la nueva casa rayada» (em espanhol). Multimedios. 28 de julho de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2015 
  13. «Prós e contras do Estádio BBVA Bancomer» (em espanhol). 45mty. 3 de agosto de 2015 
  14. «Monterrey 'se raya' con inauguración del nuevo Estadio BBVA Bancomer» (em espanhol). ObrasWeb.mx. 3 de agosto de 2015. Consultado em 3 de agosto de 2015